Retrospectiva do Real Madrid - Atlético

Real Madrid e Atlético defrontaram-se várias vezes na presente temporada; este será o oitavo confronto e o nulo da primeira mão significa que está tudo em aberto.

O derby madrileno terminou sem golos na primeira mão
O derby madrileno terminou sem golos na primeira mão ©Getty Images

Real Madrid CF e Atlético de Madrid encontram-se pela oitava vez desde a final de 2014 da UEFA Champions League, desta vez com um lugar nas meias-finais em jogo.

• A vitória dos "merengues" em Lisboa, por 4-1, após prolongamento deu-lhes o décimo título europeu, registo recorde, na primeira final entre duas equipas mesma cidade em 59 anos de história da competição.

Encontros anteriores
• O Real recuperou de desvantagem após o cabeceamento certeiro de Diego Godín, aos 36 minutos, mas o empate, da autoria de Sergio Ramos, só aconteceu no terceiro minuto do tempo de compensação. Gareth Bale, Marcelo e Cristiano Ronaldo – na marcação de uma grande penalidade, o seu 17º golo da época, estabelecendo um novo recorde – marcaram no prolongamento e deram a Carlo Ancelotti o seu terceiro título na competição como treinador.

• As equipas no Estádio do Sport Lisboa e Benfica, a 24 de Maio de 2014, foram as seguintes:
Atlético: Courtois, Juanfran, Miranda, Godín, Filipe Luís (Alderweireld 83), Tiago, Raúl García (Sosa 66), Gabi, Koke, Diego Costa (Adrián López 9), Villa.
Madrid: Casillas, Carvajal, Varane, Ramos, Coentrão (Marcelo 59), Modrić, Khedira (Isco 59), Bale, Di María, Benzema (Morata 79), Ronaldo.

• As equipas tinham estado frente-a-frente numa eliminatória das competições europeias, no caso as meias-finais da Taça dos Campeões Europeus de 1958/59. O Real Madrid venceu a primeira mão, em casa, por 2-1, antes de o Atlético triunfar por 1-0 no segundo jogo. Isso levou a uma terceira partida, realizada em Saragoça, onde Ferenc Puskás marcou o tento decisivo que apurou o Real Madrid para a sua quarta final consecutiva.

• As equipas no La Romareda, a 13 de Maio de 1959, foram as seguintes:
Madrid: Domínguez, Miche, Santamaría, Lesmes, Ruiz, Zárraga, Mateos, Kopa, Di Stéfano, Puskás, Gento.
Atlético: Pazos, Rivilla, Callejo, Mendiondo, Chuzo, Calleja, Miguel, Agustín, Vavá, Peiró, Collar.

• As equipas enfrentaram-se seis vezes esta época antes da primeira mão. O Atlético ganhou os dois jogos no campeonato, por 2-1 fora e por 4-0 em casa – o seu triunfo mais folgado sobre o vizinho desde 1987, e também a primeira vez que ganhou os dois embates no campeonato frente ao Real Madrid desde 1950/51.

• As equipas desse jogo na Liga no Santiago Bernabéu, a 13 de Setembro de 2014, foram:
Real Madrid:
Casillas, Arbeloa (Varane 77), Pepe, Ramos, Coentrão, Kroos, Modrić, Bale (Isco 72), Rodríguez, Ronaldo, Benzema (Hernández 63).
Atlético: Moyà, Juanfran, Miranda, Godín, Siqueira, Raúl García, Gabi (Turan 61), Tiago, Koke, Jiménez (Griezmann 64), Mandžukić (Mario Suárez 78).

• O Atlético também levou a melhor na segunda eliminatória da Taça de Espanha, (2-0 em casa, 2-2 fora) e na SuperTaça de Espanha (1-1 fora, 1-0 em casa).

• As equipas defrontaram-se 201 vezes, em jogos do campeonato e da taça, com 103 vitórias para o Real Madrid, 50 para o Atlético e 48 empates.

Retrospectiva

Real Madrid
• Nos quartos-de-final pela quinta época seguida – apurou-se nas quatro ocasiões anteriores, e em oito das últimas nove tentativas – o Real Madrid tenta tornar-se na primeira equipa a revalidar o título na era da UEFA Champions League.

