Destaques dos jogos desta semana

Não favoritos em Malta, ex-colegas em Nicósia e aversão a caminhos-de-ferro constituem o cenário para a primeira mão desta semana: conheça os detalhes no UEFA.com.

O treinador do Hibernians, Branko Nišević, falou ao UEFA.com
O treinador do Hibernians, Branko Nišević, falou ao UEFA.com ©Domenic Aquilina

A primeira mão da segunda pré-eliminatória da UEFA Champions League disputa-se na terça e na quarta-feira; os nossos correspondentes apontam os destaques.

LISTA COMPLETA DE JOGOS

Hibernians altivo diante do Maccabi (Terça-feira 19h00, de Portugal Continental)
"Tal como na maior parte destes jogos, começamos como 'outsiders, mas isso não significa que não vamos dar luta", disse Branko Nišević, treinador do Hibernians, na preparação do embate frente ao adversário israelita. Para isso poderá contar com um trio de brasileiros e um guarda-redes inglês. "Estes jogos podem ajudar-nos a elevar a nossa qualidade, independentemente do resultado final", concluiu.

Domenic Aquilina

Grncarov (D) com o APOEL em 2009
Grncarov (D) com o APOEL em 2009©Getty Images

Vardar com ligação privilegiada ao APOEL (Terça-feira, 18h00)
As equipas defrontam-se pela primeira vez, mas há dois nomes no plantel do Vardar que são conhecidos dos adeptos do APOEL. Boban Grncarov, que representou o APOEL na fase de grupos da UEFA Champions League em 2009/10, disse: "Penso que na altura eram mais fortes, mas talvez tenhamos 50 por cento de hipóteses. Espera-nos um ambiente temível no estádio". Vlako Grozdanoski, que alinhou no rival Omonia, acrescentou: "Os adeptos vão ser um problema, mas o tempo também!"

John Leonidou, Emil Gasevski

O Sarajevo festeja a conquista do campeonato
O Sarajevo festeja a conquista do campeonato©Fedja Krvavac

Sarajevo tenta descarrilar Lech (Terça-feira, 20h00)
O campeão da Bósnia e Herzegovina espera que a sua antipatia inata em relação a clubes associados com caminhos-de-ferro lhe seja útil quando defrontar o Lech Poznań. O principal rival local do Sarajevo é o Željezničar (literalmente, trabalhador ferroviário), e o treinador Dženan Uščuplić espera que isso estimule a sua equipa. "Queremos sempre vencer os ferroviários locais, e  espero transferir esse desejo para este encontro."

Fuad Krvavac

Jess Thorup, novo treinador do Midtjylland
Jess Thorup, novo treinador do Midtjylland©Sportsfile

Midtjylland com novo timoneiro (Terça-feira, 18h30)
O Midtjylland estreia-se na UEFA Champions League, frente a um adversário de Gibraltar, com um novo treinador, após Jess Thorup, que orientou a Dinamarca no Campeonato da Europa Sub-21 da UEFA de 2015, ter sido escolhido no fim-de-semana. "Sempre considerei o Midtjylland um clube interessante", disse. "É uma equipa inovadora que está sempre a pensar mais à frente, com atenção especial à sua formação."

Peter Bruun

Saša Ilić, veterano do Partizan
Saša Ilić, veterano do Partizan©Getty Images

Partizan com dificuldades frente a georgianos (Terça-feira, 19h45)
Saša Ilić sabe o que é enfrentar adversários georgianos e ter problemas. "Em 1998 tivemos grandes dificuldades frente ao Dinamo Batumi", notou o veterano de 37 anos. "O Dila Gori é um clube de qualidade, e o tempo na Geórgia vai causar-nos problemas. Temos de estar ao nosso melhor em casa, no primeiro jogo, para tentar dar logo um passo importante rumo ao apuramento."

Aleksandar Bošković

Atenção ao No18 do TNS
Atenção ao No18 do TNS©UEFA.com

TNS confia em Wilde (Terça-feira, 19h00)
Único clube totalmente profissional na primeira divisão galesa, o TNS está habituado a surpreender os adversários em casa. Frente ao adversário húngaro, pode contar com o avançado Michael Wilde, autor de quatro golos na primeira pré-eliminatória e melhor marcador de clubes galeses nas competições da UEFA. "Acreditamos que podemos alcançar um bom resultado mas sabemos que o Videoton vai ser uma grande ameaça", disse.

Mark Pitman

O Trenčín espera muito apoio
O Trenčín espera muito apoio©UEFA.com

Trenčín com tarefa complicada (Terça-feira, 19h30)
O treinador Martin Ševela tem a honra de liderar o AS Trenčín no seu jogo de estreia na UEFA Champions League, e logo frente ao Steaua Bucureşti, campeão europeu em 1986. "Não podemos alterar o sorteio, mas podemos melhorar o nosso momento de forma", disse. Mesmo a alinhar fora do seu estádio, que está em obras, apoio não deverá faltar, já que o primeiro lote de bilhetes esgotou em quatro dias.

Rastislav Hribik

Mika Lehkusuo, técnico do HJK
Mika Lehkusuo, técnico do HJK©AFP/Getty Images

HJK em crise (Terça-feira, 16h30)
"Estamos no meio de uma mini-crise", afirmou um preocupado Mika Lehkosuo, treinador do HJK, após a derrota frente ao RoPS Rovaniemi ter colocado a sua liderança em risco. No entanto, Lehkosuo acredita numa mudança de sorte para breve. "Estamos a atravessar um período complicado, mas todos estão a trabalhar para resolver a situação", afirmou.

Mikael Erävuori

Zoran Mamić, treinador do Dínamo
Zoran Mamić, treinador do Dínamo©AFP/Getty Images

Dínamo ensombrado por maldição (Quarta-feira, 20h00)
A "maldição da moeda" ainda assola o Dínamo, que disputa a sua 34ª campanha europeia desde a última vez que ultrapassou uma fase de grupos. Diz a lenda que tudo se deve ao triunfo controverso sobre o Spartak Brno, na primeira ronda da Taça das Cidades com Feira de 1966/67, que viria a conquistar.

Alegadamente, o capitão da equipa croata começou a festejar mal a moeda tocou no solo, e na confusão que se seguiu, ninguém – árbitro ou adversários, verificou realmente o resultado.

Elvir Islamović

Topo