O "site" oficial do futebol europeu

Şahin mantém esperança na reviravolta

Publicado: Quinta-feira, 3 de Abril de 2014, 7.59CET
O antigo médio do Real Madrid, Nuri Şahin, disse que a equipa do Dortmund não vai procurar desculpas após sair derrotada por 3-0 do Santiago Bernabéu.
por Paul Bryan
de Santiago Bernabéu
Şahin mantém esperança na reviravolta
Nuri Şahin recebe palavras de encorajamento do treinador Jürgen Klopp ©AFP/Getty Images
 
 
Publicado: Quinta-feira, 3 de Abril de 2014, 7.59CET

Şahin mantém esperança na reviravolta

O antigo médio do Real Madrid, Nuri Şahin, disse que a equipa do Dortmund não vai procurar desculpas após sair derrotada por 3-0 do Santiago Bernabéu.

Os jogadores do Borussia Dortmund surgiram com ar abatido, na última noite, à medida que rumavam ao autocarro, contemplando a difícil tarefa que terão pela frente na segunda mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League, depois da derrota por 3-0 ante o Real Madrid CF. Em declarações após o jogo, o médio Nuri Şahin disse que, apesar de a diferença ser grande, o treinador Jürgen Klopp incutiu-lhes confiança numa conversa logo após a partida.

Nuri Şahin, médio do Dortmund
Foi um jogo difícil para nós. Sabíamos que o Real Madrid traria qualidade e velocidade para o jogo, mas também sabíamos que teríamos as nossas possibilidades. Infelizmente, estas não surgiram. Estamos a perder por 3-0 na eliminatória, mas ainda temos uma pequena oportunidade; o nosso treinador disse-nos isso após o jogo. Não tivemos hoje o [castigado Robert] Lewandowski, mas na próxima semana ele estará de volta, ainda assim, vai ser um jogo difícil. Na época passada, vencemos a primeira mão [da meia-final] por 4-1 e o segundo jogo foi muito difícil, perdemos por 2-0 e quase sofremos o terceiro, por isso sabemos que as coisas acontecem.

Claro que as [lesões e castigos] que temos pesaram esta noite, mas isso não serve de desculpa. Temos vindo a jogar bem esta época sem esses jogadores. Temos jogadores com muito carácter. Ainda temos jogos para ganhar esta época, bem como objectivos para atingir.

Roman Weidenfeller, guarda-redes do Dortmund
Não jogámos com confiança e isso é algo que se paga quando se joga neste estádio. [Com esta mentalidade] não temos hipóteses. Não estivemos alerta o suficiente na fase inicial do jogo. Tornámos as coisas fáceis para o Real Madrid.

Marco Reus, atacante do Dortmund
Devíamos ter feito na partida toda aquilo que fizemos na segunda parte. Olhando para a segunda mão, o resultado de hoje é mau. Contudo, temos de o aceitar. 

Última actualização: 03-04-14 12.26CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2083475.html#sahin+mantem+esperanca+reviravolta