Foto: Ajax campeão europeu em 1995

O Ajax venceu pela última vez a UEFA Champions League em 1995: o UEFA.com revisita os futebolistas que venceram o Milan em Viena.

©UEFA.com

A passagem do Ajax às meias-finais da UEFA Champions League fez recordar a equipa de Louis van Gaal que foi campeã europeia em 1995.

Na decisão final de Viena, Patrick Kluivert, na altura com apenas 18 anos, saiu do banco para marcar o golo da vitória, aos 84 minutos, frente a uma equipa do Milan que tinha estrelas como Paolo Maldini, Franco Baresi, Marcel Desailly e Zvonimir Boban. No entanto, o UEFA.com explica como essa geração de jovens promissores também atingiu estatuto lendário.

1. Clarence Seedorf
O médio tornou-se no primeiro jogador a vencer a prova ao serviço de três clubes diferentes, conquistando o título ao serviço do Real Madrid CF, em 2008, e do Milan, em 2007, sete anos antes de assumir o cargo de treinador do clube italiano, em Janeiro de 2014, durante um período de cinco meses. Actualmente é o Embaixador Global da UEFA para a Diversidade e Mudança.

Rijkaard como seleccionador da Holanda no UEFA EURO 2000
Rijkaard como seleccionador da Holanda no UEFA EURO 2000©Getty Images

2. Frank Rijkaar
O internacional holandês terminou uma carreira brilhante em alta com o título de campeão europeu em Viena, isto depois de já ter conquistado o troféu por duas vezes com o Milan. Rijkaard iniciou a carreira de treinador três anos mais tarde, levando a Holanda às meias-finais do UEFA EURO 2000 na estreia no banco

Foi escolhido para treinador do FC Barcelona em 2003 e conquistou dois títulos consecutivos na Liga espanhola, assim como a UEFA Champions League em 2006. Depois de deixar os catalães em 2008, passou pelo comando de Galatasaray AŞ e da selecção da Arábia Saudita, mas em 2016 anunciou que não voltaria a treinar.

3. Frank de Boer
Despediu-se da selecção da Holanda com 112 internacionalizações e deu os primeiros passos como treinador nos escalões jovens do clube de Amesterdão em 2006, substituindo Martin Jol na equipa principal em 2010. Conduziu o Ajax a quatro títulos consecutivos, um recorde na Holanda, actualmente treina os Atlanta United.

4. Patrick Kluivert
Terminou a carreira em 2008, depois de marcar 40 golos em 79 jogos pelo seu país, um recorde que só foi superado por Robin van Persie em Outubro de 2013. Depois de ser adjunto de Louis van Gaal na selecção da Holanda no Campeonato do Mundo de 2014, Kluivert é adjunto de Seedorf na selecção dos Camarões.

5. Michael Reiziger
Pendurou as chuteiras em 2007, depois de breves passagens por Middlesbrough FC e PSV Eindhoven. Iniciou a carreira de treinador nos escalões jovens do Sparta Rotterdam e chegou a adjunto na equipa principal no final de 2014, mas desde 2017 que trabalha na equipa de reservas do Ajax.

6. Danny Blind
Blind foi convidado para adjunto da selecção em 2012, depois de ter aprimorado as qualidades de treinador no comando do Ajax em 2005/06, como director para o futebol do Sparta, o seu antigo clube, e como adjunto de Frank de Boer, no regresso a Amesterdão, entre 2008 a 2011. Foi escolhido para sucessor de Guus Hiddink como seleccionador da Holanda e vai assumir o cargo após o UEFA EURO 2016.

7. Finidi George
O extremo terminou a carreira em 2004 ao serviço do RCD Mallorca. Regressou à Holanda em 2013 para completar a formação de treinador ao mesmo tempo que trabalhava no PEC Zwolle.

8. Jari Litmanen

Aquele que é considerado o melhor jogador de sempre da Finlândia, regressou ao seu país para terminar a carreira e conquistar o seu único título finlandês, em 2011, ao serviço do HJK Helsinki. A única relação que mantém com o futebol são os comentários televisivos.

9. Marc Overmars
Overmars tornou-se no jogador holandês mais caro da história em 2000, quando foi contratado pelo Barcelona por cerca de 25 milhões de Euros, mas as lesões levaram a que tivesse disputado apenas 97 jogos na Liga espanhola ao longo de quatro épocas. Regressou aos relvados após quatro anos de afastamento para jogar um ano pelo seu primeiro clube, o Go Ahead Eagles, tornando-se depois director técnico do clube. Em 2012 assumiu o cargo de director para o futebol do Ajax.

O Ajax comemora em Viena
O Ajax comemora em Viena©Popperfoto/Getty Images

10. Edgar Davids
O médio terminou a carreira nos escalões inferiores do futebol inglês ao serviço do Barnet FC, tendo desempenhado a função de treinador-jogador entre 2012 e 2014.

11. Edwin van der Sar
Contratado pelo Manchester United FC em 2005, voltou a vencer a UEFA Champions League, três anos depois, ao serviço do “red devils”. Van der Sar pendurou as luvas após a derrota com o Barcelona na final da UEFA Champions League de 2011, o terceiro desaire numa final, e é director de marketing do Ajax desde o início de 2013, fazendo também parte da direcção do clube.

12. Nwankwo Kanu
Foi aposta do Arsenal em 1999 e recompensou os londrinos com dois títulos da Premier League e dois triunfos na Taça de Inglaterra, assinou depois pelo Portsmouth FC e apontou o golo do triunfo na final da Taça de 2008. Actualmente dirige o seu canal de televisão na Nigéria.

13. Ronald de Boer
Após conquistar cinco títulos holandeses, Ronald trocou Amesterdão por Barcelona em 1999 e na época de estreia aumentou o palmarés com o título de campeão de Espanha. Conquistou mais troféus no Rangers, onde teve a companhia de Frank durante meia época, e depois seguiu com o irmão para o Qatar até terminar a carreira em 2008. É treinador das camadas jovens do Ajax e também trabalha como comentador de televisão.

Fora da fotografia

Louis van Gaal
Depois do título em 1995, conduziu o Ajax a uma segunda final da UEFA Champions League em 1996, antes de vencer dois campeonatos espanhóis com o Barcelona, outro título holandês com AZ Alkmaar - para juntar aos três que tinha conquistado com o Ajax - e um com o FC Bayern München, com quem perdeu a final da UEFA Champions League de 2010. Não conseguiu a qualificação para o Campeonato do Mundo como seleccionador da Holanda em 2002, mas levou o seu país até às meias-finais em 2014, antes de assumir o comando do Manchester United. Anunciou o adeus ao futebol em Março de 2019.

Mais do género...

Foto: Foto: Benzema e Nasri na geração de 2004
Foto: Trezeguet ajuda Juventus a afastar o Real
Foto: Campeões do Chelsea em 2005 uma década depois
Foto: Quando o Benfica bateu o Porto de Mourinho
Foto: Quando o Mónaco surpreendeu o poderoso Real Madrid
Foto: Barcelona silencia o Real no Bernabéu
Foto: Ronaldo ovacionado de pé em Old Trafford
Foto: Os heróis de Istambul do Liverpool
Foto: Juve rouba lugar nos "quartos" ao Werder
Foto: Batistuta termina com a espera da Roma
Foto: Quando o Ajax virou uma derrota por 3-1
Foto: Itália sobrevive e chega à final do Mundial
Foto: Nápoles de Maradona reina em 1989
Foto: Quando o Paris bateu a equipa de sonho do Barcelona

Topo