Villas-Boas com sentimentos contraditórios

André Villas-Boas ficou satisfeito com o triunfo fora por 1-0 sobre o Standard, mas lamentou que o Zenit não tivesse decidido na eliminatória na primeira mão.

André Villas-Boas falou à imprensa em Liege
André Villas-Boas falou à imprensa em Liege ©UEFA.com

André Villas-Boas desiludido por o FC Zenit não ter decidido a eliminatória

• Ainda assim, treinador português "satisfeito" com a vitória por 1-0

• Técnico do R. Standard de Liège, Guy Luzon, elogia reacção da sua equipa

André Villas-Boas, treinador do Zenit

A minha equipa fez uma boa exibição. Claro que jogámos melhor na primeira parte do que na segunda. Perdemos muitas vezes a posse de bola após o intervalo e o Standard aproveitou os cruzamentos e as jogadas de bola parada para criar situações de perigo. Gostaria de destacar que estou satisfeito com a nossa exibição global neste jogo. 

Foi uma pena não termos conseguimos marcar o segundo golo, pois teria facilitado o nosso trabalho na segunda mão em casa. Ainda não terminamos a nossa tarefa e penso que o jogo da segunda mão vai ser tão difícil como este, mas isso é normal, tendo em linha de conta o nível da UEFA Champions League.

Guy Luzon, treinador do Standard Liège

O Zenit jogou muito bem na primeira parte e criou várias oportunidades, mas o Standard pareceu melhor no segundo tempo. Aumentámos a pressão sobre os nossos adversários após o intervalo e foi isso que nos permitiu discutir o jogo. Foi apenas a primeira mão da eliminatória e vamos dar o máximo em São Petersburgo. Se ontem disse que tínhamos cinco por cento de hipóteses, agora passámos a ter apenas quatro.

Topo