Momentos altos dos clubes das Ilhas Faroé

O UEFA.com recorda os melhores resultados dos clubes das Ilhas Faroé, numa altura em que o Tórshavn está em boa posição para terminar com a campanha de estreia do Lincoln.

Klæmint Olsen (nº13) esteve perto de dar a vitória ao NSÍ frente ao Fulham
Klæmint Olsen (nº13) esteve perto de dar a vitória ao NSÍ frente ao Fulham ©Birita Hansen/www.nsi.fo

O UEFA.com recorda os melhores resultados dos clubes das Ilhas Faroé, numa altura em que o Tórshavn está em boa posição para terminar a campanha de estreia do Lincoln.

As Ilhas Faroé estão longe de ser uma potência do futebol mas, tal como acontece com a selecção nacional, os clubes locais são sempre adversários aguerridos nas competições da UEFA. O HB Tórshavn estragou a estreia europeia do Lincoln FC ao impor um empate 1-1 em Gibraltar na semana passada e poderá garantir a passagem à segunda pré-eliminatória já na terça-feira. O UEFA.com recorda os melhores resultados dos clubes das Ilhas Faroé nas competições europeias.

Primeiro triunfo numa eliminatória
ÍBV Vestmannaeyjar 1-1 B36 Tórshavn
B36 Tórshavn 2-1 ÍBV Vestmannaeyjar (tot: 3-2)
Primeira pré-eliminatória da Taça UEFA de 2005/06

Os adeptos das Ilhas Faroé normalmente não contam com o triunfo do HB sobre o FK Universitāte Riga, na Taça dos Vencedores das Taças de 1993-1994, já que o apuramento foi conseguido depois de atribuída vitória de 3-0. Foi necessário esperar mais 11 anos pelo primeiro triunfo em campo numa eliminatória a duas mãos. Um golo de Bergur Midjord permitiu ao B36 empatar 1-1 com o ÍBV na Islândia e a esperança do primeiro apuramento ficaram reforçadas depois de Allan Mørkøre inaugurar o marcador no minuto inicial da segunda mão. O inglês Ian Jeffs respondeu antes do intervalo, mas Midjord voltou a marcar antes de atingida a hora de jogo e garantiu o triunfo na eliminatória. A campanha do B36 teve um final honroso na ronda seguinte, com uma derrota com um total de 4-3 frente aos dinamarqueses do FC Midtjylland.

Marco histórico
Víkingur 1-1 FC Inter Turku
FC Inter Turku 0-1 Víkingur (tot: 1-2)
Primeira pré-eliminatória da UEFA Europa League de 2013/14

É normalmente considerada a maior proeza conseguida por um clube das Ilhas Faroé nas competições da UEFA. A qualificação do Víkingur resultou de um surpreendente triunfo na Finlândia, com Hanus Jacobsen a converter uma grande penalidade aos 78 minutos.

Eliminação emocioante
HB Tórshavn 2-0 VPS Vaasa
VPS Vaasa 4-0 HB Tórshavn (tot: 4-2)

Primeira fase de qualificação da Taça UEFA de 1998/99

O triunfo sobre o Inter serviu como desforra da desilusão sofrida 15 anos pelo HB. A equipa que contava com as maiores estrelas do futebol local bateu os líderes do campeonato finlandês por 2-0 em casa, com Súni Frídi Barbá a apontar um golo em cada parte, mas o Vaasa foi implacável na segunda mão.

Empate para recordar
Fulham FC 3-0 NSÍ Runavík
NSÍ Runavík 0-0 Fulham FC (tot: 0-3)
Primeira pré-eliminatória da UEFA Europa League de 2011/12

Não causou surpresa que o Fulham, que tinha sido finalista da UEFA Europa League de 2010, tenha levado a melhor sobre o NSÍ na eliminatória, mas isso não tirou valor ao nulo imposto em casa pela equipa das Ilhas Faroé ao adversário da Premier League. A equipa de Pauli Poulsen podia ter chegado à vitória nos minutos finais, mas Klæmint Olsen desperdiçou uma boa oportunidade.

Maior goleada
FC Lusitans 2-2 EB/Streymur
EB/Streymur 5-1 FC Lusitans (tot: 7-3)
Primeira pré-eliminatória da UEFA Champions League da 2013/14

Depois de anular uma desvantagem de dois golos na primeira mão para regressar de Andorra com um resultado de 2-2, o EB/Streymur manteve a embalagem no segundo jogo. A vencer por 2-0 em casa, o EB/Streymur consentiu um golo quando já tinha mais um jogador em campo, mas acabou por golear por 5-1, averbando o triunfo mais folgado de sempre de um clube Ilhas Faroé nas competições europeias.

Topo