Foto: Juve tira quartos-de-final ao Bremen

Nove anos passaram sobre o jogo desta foto; há jogadores na China, Índia, Finlândia, três abandonaram o futebol e um virou-se para o "wrestling": saiba quem são e onde estão.

Jogadores da Juventus e do Bremen reagem ao golo de Emerson
Jogadores da Juventus e do Bremen reagem ao golo de Emerson ©AFP

"A culpa é minha", disse Tim Wiese, então com 24 anos. "Estava a ser a minha melhor exibição de sempre até acontecer aquilo." O SV Werder Bremen ficou a dois minutos de chegar aos quartos-de-final da UEFA Champions League pela primeira vez quando Wiese largou a bola aos pés de Emerson. O brasileiro empurrou-a para o fundo da baliza deserta e permitiu à Juventus vencer pelos golos fora – haveria depois de cair frente ao Arsenal FC nos quartos--de-final.

1. Alessandro Del Piero
Del Piero vestiu a camisola dos "bianconeri" durante 19 temporadas e fixou o recorde do clube de mais jogos (705) e golos (289). O camisola 10 conquistou a UEFA Champions League em 1996 (perdeu a final em três ocasiões), oito "scudettos" e ajudou a Itália a vencer o Campeonato do Mundo de 2006. Terminou a longa estada no emblema de Turim em 2012 para se mudar para a Austrália, e agora, aos 40 anos, ainda joga na Índia.

2. Fabio Cannavaro
Último defesa a ganhar a Bola de Ouro, Cannavaro capitaneou a Itália rumo à vitória na final do Mundial 2006, naquela que foi a 100ª internacionalização, tendo deixado selecção em 2010, com 136 jogos. O defesa-central também ergueu a Taça UEFA em 1999 pelo Parma FC e conquistou duas Ligas espanholas pelo Real Madrid CF, entre passagens pela Juventus. Actualmente treina os chineses do Guangzhou Evergrande FC.

3. Tim Wiese
Os melhores anos de Wiese aconteceram ao serviço do Bremen, entre 2005 e 2012. Estreou-se pela Alemanha em 2008 e, no ano seguinte, venceu a Taça da Alemanha e perdeu a final da Taça UEFA. A carreira do guardião sofreu um declínio após a transferência para o TSG 1899 Hoffenheim em 2012 – saiu em Janeiro de 2014. Nessa altura, o seu foco era já o culturismo e prepara agora uma carreira de "wrestling", tendo já participado num espectáculo de WWE em Frankfurt.

4. Federico Balzaretti
Lateral-esquerdo ofensivo, Balzaretti iniciou a carreira no Torino FC antes de sair para os rivais da Juventus, a custo zero, em 2005. Esteve duas épocas nos "bianchoneri" e mudou-se depois para a ACF Fiorentina, antes de brilhar pelo US Città di Palermo – estreou-se pela Itália pouco antes de fazer 29 anos. Posteriormente reforçou a AS Roma, mas uma lesão grave numa coxa colocou-lhe a carreira em dúvida. Tem agora 33 anos.

5. Patrick Owomoyela
Owomoyela fez nome no DSC Arminia Bielefeld antes de passar pelo Bremen e pelo Borussia Dortmund. Ergueu dois títulos da Bundesliga e uma Taça da Alemanha pelo BVB e somou 11 internacionalizações pela Alemanha. O lateral-direito, que também podia jogar como médio-defensivo, terminou a carreira de jogador no Verão passado, com passagens pelas equipas de reservas do Dortmund e Hamburger SV.

6. Petri Pasanen
Chegou a Bremen em 2004 após conquistar a "dobradinha" pelo AFC Ajax e foi eleito jogador finlandês do ano de 2008. Arrecadou mais uma "dobradinha" pelo FC Salzburg na Áustria em 2012 e, após representar o AGF Aarhus, regressou ao seu país no último Verão para jogar no FC Lahti. Agora com 34 anos, Pasanen – 76 vezes internacional pela Finlândia – é jogador e comentador na televisão finlandesa.

7. Christian Schulz
Schulz tornou-se num dos favoritos dos adeptos após formar-se nos escalões jovens do Bremen. Passou 12 anos no clube e conquistou a "dobradinha" na Alemanha em 2004, mas perdeu o lugar no lado esquerdo da defesa para Pierre Womé em 2006/07, o que levou à saída para o Hannover 96. Mantém-se no clube com contrato até ao Verão de 2016. Com 31 anos, somou a última das quatro internacionalizações pela Alemanha em Agosto de 2010.

Topo