James Rodríguez reforça Real Madrid

O UEFA.com recorda a ascensão de James Rodríguez, após o Bota de Ouro do Mundial de 2014 se ter transferido para o campeão europeu Real Madrid, por cerca de 80 milhões de euros.

O avançado colombiano James Rodríguez trocou o AS Monaco FC pelo Real Madrid CF, por uma verba estimada em 80 milhões de euros.

James, que rumou ao Mónaco no Verão passado, proveniente do FC Porto, a troco de cerca de 45 milhões de euros, assinou por seis épocas pelos "merengues". O jovem de 23 anos chega à capital espanhola menos de uma semana após Toni Kroos – outra estrela do recente Mundial – também reforçar o campeão europeu, onde alinham os portugueses Pepe, Fábio Coentrão e Cristiano Ronaldo.

James marcou nove golos em 34 jogos da Ligue 1 pelo Mónaco na época passada, mas atingiu uma dimensão verdadeiramente mundial no Brasil, este Verão, sagrando-se o melhor marcador do Mundial com seis golos, na caminhada do seu país até aos quartos-de-final. O seu novo clube inicia a defesa do título da UEFA Champions League a partir da fase de grupos, com início agendado para o meio de Setembro. James será apresentado à comunicação social às 19h00 (de Portugal Continental) desta terça-feira.

A ascensão de James Rodríguez
2008: Deixa os colombianos do Envigado FC para rumar ao CA Banfield, da Argentina.
2009: Estreia-se pelo Banfield em Fevereiro, com 17 anos, e conquista o Torneio Abertura.
2010: Marca cinco golos na Taça Libertadores antes de transferir-se para o Porto.
2011: Parte da equipa do Porto que conquista três títulos, entre eles a UEFA Europa League.
2012: Volta a ganhar a Liga portuguesa ao serviço do Porto.
2013: Deixa o Porto após sagrar-se tricampeão, reforçando o Mónaco juntamente com o colega João Moutinho, numa operação estimada em 70 milhões de euros.
2014: Ajuda o Mónaco a terminar a Ligue 1 no segundo lugar, antes de brilhar pela Colômbia no Mundial.

James fala ao UEFA.com em 2012
James fala ao UEFA.com em 2012

Vítor Pereira, seu antigo treinador no Porto, em Janeiro de 2012
"James não é um extremo típico. Ele é um jogador que produz mais quando joga atrás do avançado. Ele recebe bem a bola entre linhas e toma boas decisões."

Claudio Ranieri, seu antigo treinador no Mónaco, em Janeiro de 2014
"James Rodríguez tem a chave para abrir qualquer porta. Eu sabia disso quando o contratámos, e por isso é que exigi tanto dele no início da época. Mas actualmente ele é perfeito. Faz toda a equipa jogar, assiste os colegas, marca, defende ... Estou muito satisfeito com ele."

Julio César Falcioni, seu antigo treinador no Banfield, em Julho de 2014
"Com apenas 17 anos já dava para ver que ele tinha muita qualidade e grande capacidade física, que lhe permitia competir com os jogadores mais velhos. Também era um jogador que sempre respeitou as exigências tácticas da equipa técnica. Trata-se de um daqueles futebolistas que sabemos ser diferente dos restantes."

Topo