Karl-Heinz Riedle

Campeão do Mundo em 1990, Karl-Heinz Riedle venceu a Bundesliga com o Werder Bremen e Borussia Dortmund, tendo conquistado a UEFA Champions League em 1997.

Karl-Heinz Riedle bisou na final da UEFA Champions League de 1997
Karl-Heinz Riedle bisou na final da UEFA Champions League de 1997 ©Getty Images

Clubes: FC Augsburg (1983–86), SV Blau-Weiss 1890 Berlin (1986–87), Werder Bremen (1987–90), SS Lazio (1990–93), Borussia Dortmund (1993–97), Liverpool FC (1997–99), Fulham FC (1999–2001)

• A grande oportunidade de Riedle aconteceu em 1987, quando assinou pelo Bremen, ajudando-o a conquistar a Bundesliga na sua época de estreia, com 18 golos em 33 jogos. Também marcou na sua estreia pela selecção, nesse mesmo ano, numa goleada por 4-0 sobre a Finlândia, em Helsínquia, na fase de qualificação para o Campeonato do Mundo.

• Uma transferência avultada para a Lázio não foi recompensada com a conquista de títulos, e após três épocas na capital italiana, regressou à Alemanha, para representar o Dortmund, onde desempenhou um papel fundamental na conquista de dois campeonatos. No entanto, o seu melhor momento aconteceu na final da UEFA Champions League de 1997, quando bisou na vitória por 3-1 sobre a Juventus, no Olympiastadion, em Munique.

• Após a sua estreia a marcar pela Alemanha, Riedle foi convocado por Franz Beckenbauer para o Itália '90, onde alinhou em quatro partidas, apesar de não ter participado na final, durante a campanha vitoriosa da "mannschaft". Dois anos depois, no Campeonato da Europa, bisou no triunfo por 3-2 sobre a anfitriã Suécia, nas meias-finais, terminando o torneio como um dos melhores marcadores, com três golos. No entanto, viveu a desilusão na final, ao perder por 2-0 com a Dinamarca, participante de última hora na prova.

• Em 1997, o Liverpool levou a melhor sobre o AC Perugia Calcio para garantir os serviços de Riedle, que apesar de não ter sido titular indiscutível em Anfield, deixou o clube com 15 golos em duas épocas e meia, rumando ao Fulham.

• Seis meses após a sua transferência para o clube londrino, Riedle reencontrou Roy Evans, seu antigo treinador no Liverpool, a título temporário, na sequência da demissão de Paul Bracewell. Depois de ter voltado a ser presença regular no "onze" com Jean Tigana, técnico contratado no Verão, Riedle ajudou o Fulham a regressar à elite inglesa, pela primeira vez desde 1968. Retirou-se em 2001, com 35 anos.

Palmarés da UEFA
Campeonato da Europa: finalista vencido em 1992
UEFA Champions League: vencedor em 1997
Campeonato da Europa: melhor marcador em 1992

Topo