Guardiola exige concentração ao Bayern

Após ter visto o Bayern sofrer a primeira derrota em 18 meses na Bundesliga, Josep Guardiola espera que tal não se repita diante de um United que quer o apuramento.

Josep Guardiola, treinador do Bayern, dirige a sessão de treino da sua equipa
Josep Guardiola, treinador do Bayern, dirige a sessão de treino da sua equipa ©Getty Images

O FC Bayern München, actual detentor da UEFA Champions League, pode levar uma curta vantagem para a partida da segunda mão, no seu estádio, com o Manchester United FC, depois do empate 1-1 em Inglaterra, mas Josep Guardiola, a contas com várias ausências por lesão ou castigo, viu a sua equipa sofrer, no fim-de-semana, a primeira derrota em 54 jogos na Bundesliga e sabe que os seus pupilos terão de exibir-se a grande altura diante de um adversário que levou a melhor nas duas últimas visitas à Alemanha. Já David Moyes, que deverá poder contar com Wayne Rooney, reconhece que será necessária "uma melhor exibição" do que a realizada há uma semana.

Bayern
Josep Guardiola, treinador
O 1-1 é um resultado perigoso. Não conseguimos vencer em Manchester, mas acredito que nos vamos apurar. Precisamos de estar a um bom nível e queremos vencer o jogo.

Esta é uma competição diferente da Bundesliga. Já conquistámos a Bundesliga. Claro que estou triste por termos perdido em Augsburgo, mas nas últimas semanas o pensamento tem estado apenas canalizado para este embate com o United.

Temos de nos manter em forma, não podemos permitir que se repita o que aconteceu em Manchester, não podemos voltar a sofrer um golo. Falámos sobre o que é necessário fazer para vencer esta eliminatória. Teremos de atacar muito bem. Eles vão esperar que nós percamos a bola para depois saírem em contra-ataque. Por isso teremos de estar muito concentrados. Tivemos algumas boas oportunidades em Manchester e eles tiveram apenas uma.

Sei exactamente como temos de jogar. Para amanhã tenho duas dúvidas. Só temos 14 jogadores entre os quais escolher. A posição onde [Philipp] Lahm actuará depende da situação, dos jogadores disponíveis no adversário.

Numa eliminatória dos quartos-de-final as oportunidades não batem à porta duas vezes. A pressão é imensa e nós temos sabido sempre lidar bem com a pressão. Tudo depende dos pequenos detalhes tácticos. Os nossos jogadores sabem, depois do jogo em Manchester, como o United joga. Conhecem os pontos fortes e fracos do adversário. O United é uma grande equipa. Antes da partida da primeira mão só se falava do Bayern. Mas agora as pessoas perceberam que o United pode ganhar em Munique. Contudo, vamos jogar na nossa casa e, com o apoio dos nossos adeptos, podemos levar a melhor.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: FC Augsburg 1-0 Bayern (Mölders 31)
Neuer; Weiser, Martinez, Van Buyten, Sallahi (Alaba 51); Schweinsteiger, Kroos; Shaqiri (Götze 46), Højbjerg; Pizarro (Müller 61), Mandžukić.

• A série do Bayern de 53 jogos sem perder na Bundesliga, que datava de Outubro de 2012, chegou ao fim no sábado. Foi também o primeiro jogo sem marcar da turma bávara em 65 encontros da Bundesliga – e em 60 no conjunto de todas as competições.

Notícias da equipa
Bastian Schweinsteiger e Javi Martínez estão castigados. Thiago Alcántara, com um problema num joelho, não deverá voltar aos relvados antes do final de Abril. Diego Contento sofreu uma lesão num pé na partida da primeira mão, enquanto Xherdan Shaqiri saiu a meio do encontro com o Augsburgo, lesionado num músculo da coxa direita.

Tom Starke, habitual guarda-redes suplente, lesionou-se num ombro no treino de sexta-feira e não vai jogar mais esta temporada. O terceiro guarda-redes, Lucas Raeder, também está lesionado, pelo que o jovem Leopold Zingerle, de 19 anos, habitual guarda-redes suplente da equipa de Sub-23, que actua no quarto escalão do futebol germânico, estará no banco de suplentes do Bayern diante do United.

United
David Moyes, treinador
Estou ansioso pelo início do jogo. Chegamos a esta segunda mão com hipóteses de seguir em frente e vamos dar tudo para estar na final. Este é o nível mais elevado da competição até à data.

Gostava de ter mais tempo de posse de bola e assim mandar mais no jogo. Mas a qualidade do nosso adversário é imensa. Espero que façamos uma melhor exibição do que a realizada na primeira mão e acredito que somos capazes de o fazer, pois só assim conseguiremos chegar ao apuramento. É no apuramento que pensamos. Os meus jogadores estão a postos e concentrados. Vamos aproveitar o momento.

Precisamos que todos os jogadores façam um grande jogo. Sem excepção. Todos os meus jogadores estão preparados para tal. Fizemos tudo o que podíamos para nos prepararmos convenientemente. Teremos de vencer esta autêntica final para estarmos na próxima ronda. Será como uma final da Taça, embora seja uma segunda mão.

Para já só penso neste jogo. Temos um bom registo nesta competição e queremos continuar na sua discussão. Precisamos de um golo e teremos de apresentar o mesmo espírito que demonstrámos na primeira mão. Teremos de fazer um grande jogo.

Vamos fazer tudo para que Wayne Rooney possa jogar. Ele não se importa se tiver de levar uma injecção para estar neste jogo e isso diz muito da importância que este clube e este jogo têm para ele. O Wayne tem um enorme carácter e está determinado a jogar. E se ele está determinado a jogar seríamos loucos se não lhe déssemos essa possibilidade.

Resultado do fim-de-semana
Sábado: Newcastle United FC 0-4 Manchester United (Mata 39 50, Hernández 64, Januzaj 90+3)
Lindergaard; Valencia, Jones, Smalling, Evra (Büttner 64); Young (Januzaj 18), Fletcher, Fellaini (Nani 70), Kagawa; Mata; Hernández.

• O United registou, sábado, a sua terceira vitória consecutiva fora de portas no conjunto de todas as competições.

Notícias da equipa
Patrice Evra está castigado. Rooney ficou de fora do encontro com o Newcastle depois de se ter lesionado num dedo do pé na partida da primeira mão e Ashley Young teve de ser substituído logo aos 18 minutos do encontro de sábado devido a uma rotura de ligamentos num pulso; os dois jogadores treinaram com os colegas na terça-feira, ao contrário de Rafael e Marouane Fellaini. Robin van Persie só voltará aos relvados no final de Abril, depois de se ter lesionado no joelho esquerdo na vitória por 3-0 sobre o Olympiacos FC, no mês passado

Estatística
• Apesar de todos os impressionantes registos que tem alcançado nos últimos tempos, o Bayern não conseguiu vencer em nenhuma das últimas quatro recepções a equipas inglesas.

Topo