Instaurados processos disciplinares a Roma e CSKA

Foram instaurados processos disciplinares à Roma e ao CSKA na sequência do comportamento dos seus adeptos no jogo da UEFA Champions League do dia 17 de Setembro.

O Stadio Olimpico, em Roma, onde foi disputada a partida
O Stadio Olimpico, em Roma, onde foi disputada a partida ©Getty Images

Jogo:
AS Roma 5-1 PFC CSKA Moskva, primeira jornada da UEFA Champions League, dia 17 de Setembro, em Roma, Itália.

Os processos disciplinares foram abertos contra:
A Roma pelo deflagrar/arremesso de artefactos pirotécnicos e de petardos (artigo 16 (2) (b) e (c) do Regulamento de Disciplina da UEFA) e organização insuficiente (artigo 38 do Regulamento de Segurança).

O CSKA por comportamento racista dos adeptos (artigo 14 dos Regulamentos Disciplinares da UEFA), perturbação de multidão (artigo 16 (2) (h) do Regulamento de Disciplina da UEFA), deflagrar/arremesso de artefactos pirotécnicos e de petardos (artigo 16 (2) (b) e (c) do Regulamento de Disciplina da UEFA).

O caso será tratado pelo Comité de Ética e Disciplina da UEFA, a 3 de Outubro.

Topo