Lahm incita Bayern a mostrar o que vale

Sem qualquer vitória desde que conquistou a Bundesliga, o Bayern tem de "jogar o seu futebol" frente a um Manchester United "de classe mundial", segundo Philipp Lahm.

Arjen Robben e Philipp Lahm aplaudem os adeptos alemães que foram a Old Trafford
Arjen Robben e Philipp Lahm aplaudem os adeptos alemães que foram a Old Trafford ©Getty Images

O FC Bayern München não venceu nenhum dos últimos três jogos em todas as competições - a pior série do clube em mais de três anos -, mas o capitão Philipp Lahm garante que, na quarta-feira, frente ao Manchester United FC, a equipa vai continuar a apostar na fórmula que tem sido usada.

A série de 53 jogos sem derrotas no campeonato alemão, iniciada em Outubro de 2012, acabou no sábado com o desaire por 1-0 no terreno do FC Augsburg. Tratou-se também da primeira vez em 65 jogos da Bundesliga - e 60 encontros em todas as competições - que o Bayern não marcou qualquer golo. A derrota surgiu depois dos empates ante o United (1-1) e o TSG 1899 Hoffenheim (3-3). Apesar disso, Lahm não entra em pânico antes do jogo dos bávaros na segunda mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League.

"Temos de fazer o que fazemos sempre; temos de conseguir a mesma posse de bola de sempre", disse Lahm. "[O United] é muito bom no contra-ataque, mas amanhã queremos jogar o nosso jogo, ter a bola e marcar golos."

"O Manchester United é de classe mundial, tem uma história brilhante e muitos jogadores com experiência. Temos de jogar bom futebol, no ataque e na defesa. Não lhes demos muitas hipóteses em Manchester e temos de voltar a fazer isso agora. Foi um jogo difícil para nós em Manchester, mas trabalhámos bem como equipa a nível defensivo."

O treinador do Bayern, Josep Guardiola, tem uma dor de cabeça no centro do meio-campo por causa da lesão de Thiago Alcántara e das suspensões de Bastian Schweinsteiger e de Javi Martínez. A conquista da Bundesliga a sete jornadas do fim permitiu a Guardiola fazer alguma rotação na equipa antes deste jogo, mas Lahm insiste que ele e os colegas de equipa não perderam a forma.

"Nos dias que correm não é habitual para nós estarmos três jogos sem ganhar", disse o experiente internacional alemão. "[Apesar da rotação] muitos de nós continuam a jogar pelo menos uma vez por semana, por isso não perdemos o nosso ritmo e a nossa forma." O Bayern não pode perder o andamento na quarta-feira.

Topo