Conheça os oito primeiros clubes a entrar em cena

Polícias, professores, mecânicos, pasteleiros e até um duelo de irmãos polacos: a UEFA Champions League arranca e pode conhecer melhor os oito clubes participantes.

©UEFA.com
O Estádio Victória
O Estádio Victória©UEFA.com

Lincoln FC
• Actua no Estádio Victória, de cinco mil lugares, que é partilhado por todos os oito clubes que compõem o escalão principal do futebol de Gibraltar. Conta na equipa com três irmãos, os irmãos Cascario, e do plantel fazem também parte polícias aduaneiros, agentes marítimos e um construtor civil. O único futebolista profissional é Liam Walker.

The New Saints FC
• É o clube mais titulado do País de Gales e o único 100 por cento profissional a disputar o escalão principal, mas actua do outro lado da fronteira, em Oswestry, Inglaterra. Conta no plantel com o extremo Adrian Cieślewicz, que na época passada representou o B36 Tórshavn, equipa que vai agora enfrentar e onde alinha o irmão Łukasz.

Jákup Borg, do B36
Jákup Borg, do B36©Hans Erik Danielsen

B36 Tórshavn
• Depois de 35 anos sem conquistar qualquer título, entre 1962 e 1997, sagrou-se desde então campeão nacional das Ilhas Faroé por cinco vezes. Todos os seus jogadores têm outra profissão para lá do futebol. Jákup Borg, por exemplo, tem uma oficina de reparação de automóveis onde emprega o lateral Høgni Eysturoy, enquanto o guarda-redes Tórdur Thomsen está a estudar para ser professor e o central Odmar Faerø é carpinteiro. Há ainda um electricista e um pasteleiro.

Crusaders FC
• O seu treinador, Stephen Baxter, participou como jogador na última aventura do clube na UEFA Champions League, em 1997/98. Marcou um golo, viu um cartão vermelho e a equipa acabou afastada pelo FC Dinamo Tbilisi. Duas décadas antes, em 1976/77, o Crusaders tinha defrontado o Liverpool FC na primeira eliminatória da Taça dos Campeões Europeus.

FC Levadia Tallinn
• Campeão da Estónia nos últimos nove anos, nos palcos europeus bateu já equipas como o FC Twente ou o Wisła Kraków. Em 2006/07 ultrapassou as pré-eliminatórias da Taça UEFA, mas viu-se depois afastado pelo Newcastle United FC. Conta no plantel com os internacionais estónios Artjom Artjunin, Artur Pikk, Ilja Antonov, Dmitri Kruglov, Siim Luts e Ingemar Teever.

FC Pyunik
• Clube com maior palmarés da Arménia, ultrapassou a primeira pré-eliminatória da UEFA Champions League em 2002/03. A última presença europeia, em 2011/12, terminou com uma derrota por 9-1 no conjunto das duas mãos, frente ao FC Viktoria Plzeň. A principal estrela da equipa é o avançado mexicano César Romero.

O Folgore festeja a
O Folgore festeja a©Elia Gorini

SS Folgore
• Foi a primeira equipa de San Marino a disputar um jogo e a marcar um golo nas provas de clubes da UEFA. Conquistou na última época a sua primeira dobradinha em "15 anos" e espera agora tornar-se na primeira formação do seu país a garantir lugar numa segunda pré-eliminatória.

Os festejos de Eloy Casals, guarda-redes do Santa Coloma
Os festejos de Eloy Casals, guarda-redes do Santa Coloma©Khachik Chakhoyan

FC Santa Coloma
• Conquistou o nono título da sua história na última jornada da temporada transacta, época em que venceu pela primeira vez na sua história um embate europeu, graças a um golo do guarda-redes Eloy Casals aos 94 minutos, que valeu um triunfo sobre o FC Banants na primeira pré-eliminatória da UEFA Champions League.

A primeira pré-eliminatória arranca esta terça-feira, pelas 17h00 (de Portugal Continental), com o Pyunik a receber o Folgore. Seguem-se o Lincoln-Santa Coloma (19h00) e o Crusaders-Levadia (19h45), antes da conclusão da primeira mão, na quarta-feira, com o embate entre B36 e TNS.

Topo