Xavi anuncia retirada: análise à carreira

Xavi Hernández anunciou a sua retirada no final da época, aos 39 anos; saiba o que antigos jogadores e glórias do Barcelona, bem como do futebol mundial, dizem sobre o médio espanhol.

Xavi Hernández anunciou a retirada como jogador mas pensa fazer carreira como treinador
Xavi Hernández anunciou a retirada como jogador mas pensa fazer carreira como treinador ©Getty Images

Quatro vezes vencedor da UEFA Champions League com o Barcelona, o médio Xavi Hernández anunciou a sua retirada no final desta época, após quatro épocas ao serviço do Al-Sadd, do Qatar.

"Esta é a minha última época como jogador, mas estou ansioso por ver o que o futuro me reserva como treinador", disse o veterano de 39 anos. "A minha filosofia como treinador reflecte o estilo que desenvolvemos ao longo dos anos em La Masia sob a supervisão de Johan Cruyff. Gosto de ver equipas que tomam a iniciativa do jogo, praticam futebol ofensivo e que regressam à essência do que todos nós gostávamos quando éramos jovens: futebol de posse".

O UEFA.com recorda o que algumas pessoas importantes – o pai, colegas, adversários e admiradores – disseram sobre o maestro do meio-campo.

"Ele viveu o futebol com grande paixão desde pequeno. É um autêntico professor de futebol. Vê jogos, lê sobre futebol, segue muitas equipas, adversários e tudo o que o rodeia, no geral. Vive e respira futebol."
Joaquim Hernández, pai de Xavi

Resumo da carreira de Xavi no Barcelona
Resumo da carreira de Xavi no Barcelona

"Faltam-me elogios para ele. Não há ninguém que se possa comparar com o que ele representa como pessoa e jogador. As suas estatísticas, longevidade, os sentimentos que motiva, a maneira como faz as coisas está para além das palavras. É um jogador único, alguém que tem sido fundamental para o seu clube e para a Espanha. É um verdadeiro prazer e um privilégio ter jogado ao lado dele toda a minha carreira."
Andrés Iniesta, antigo médio do Barcelona

"Se o Xavi tiver um dia mau, o Barcelona não vai jogar tão bem. É um daqueles jogadores que controla o ritmo de jogo. O seu futebol faz com que a equipa funcione. Ele é diferente."
Johan Cruyff, antigo jogador e treinador do Barcelona

[VIDEO src="2253701" size="mediumLandscape" align="Right" caption=" Xavi: o meu cinco de sonho

-a-side team" ] "Será muito difícil alguém o substituir. Não apenas pela sua importância em campo – ele é também muito respeitado no balneário. Quando não está a jogar está sempre a ver futebol. Vai ser treinador, estou certo disso."
Josep Guardiola, antigo jogador e treinador do Barcelona

"O Xavi é o melhor, alguém que merece que falemos dele. Adoro o Xavi, ele é excelente. A razão porque eu gosto do Barça deve-se ao Xavi."
Pelé, lenda do Brasil

"O Xavi é outro dos grandes jogadores do Barcelona, como foi o Carles Puyol. É outro jogador emblemático. Jogou a um nível que excedeu as expectativas desde tenra idade. Merece ser homenageado como nenhum outro."
Éric
Abidal, antigo defesa do Barcelona

Resumo: Barcelona venceu Man. United na final de 2011
Resumo: Barcelona venceu Man. United na final de 2011

"O Messi não era realmente o problema. Eram Iniesta e Xavi. Eles conseguem segurar a bola toda a noite."
Alex Ferguson, treinador do Manchester United, após a derrota por 3-1 frente ao Barcelona na final de 2011 da UEFA Champions Leagu
e

"Enquanto nós vivemos o presente, Xavi vive no futuro. Ele pensa os lances antes de toda a gente e faz com que as coisas sejam muito mais fáceis."
Daniel Alves, antigo defesa do Barcelona

"Perguntam-me todos os anos quem gostaria de tirar da equipa do Barcelona para nos dar mais possibilidades de ganhar e todos os anos digo-lhes o mesmo: Xavi. O seu controlo e a maneira como trata a bola fazem dele o seu melhor jogador."
Iker Casillas, antigo guarda-redes do Real Madrid

"Xavi tem sido decisivo no modelo de jogo da Espanha e no sucesso que conseguimos. Ele ajudou a definir o nosso estilo. Todos concordamos que o Xavi foi muito importante para nós – até mais importante do que o seleccionador. É um jogador por quem nutrimos um sentimento pessoal muito grande, tal como pelo seu futebol. Xavi deixa uma marca, mas, mais importante, deixa um legado."
Vicente del Bosque, antigo treinador do Real Madrid e seleccionador da Espanha

Topo