Real susto do Schalke em Madrid

Real Madrid CF 3-4 FC Schalke 04 (total: 5-4)
Cristiano Ronaldo tornou-se no melhor marcador das competições europeias ao bisar na primeira parte.

Real resiste ao Schalke e apura-se para os quartos-de-final pela quinta vez consecutiva
Cristiano Ronaldo empata rapidamente – igualando recorde de 77 golos nas competições da UEFA
Christian Fuchs (20) e Klaas-Jan Huntelaar (40) colocam Schalke duas vezes em vantagem
Karim Benzema (53) faz 3-2, mas Leroy Sané (57) e Huntelaar (84) proporcionam final emocionante.
Sorteio dos quartos-de-final em Nyon, a 20 Março pelas 11h00

O Real Madrid CF apurou-se para os quartos-de-final da UEFA Champions League, apesar das dificuldades colocadas pelo FC Schalke 04 no duelo da segunda mão, que venceu mesmo, no Estadio Santiago Bernabéu, por 4-3. Dois golos de Cristiano Ronaldo ainda na primeira parte encaminharam a eliminatória, mas o segundo tempo foi, também, um grande espectáculo, com bons golos para ambas as equipas.

O Real Madrid apresentou-se perante o seu público com a vantagem de 2-0 trazida de Gelsenkirchen, pelo que começou o encontro na expectativa e sem grande rigor defensivo, atitude que lhe valeu um susto bastante grande na primeira parte, dado o acerto do Schalke na finalização.

O primeiro aviso foi dado aos nove minutos. Max Meyer cruzou atrasado para Eric-Maxim Choupo-Moting e o camaronês rematou de primeira ao lado. Oito minutos volvidos, foi Meyer quem desfrutou de todo o espaço do mundo em zona frontal, mas, na altura de rematar, fê-lo fraco e ao lado.

Os avisos estavam dados para o que se seguiria: o primeiro golo do Schalke. Tranquillo Barnetta cruzou do lado direito para Klaas-Jan Huntelaar, que deixou passar a bola para o lado oposto, onde surgiu Christian Fuchs sozinho a rematar forte, para o fundo das redes.

O público do Bernabéu sobressaltava-se, mas eis que surgiu nas alturas Cristiano Ronaldo a empatar de cabeça, na sequência de um canto de Toni Kroos.

Depois de um remate na passada de Gareth Bale para defesa fácil de Timon Wellenreuther, o Schalke voltou à carga e só a trave impediu que, aos 39 minutos, Huntelaar voltasse a colocar os alemães em vantagem, com um remate de primeira de fora da área.

No entanto, no minuto seguinte, o internacional holandês surgiu no sítio certo para recargar um remate de Meyer sacudido para a frente por Casillas. O Schalke voltava a adiantar-se no marcador, ouviam-se assobios nas bancadas, mas, uma vez mais, surgiu Cristiano Ronaldo a voar entre os centrais para salvar a sua equipa. Com aquele tento, o português tornava-se no melhor marcador de sempre das competições europeias.

Decorria o derradeiro minuto da primeira parte quando Fábio Coentrão cruzou do do lado esquerdo e, após escapar-se à marcação de Joël Matip, Ronaldo voltou a cabecear com sucesso. E, com o oitavo golo em outras tantas partidas da UEFA Champions League, a sossegar os adeptos "merengues".

O segundo tempo começou mais tranquilo para o Real Madrid, com Karim Benzema, atabalhoado até então, a receber um passe de Fábio Coentrão na área e a bater Wellenreuther depois de desenvencilhar-se de dois adversários, virando o resultado.

No entanto, cinco minutos volvidos, o estreante Leroy Sané, que entrara do banco, empatou a contenda, com um belo remate em arco, do lado direito. O jogo estava relançado e, a seis minutos do fim, Huntelaar bisou no encontro. O holandês acorreu a um passe pela zona central de Sané e, isolado perante Casillas, rematou fortíssimo.

Nos seis minutos que restavam até ao final, o Real Madrid recuou no terreno e permitiu um forte assédio do Schalke. Nessa altura e depois de um jogo em que mostrou bastante insegurança, valeu Casillas aos campeões europeus, que continuarão a defender o troféu conquistado no Estádio da Luz graças a boa defesa, no último minuto, a remate de Benedikt Höwedes.

Karim Benzema coloca o Real a vencer 3-2
Karim Benzema coloca o Real a vencer 3-2©Getty Images
Leroy Sané felicitado pelos colegas, após o 3-3
Leroy Sané felicitado pelos colegas, após o 3-3©AFP/Getty Images


Christian Fuchs coloca Schalke na frente
Christian Fuchs coloca Schalke na frente©AFP/Getty Images
Schalke comemoraa a vantagem no Santiago Bernabéu
Schalke comemoraa a vantagem no Santiago Bernabéu©AFP/Getty Images
Cristiano Ronaldo comemora após fazer o primeiro empate do Real
Cristiano Ronaldo comemora após fazer o primeiro empate do Real©Getty Images
Christian Fuchs (à esquerda) e Álvaro Arbeloa em luta pela bola
Christian Fuchs (à esquerda) e Álvaro Arbeloa em luta pela bola©Getty Images
Ronaldo felicitado por Fábio Coentrão após o seu primeiro golo
Ronaldo felicitado por Fábio Coentrão após o seu primeiro golo©AFP/Getty Images
Klaas-Jan Huntelaar após colocar o Schalke na frente
Klaas-Jan Huntelaar após colocar o Schalke na frente©AFP/Getty Images
Cristiano Ronaldo após fazer o seu 78º golo nas provas da UEFA
Cristiano Ronaldo após fazer o seu 78º golo nas provas da UEFA©Getty Images
Topo