• A série de 11 vitórias consecutivas dos "merengues" chegou ao fim quando perderam por 4-3 na recepção ao FC Schalke 04, na segunda mão dos oitavos-de-final, quando Ronaldo marcou o seu 77º e 78º golos nas competições de clubes da UEFA, batendo o recorde de Raúl González, antigo avançado do Real Madrid. A formação madrilena apurou-se graças ao triunfo por 2-0 na Alemanha.

• Também terminou com uma sequência de dez jogos a ganhar em casa e fora, ficando a um jogo apenas para fixar uma nova marca. Foi também o primeiro desaire em 22 encontros da UEFA Champions League no Santiago Bernabéu  - vencendo 19 -, desde Abril de 2011, quando o Real perdeu com o FC Barcelona por 2-0, na primeira mão das meias-finais.

• A anterior derrota do campeão europeu aconteceu nos quartos-de-final da época passada, diante do Borussia Dortmund, quando uma vitória caseira por 3-0 foi seguida por uma derrota por 2-0 na Alemanha.

• Ancelotti pode tornar-se no primeiro treinador a conquistar o troféu quatro vezes. Também conduziu o Milan à glória na UEFA Champions League em 2003 e 2007, para além de ter ganho dois títulos como jogador, também ao serviço da equipa italiana, em 1989 e 1990.

• O Real Madrid só não se apurou uma vez nas últimas 22 eliminatórias das competições da UEFA após empatar a primeira mão fora; o único desaire aconteceu após um empate a zero frente ao FC Spartak Moskva, nos quartos-de-final da edição 1990/91 da Taça dos Clubes Campeões Europeus, com uma derrota caseira por 3-1. As outras sete eliminatórias em que o Real Madrid empatou a primeira mão a zero terminaram com o apuramento dos "merengues".

O registo do Real Madrid em desempates por penalties nas provas europeias é de 1V 2D:
1-3 - FC Bayern München, meias-finais da UEFA Champions League de 2011/12
3-1 - Juventus, segunda eliminatória da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1986/87
5-6 - FK Crvena zvezda, quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças de 1974/75

Atlético
• Os "colchoneros" estão nos quartos-de-final da Taça dos Campeões Europeus pela sétima vez e tentam o apuramento para as meias-finais pela quinta vez.

• O Atlético ganhou sete e perdeu cinco das 17 eliminatórias europeias frente a adversários espanhóis, tendo afastado o FC Barcelona, com um resultado total de 2-1 nos quartos-de-final da época passada.

• A derrota em Lisboa foi a única do Atlético nos seus últimos dez jogos europeus frente a equipas espanholas (cinco vitórias e três empates) desde um desaire frente ao Villarreal CF, na primeira mão da final da Taça Intertoto de 2004.

• O vencedor da Liga na temporada passada ganhou cinco e perdeu dois dos dez embates fora na UEFA Champions League desde Setembro de 2013. O Atlético perdeu com o Bayer 04 Leverkusen por 1-0 nos oitavos-de-final, antes de igualar a eliminatória em casa, vencendo depois o desempate por grandes penalidades por 3-2.

• O Atlético apurou-se cinco vezes em oito eliminatórias das competições da UEFA após empatar a primeira mão em casa, incluindo as três ocasiões em que empatou o primeiro jogo a zero: frente a Chelsea FC, nas meias-finais da época passada (3-1 fora), Sporting Clube de Portugal, nos oitavos-de-final da edição 2009/10 da UEFA Europa League (2-2 fora) e Galatasaray, na primeira eliminatória da edição 1973/74 da Taça dos Clubes Campeões Europeus (1-0 fora).

• Foi a primeira vez que os "colchoneros" venceram no desempate por penalties nas provas da UEFA. O seu registo é agora de 1V 3D:
6-7 - Derby County FC, segunda eliminatória da Taça UEFA de 1974/75
1-3 - ACF Fiorentina, primeira eliminatória da Taça UEFA de 1989/90
1-3 - Villarreal CF, final da Taça Intertoto de 2004
3-2 - Bayer 04 Leverkusen, oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2014/15

Ligações entre treinadores e jogadores
• Ancelotti e Simeone cruzaram-se enquanto jogadores quando o Milan, do italiano, bateu o AC Pisa, do argentino, por 1-0, em Janeiro de 1991.

• A dupla defrontou-se 11 vezes como treinadores, sempre à frente dos respectivos clubes de Madrid, com Simeone a vencer cinco vezes e Ancelotti três, registando-se ainda três empates.

• Juanfran formou-se no Real Madrid e realizou seis jogos pela equipa principal, em 2003/04 e 2004/05.

