Buffon e Bonucci sobre o Juventus-Barcelona

O capitão da Juventus, Gianluigi Buffon, e o defesa Leonardo Bonucci falaram à imprensa sobre o Barcelona e como poderá ser vencida a final. Saiba o que disseram.

Gianluigi Buffon (à esquerda) e Leonardo Bonucci na conferência de imprensa de antevisão da final
Gianluigi Buffon (à esquerda) e Leonardo Bonucci na conferência de imprensa de antevisão da final ©Getty Images

Um bónus inesperado
Buffon: "Este tem sido um objectivo que persegui durante os últimos anos, com os meus companheiros de equipa e o clube. Provavelmente, não pensávamos que este seria um bom ano, ou o ano ideal, para atingirmos a final – a razão mais importante pela qual passámos por grandes alterações foi o facto de termos um novo treinador. Pensávamos que demoraríamos dois ou três anos para chegar à final. Conseguimos este objectivo antes disso, o que foi uma inesperada, mas bastante agradável surpresa – e estamos muito felizes por isso." 

Barcelona
Buffon: " Objectivamente, o Barcelona é o favorito porque tem grandes individualidades, com enorme categoria individual. É justo dizer que uma equipa que tem Messi, Suárez e Neymar, mais Iniesta a meio-campo é a favorita. Contudo, quando se defronta uma equipa com Tévez, Pogba, Marchisio, Bonucci, entre outros, não se pode falar num conjunto fraco – Também temos as nossas hipóteses."

Bonucci: "Este jogo não pode resumir-se ao ataque do Barcelona frente a uma forte defesa da Juventus. Faremos uma exibição personalizada como colectivo, tal como fizemos frente ao Borussia Dortmund [nos oitavos-de-final]. Esse foi o ponto de viragem para nós. Foi quando nos demos conta que eramos uma grande equipa e que era por isso que aqui chegámos. Chegámos até aqui sabendo que estamos um degrau abaixo do Barcelona, mas isto é uma final, um único jogo, pelo que as diferenças reduzir-se-ão. Cabe-nos a nós, a todos os 11, lutar por cada bola. Não estamos cá para sermos vítimas."

O legado de Antonio Conte na Juve
Buffon: "Certamente que ele assistirá ao encontro. Ele enviou-nos uma mensagem, que nos deixou bastante satisfeitos. A Juventus da actualidade tem alguns dos seus traços: a determinação que nos incutiu, o nosso conhecimento táctico e a nossa capacidade para jogarmos bem – Todas essas são virtudes que fomos capazes de moldar ao longo dos anos sob as ordens de Conte. Espero que demoremos algum tempo a perdê-las."

A ausência de Giorgio Chiellini
Bonucci: "Perder Giorgio Chiellini é importante, não apenas dentro de campo, mas, também, no balneário. Ele estará cá a apoiar-nos, mas o seu carácter e determinação seriam importantes para nós. Mas, por outro lado, as equipas italianas excedem-se nas situações mais difíceis. Viemos para cá sabendo que somos uma boa equipa e que daremos o nosso melhor para vencermos. Dedicar-lhe-emos a vitória."

O que uma vitória significaria para a Juventus
Buffon: "O facto de que a Juventus sempre foi representada por grandes campeões, grandes jogadores e a quantidade de troféus que o clube conquistou consciencializa-nos de que não estamos aqui por acaso. Também sentimos uma grande responsabilidade porque sabemos que, se as coisas correrem bem, teremos conseguido algo grandioso. Mas é quase algo habitual para a Juventus. Se ganharmos, ficaremos bastante felizes e abraçaremos qualquer um que vejamos, mas, mês e meio depois, estaremos de volta ao trabalho, para uma nova temporada. Somos a Juventus e representamos o melhor dos clubes italianos – seria um grande feito conquistarmos a vitória, mas de acordo com a nossa história."

Topo