O "site" oficial do futebol europeu

Regresso a casa do Real Madrid apoteótico

Publicado: Segunda-feira, 26 de Maio de 2014, 1.03CET
O Real Madrid teve uma recepção calorosa no regresso a casa, após o emotivo triunfo sobre o rival citadino Atlético na final da UEFA Champions League.
por Paul Bryan
de Estadio Santiago Bernabéu

O conteúdo é transmitido de forma a que seja protegido e apenas disponível no formato flash. O seu aparelho não parece ser compatível com o leitor vídeo de flash.

 
 
Publicado: Segunda-feira, 26 de Maio de 2014, 1.03CET

Regresso a casa do Real Madrid apoteótico

O Real Madrid teve uma recepção calorosa no regresso a casa, após o emotivo triunfo sobre o rival citadino Atlético na final da UEFA Champions League.

O Real Madrid CF teve um regresso emotivo à capital espanhola depois de no sábado ter batido o Club Atlético de Madrid, na final da UEFA Champions League, com as principais comemorações do histórico triunfo a decorrerem no Santiago Bernabéu.

Os adeptos “merengues” encheram o estádio para receber os heróis com o cântico "Sí, sí, sí, la décima ya está aquí", comemorando efusivamente o décimo triunfo do clube na Taça dos Clubes Campeões Europeus. Repetiram-se as manifestações de euforia que já se tinham verificado às primeiras horas da madrugada de domingo, quando os vencedores da UEFA Champions League de 2014 regressaram à capital espanhola.

Depois, a equipa dos portugueses Cristiano Ronaldo, Fábio Coentrão e Pepe foi recebida por dezenas de milhares de adeptos que não se importaram de esperar até às 5h00 (de Portugal Continental) para a habitual deposição de um cachecol na Fonte de Cibeles. A honra pertenceu a Sergio Ramos, o autor do golo em tempo de compensação que forçou a disputa de um prolongamento na emotiva final disputada no Estádio do Sport Lisboa e Benfica.

O guarda-redes Iker Casillas agradeceu aos adeptos que esperaram durante a madrugada: "Muito obrigado a todos os que nos apoiaram em Lisboa, no Santiago Bernabéu e aqui em Cibeles. O golo de Sergio Ramos foi um agradecimento a todos vocês, são os maiores".

Depois de um descanso merecido, os campeões europeus regressaram às ruas da capital espanhola, exibindo o famoso troféu na Câmara Municipal de Madrid, onde o presidente do clube, Florentino Pérez, afirmou: "Esta Taça dos Campeões Europeus pertence a todo o 'madridismo' [a todos os que estão ligado ao clube], mas também pertence à comunidade de Madrid, porque os adeptos dos dois clubes foram extraordinários. Obrigado também aos jogadores, porque nunca deixaram de acreditar nas suas qualidades e na camisola que cobria os seus corações. A cultura do nosso clube obriga-nos agora a tentar melhorar o nosso recorde [de dez triunfos na Taça dos Campeões Europeus]".

O presidente da Comunidade de Madrid, Ignacio González, acrescentou: "O jogo mais importante do mundo foi disputado em Lisboa no sábado, e gostaria de dar os parabéns não só aos campeões mas também ao Atlético, pelo percurso que fez até à final. O Real Madrid deu um exemplo de luta e empenho que são essenciais para um triunfo na final". Concluiu o discurso com um elogio aos vencedores: "Ontem foram excelentes, hoje são eternos".

As comemorações culminaram com um espectacular fogo-de-artifício no Santiago Bernabéu, onde foi montado um palco gigante, rodeado pelos dez troféus de campeão europeu conquistados pelo clube, para onde subiu a equipa do Real Madrid, comandada pelo treinador Carlo Ancelotti. "Queremos oferecer este troféu a todos os 'madrileños', aqui na capital e em todo o Mundo", destacou o capitão Casillas. "Espero que para o ano seja possível repetir esta festa, pois significará que mais uma vez ganhámos algo muito importante".

Última actualização: 26-05-14 20.11CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2111208.html#regresso+casa+real+madrid+apoteotico