Blanc e Mourinho satisfeitos com empate

"Fizemos um bom jogo", disse Laurent Blanc apesar dos sentimentos mistos pelo empate do Paris com o Chelsea; José Mourinho gostou mais da primeira parte.

O treinador do Chelsea, José Mourinho, reage ao empate 1-1 no terreno do Paris que deixou a sua equipa em vantagem.

Laurent Blanc com "sentimentos mistos" após empate 1-1 do Paris em casa frente ao Chelsea
Para o treinador do Paris "foi um prazer assistir ao jogo", mas lamenta o golo sofrido
José Mourinho prefere primeira parte à segunda, quando o Paris "esteve perto de vencer"
Segunda mão a 11 de Março, em Stamford Bridge, onde o Chelsea bateu o Paris por 2-0 na época passada

Laurent Blanc, treinador do Paris
Esta noite tenho sentimentos mistos. Preparámos muito bem este jogo e antecipámos coisas que podiam acontecer. Quase tudo aconteceu como previsto, o que é satisfatório. Foi um prazer assistir a este desafio. Fizemos um bom jogo, quase perfeito. Aparte uma coisa, decorreu da forma como tínhamos planeado.

É um pouco frustrante mas temos de admitir que a equipa do Chelsea veio para fazer um golo e conseguiu-o. Marcou graças a uma jogada que envolveu apenas defesas quando estávamos focados em jogadores como Eden Hazard ou Willian. Temos de ter a mesma atenção para todos os jogadores adversários.

José Mourinho, treinador do Chelsea
A primeira parte foi a nossa melhor. Eles jogaram atrás, pelo que pudemos circular a bola e deixar passar o tempo. Na segunda parte, eles foram muito mais agressivos, pressionaram para recuperar rapidamente a bola. No geral, o empate é um resultado justo mas, se tivermos em conta o número de oportunidades e defesas dos guarda-redes, eles tiveram mais uma do que nós, pelo que se alguém esteve perto de vencer foi o Paris.

Esta eliminatória a duas mãos é agora um só jogo. Com este empate a um está tudo em aberto. Eles têm uma equipa fantástica, com jogadores fantásticos. Possuem um grande trio de ataque e quando criam uma oportunidade são perigosos. Há realmente muito talento nesta equipa. Agora tudo vai ser decidido em Stamford Bridge.

Vocês contam com os avançados para fazer golos, mas quando se tem dois ou três outros jogadores que podem marcar é bastante melhor.

O Branislav Ivanović parece escolher os momentos certos. Contra o Liverpool, esta noite com um golo fora numa partida da Champions League, na final da UEFA Europa League. Tudo golos importantes.

Por vezes sabem quais os jogadores lesionados que não vão jogar, mas por vezes são surpreendidos. [Eden] Hazard, Willian, Oscar, [Cesc] Fàbregas e Ivanović não treinavam desde o jogo com o Everton. Ontem treinaram para a comunicação social ver e para mostrar que podiam jogar. O Cesc esteve de cama três dias e não pôde treinar mas todos eles voltaram e deram o máximo.

Topo