Sentimentos mistos para Simeone e Ancelotti

Houve sentimentos contraditórios dos dois treinadores após o nulo no Vicente Calderón, mas Diego Simeone e Carlo Ancelotti encontraram motivos para optimismo.

Os jogadores do Atlético saúdam os seus adeptos após o apito final
Os jogadores do Atlético saúdam os seus adeptos após o apito final ©AFP/Getty Images

Empate a zero agenda segunda mão "clássica", segundo Diego Simeone
Treinador do Atlético pede mais intensidade no jogo da próxima semana
Carlo Ancelotti lamenta os falhanços do Real Madrid na primeira parte
Técnico italiano deseja repetição da exibição da sua equipa no primeiro tempo
Segunda mão realiza-se no Santiago Bernabéu na próxima quarta-feira

Diego Simeone, treinador do Atlético
A eliminatória continua em aberto. O Real Madrid jogou melhor na primeira parte. O Jan Oblak esteve em grande, especialmente no lance com o Gareth Bale. Respondemos na segunda parte e mudámos o jogo, actuando em áreas onde era preciso. A etapa complementar foi mais como o jogo que tínhamos idealizado. Mario Mandžukić batalhou muito durante toda a partida e competiu com intensidade frente a Sergio Ramos e Raphaël Varane.

Colocar o Raúl García no lugar do Antoine Griezmann tinha como objectivo fortalecer o meio-campo. A entrada de Fernando Torres levou à de Álvaro Arbeloa. O jogo da próxima semana será um clássico do qual toda a gente desfrutará. Um jogo com os melhores ingredientes do futebol, que nos faz apaixonar novamente pela modalidade. Temos de fazer o que fizemos na segunda parte deste encontro. É isso que fazemos bem. É normal o Real Madrid ter jogado daquela forma na primeira parte. Precisamos de jogar com mais intensidade e impedir que isso volte a acontecer.

Carlo Ancelotti, treinador do Real Madrid
Merecíamos mais do que um empate a zero, especialmente pela primeira parte. Os primeiros 45 minutos foram fantásticos e jogámos com muita personalidade. O segundo tempo foi diferente. O Atlético pressionou mais. O resultado não é assim tão bom mas estamos confiantes. O Atlético é uma das melhores equipas do Mundo a nível defensivo e é por isso que tivemos dificuldades em marcar. Não finalizámos bem mas fizemos um bom trabalho. Temos de repetir esta exibição na próxima quarta-feira. O cartão amarelo a Marcelo significa que vai falhar o próximo jogo.

Pepe não estava nas melhores condições e Raphaël Varane atravessa um bom momento de forma. Senti-me mais confiante com Varane e ele realizou uma excelente partida. Jan Oblak esteve bem na baliza adversária. No lance de que dispôs, Gareth Bale fez tudo o que lhe competia, só que o guarda-redes respondeu com uma óptima defesa. Temos de repetir o nosso desempenho na primeira parte durante toda a segunda mão, no Bernabéu.

Topo