Ivanović oportuno em ocasiões marcantes no Chelsea

Pode não ter chegado para garantir a vitória, mas o golo de Branislav Ivanović frente ao Paris foi o mais recente dos muitos tentos cruciais apontados pelo Chelsea.

Qual será o seu segredo? Como é Branislav Ivanović capaz de marcar tantos golos decisivos pelo Chelsea FC? "Se o disser", brincou o lateral-direito após o embate com o Paris Saint-Germain na terça-feira, "deixa de ser segredo".

Os adeptos do Chelsea já terão certamente perdido a conta às vezes em que viram o internacional da Sérvia partir para os festejos depois ajudar a sua equipa com golos em encontros importantes, e voltaram a ver essa imagem esta terça-feira, no Parc des Princes, com um cabeceamento certeiro, aos 36 minutos. Edinson Cavani acabaria por restabelecer a igualdade, mas o tento de Ivanović em Paris pode ser fundamental nas contas da segunda mão, a 11 de Março.

Foi o sétimo golo do defesa de 30 anos na UEFA Champions League desde 2009 e nenhum defesa marcou tantos golos na prova durante esse período. Desta vez contou com a ajuda de um colega da defesa, Gary Cahill, autor da assistência com um delicioso toque de calcanhar. "Foi um excelente toque do Gary e eu estava lá, à espera que a bola chegasse", afirmou. "É importante para nós, defesas, contribuir para os lances dos golos."

Poderoso, corajoso e abençoado com capacidade de antecipação de fazer inveja a muitos avançados, Ivanović marca golos quando eles mais importam. A estreia a marcar pelo Chelsea aconteceu num triunfo por 3-1 em casa do Liverpool FC, nos quartos-de-final da UEFA Champions League 2008/09. Bisou nessa noite e os seus golos acabaram por ser decisivos para o apuramento dos "blues". Marcou também, no prolongamento, o golo da vitória do Chelsea sobre o SSC Napoli nos oitavos-de-final rumo à conquista do primeiro título europeu do clube, em 2011/12.

Ivanović falhou a final frente ao FC Bayern München nessa temporada, devido a castigo, mas no ano seguinte marcou de cabeça, já no período de descontos, o golo que valeu ao Chelsea a vitória na final da UEFA Europa League sobre o SL Benfica. E, a nível interno, mostra igual faro. Há bem pouco tempo colocou o Chelsea na final da Taça da Liga inglesa com um golo no prolongamento. "O Branislav parece escolher sempre os momentos certos para aparecer", reconhece José Mourinho, seu treinador no clube de Londres. "Marca sempre golos importantes."

Apesar do golo no Parc des Princes, Ivanović faz questão de lembrar que a eliminatória com o Paris está longe de estar decidida. "Talvez tenhamos agora a vantagem psicológica do nosso lado, mas não podemos relaxar." Se tal acontecer, porém, o Chelsea poderá sempre contar com o seu homem das ocasiões marcantes para resolver a situação.

Topo