Iniesta: "Sentimento de felicidade total"

Tendo jogado em quatro finais vitoriosas da UEFA Champions League, Andrés Iniesta disse que o trabalho do Barcelona esta época "teve um desfecho espectacular".

Andrés Iniesta, do Barcelona, disse ao UEFA.com ter sentido "felicidade total" após o triunfo da sua equipa em Berlim e elogiou também o colega Xavi Hernández, de saída do clube.

Tendo jogado – e vencido v a sua quarta final da UEFA Champions League, com o FC Barcelona a somar o quarto triunfo na prova no espaço de uma década, Andrés Iniesta falou ao UEFA.com da sua "felicidade total" após acrescentar mais um troféu ao seu palmarés. O passe para Ivan Rakitić inaugurar o marcador para o Barcelona, aos 4 minutos, permitiu ao jogador de 31 anos tornar-se no primeiro a fazer assistências em três finais, sendo eleito Homem do Jogo pelo seu esforço.

Iniesta sobre... as suas emoções
É um sentimento de felicidade total. O trabalho que desenvolvemos esta época teve um desfecho espectacular com todos estes troféus conquistados. Dedico-o à equipa, à nossa gente, às nossas famílias e a todos.

Iniesta sobre... a Juventus
Todas as finais são difíceis. Os nossos adversários são sempre complicados. Penso que fizemos uma exibição completa e concretizámos a maior partes das nossas oportunidades. Também sofremos quando tivemos que sofrer.

Iniesta sobre... Xavi Hernández
A melhor imagem é mesmo essa: o Xavi Hernández a erguer o troféu da Champions League no seu último jogo. É o final que qualquer jogador desejaria e estou muito contente por ele.

Iniesta sobre...  ser o melhor jogador em campo
Estou contente porque as pessoas que votaram em mim pensaram que aquilo que fiz foi muito bom e isso deixa-me contente.

Iniesta sobre.... como vai festejar o Barcelona
Há seis anos pensávamos que jamais repetiríamos a "tripla" de troféus. Mas agora acabámos por o conseguir outra vez, o que é incrivelmente difícil, pelo que temos de desfrutar disso – sair e celebrar. As coisas nem sempre são perfeitas pelo que temos de festejar as nossas vitórias.

Iniesta sobre... comparação com as primeiras três vitórias
Todas essas finais tiveram os seus momentos bons e outros em que tivemos de sofrer. Em todas as finais defrontam-se grandes equipas. Hoje a Juventus fez-nos a vida difícil, tivemos oportunidades para fazer o 2-0 e talvez isso tornasse as coisas diferentes. Mas é um dia espectacular para nós, para o Barcelona e para todos os nossos adeptos.

Iniesta sobre... mais um troféu
Fico arrepiado quando penso nisso – quando se olha para trás e vemos o quão afortunados fomos, jogar pelo Barcelona e vencer todos estes troféus. Acho que não estou a conseguir dar o devido valor às coisas, nem mesmo 10 por cento. Haverá sempre desafios e na próxima época queremos repetir tudo – queremos sempre ter desafios para poder evoluir, ficar melhor e fazer deste clube que amamos ainda mais bem-sucedido.

Topo