Real Madrid derruba muralha do Atlético

Real Madrid CF 1-0 Club Atlético de Madrid (total: 1-0)
Javier Hernández decidiu a eliminatória a dois minutos do final, após Arda Turan ter sido expulso.

Real Madrid finalmente superioriza-se ao Atlético num tenso encontro no Santiago Bernabéu
Javier Hernández marca o único golo da eliminatória já perto do final (88)
Arda Turan (Atlético) vê segundo cartão amarelo (76)
Real Madrid nas meias-finais pela quinta vez consecutiva
O sorteio das meias-finais decorre em Nyon pelas 11h00 (de Portugal Continental) de sexta-feira

O campeão europeu Real Madrid CF apurou-se pela quinta vez consecutiva para as meias-finais da UEFA Champions League, depois de derrotar, com um golo solitário de Javier Hernández, o finalista da edição anterior e detentor do título espanhol, Club Atlético de Madrid, depois de, na primeira mão, ter-se verificado um empate sem golos.

Após sete jogos na presente temporada sem ganhar qualquer jogo ao campeão espanhol, o Real Madrid apresentou-se perante o seu público com Sergio Ramos como médio mais recuado, com Asier Illarramendi e Sami Khedira no banco, tentando um maior poderio físico na luta a meio-campo frente a Tiago e Koke.

A primeira parte acabou por decorrer à semelhança daquilo que aconteceu em toda a partida da primeira mão: maior domínio do Real Madrid, mas com poucas ocasiões, e mesmo essas, ainda assim, a terminarem inevitavelmente com defesas de Jan Oblak. Começou aos 11 minutos, com um remate frouxo de Javier Hernández, que rendeu o lesionado Karim Benzema na frente de ataque.

Sem espaços de parte a parte, a opção de ambos os conjuntos recaiu nos remates de longa distância. Koke teve um disparo de ressaca muito por cima, desfecho em tudo idêntico a um livre directo de James Rodríguez.

Jesús Gámez, que rendeu Guilherme Siqueira no lado esquerdo da defesa do Atlético, teve depois um forte remate defendido com segurança por Iker Casillas e, no outro lado, foi Oblak a negar, aos 32 minutos, um golo a Cristiano Ronaldo de livre directo.

O ex-guarda-redes do Benfica voltaria a brilhar a grande altura no derradeiro lance do primeiro tempo, efectuando espantosa defesa a novo remate de um agora isolado Ronaldo. No conseguente canto, Raphäel Varane cabeceou por cima.

A segunda parte trouxe mais do mesmo, com uma "nuance": a expulsão, aos 76 minutos, de Arda Turan, que viu o segundo cartão amarelo numa disputa de bola com Sergio Ramos.

Oblak deteve um cabeceamento de Varane, outro de Sergio Ramos e um disparo de longe de Cristiano Ronaldo, tudo antes de Turan deixar o Atlético reduzido a dez elementos. Nos últimos dez minutos do tempo regulamentar, o esloveno fez uma notável defesa perante um isolado James Rodríguez, de quem voltaria a deter um disparo de fora da área no lance seguinte.

Até que, finalmente, aos 87 minutos, o Real Madrid quebrou a muralha "colchonera". Ronaldo teve uma arrancada pela direita e combinação com James Rodríguez, antes de encontrar Javier Hernández liberto de marcação na zona frontal, onde, com Oblak já fora do lance, o mexicano só teve de encostar.

Até final e com menos um elemento, o Atlético Madrid já não conseguiu reagir.

Cristiano Ronaldo tenta penetrar entre Antoine Griezmann e Jesús Gámez
Cristiano Ronaldo tenta penetrar entre Antoine Griezmann e Jesús Gámez©AFP/Getty Images
Pepe, do Real Madrid, em despique com Saúl Ñíguez, do Atlético
Pepe, do Real Madrid, em despique com Saúl Ñíguez, do Atlético©AFP/Getty Images
Javier Hernández (à esquerda) persegue Diego Godín
Javier Hernández (à esquerda) persegue Diego Godín©Getty Images
Cristiano Ronaldo mostra a sua frustração
Cristiano Ronaldo mostra a sua frustração©AFP/Getty Images
Cristiano Ronaldo desperdiça a melhor ocasião do Real Madrid na primeira parte
Cristiano Ronaldo desperdiça a melhor ocasião do Real Madrid na primeira parte©Getty Images
Javier Hernández reage após desperdiçar ocasião para o Real Madrid
Javier Hernández reage após desperdiçar ocasião para o Real Madrid©AFP/Getty Images
Topo