• Isco, Asier Illarramendi, Nacho, Daniel Carvajal e Koke fizeram parte da selecção espanhola que venceu o Campeonato da Europa Sub-21 da UEFA de 2013.

• Colegas de selecção:
Marcelo e Miranda (Brasil);
Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão, Pepe e Tiago (Portugal);
Raphaël Varane e Antoine Griezmann (França);
Luka Modrić e Mario Mandžukić (Croácia);
Juanfran, Koke, Mario Suárez, Isco, Dani Carvajal, Sergio Ramos e Iker Casillas (Espanha).

• Antigos colegas de equipa:
Karim Benzema e Tiago (Olympique Lyonnais, 2005–2007);
Asier Illaramendi e Antoine Griezmann (Real Sociedad de Fútbol, 2010-2013)

• Ronaldo marcou 16 golos em 20 jogos frente ao Atlético, tendo apontado um "hat-trick" numa vitória por 4-1 na Liga, a 11 de Abril de 2012. No entanto, foi expulso após ter marcado na derrota por 2-1 do Real Madrid na final da Taça de Espanha, em 2012/13.

• Ramos foi duas vezes expulso frente ao Atlético: num empate a um golo a contar para a Liga, a 1 de Outubro de 2006, e durante a vitória por 3-2 do Real Madrid no campeonato, em Novembro de 2009.

Factos do jogo

Real Madrid
• Ramos, Coentrão e Toni Kroos estão a um cartão amarelo de cumprir castigo. Marcelo vai falhar o segundo jogo como resultado de ter visto um cartão amarelo na primeira mão.

• A primeira mão frente ao Atlético foi o primeiro empate a zero do Real Madrid desde o encontro com o CD Olímpic de Xàtiva, na quarta eliminatória da Taça de Espanha, a 7 de Dezembro de 2013.

• O Real Madrid não perde há cinco jogos desde o desaire por 2-1 frente ao FC Barcelona, a 22 de Março. Venceu o Málaga CF por 3-1 no sábado, com Ronaldo a apontar o seu 50º golo desta época, depois de ter falhado uma grande penalidade.

• Luka Modrić vai ficar ausente dos relvados até um mês após ter sofrido uma distensão do ligamento colateral medial do joelho direito, enquanto Gareth Bale foi substituído aos dois minutos devido a um problema nos gémeos.

• Javier Hernández estreou-se a marcar pelo Real Madrid no Santiago Bernabéu quando o campeão europeu venceu o SD Eibar por 3-0, a 11 de Abril.

• A 5 de Abril, os "merengues" alcançaram a sua vitória mais dilatada na Liga desde 1967, ao golearem o Granada CF por 9-1 em casa.

• Frente ao Granada, Ronaldo marcou cinco golos num só jogo pela primeira vez na sua carreira profissional, ao mesmo tempo que ultrapassou a marca dos 300 golos ao serviço do vencedor da UEFA Champions League. Apenas Alfredo Di Stéfano e Rául González tinham alcançado esse feito com a camisola do Real Madrid.

Atlético
• Cristian Ansaldi, Gabi, Jesús Gámez, Raúl García e Fernando Torres estão a um cartão amarelo de cumprirem castigo. Mario Suárez vai cumprir um jogo de suspensão.

• O Atlético não perde há dez jogos, todas as competições incluídas, contabilizando cinco vitórias, incluindo o triunfo de sábado no terreno do RC Deportivo La Coruña, por 2-1. Durante esse período, os "colchoneros" não sofreram golos em sete partidas.

• Jan Oblak sofreu apenas três golos, dois deles no empate com o Málaga CF (2-2), a 11 de Abril, nos sete jogos que realizou desde que substituiu o lesionado Miguel Ángel Moyà aos 23 minutos da segunda mão dos oitavos-de-final, frente ao Leverkusen, a 17 de Março.

• Raúl García regressou aos relvados na primeira mão, após recuperar de uma lesão no braço sofrida nesse triunfo sobre o Leverkusen.

• Griezmann marcou em quatro dos seus últimos cinco jogos, com a excepção a ser a primeira mão frente ao Real Madrid. Bisou frente ao Deportivo no fim-de-semana. Os 20 golos que já marcou nesta edição da Liga melhora em quatro a sua época mais produtiva até ao momento, conseguida na temporada anterior, ao serviço da Real Sociedad.

Topo