United espera manter tendência inglesa frente ao Bayern

O Bayern tem revelado dificuldades ultimamente na recepção a visitantes ingleses, enquanto o Manchester United está optimista por ter ganho nas três últimas deslocações à Alemanha.

O FC Bayern München espera esquecer as recentes dificuldades frente a visitantes ingleses quando receber o Manchester United FC, na segunda mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League.

• O United nunca ganhou na Baviera, mas a equipa dirigida por David Moyes pode moralizar-se com uma série de duas vitórias consecutivas em solo alemão, a que se junta o facto de o Bayern não ter conseguido vencer outras duas equipas da Premier League em Munique esta época.

• Para os adeptos do United, enfrentar o Bayern trará sempre à memória as recordações daquela noite inesquecível em Maio de 1999, quando a equipa de Alex Ferguson roubou o título europeu aos bávaros nos instantes finais do jogo decisivo. No entanto, este é um Bayern que tem um treinador, Joseph Guardiola, que levou a melhor sobre o United em duas finais da UEFA Champions League quando estava ao serviço do FC Barcelona.

• Os actuais campeões europeus viram a sua série de sete vitórias seguidas fora de portas na Europa chegar ao fim com o empate 1-1 em Old Trafford. Foi a primeira vez que a turma bávara não venceu a primeira mão de uma eliminatória europeia desde que o desaire por 1-0 no terreno do FC Basel 1893 nos oitavos-de-final, em 2011/12. Nessa ocasião os homens de Munique triunfaram, depois, no jogo da segunda mão, em sua casa, por 7-0.

Encontros anteriores
• O Bayern saiu vitorioso na última vez que as duas equipas se encontraram nesta fase da competição, em 2009/2010. Na primeira mão, os homens comandados por Louis Van Gaal venceram por 2-1, com golos de Franck Ribéry (77') e Ivica Olić (90'+2'), depois de Wayne Rooney ter dado vantagem aos ingleses logo no primeiro minuto do encontro.

• As equipas do jogo em Munique, a 30 de Março de 2010, foram:
Bayern: Butt, Lahm, Van Buyten, Demichelis, Badstuber, Van Bommel, Pranjić (Tymoshchuk 89), Altıntop (Klose 86), Müller (Gomez 73), Ribéry, Olić.
Man United: Van der Sar, G Neville, Ferdinand, Vidić, Evra, Nani (Giggs 82), Fletcher, Carrick (Valencia 70), Scholes, Park (Berbatov 70), Rooney.

• Na segunda mão, o United chegou a estar a vencer por 3-0 - com golos de Darron Gibson (4') e Nani (7', 41') -, mas Olić (43') e Arjen Robben (74') marcaram para o Bayern, que venceu a eliminatória devido aos golos marcados fora. A equipa inglesa jogou os últimos 40 minutos em inferioridade numérica após Rafael ter visto um cartão vermelho.

• O Bayern também se superiorizou ao United nos quartos-de-final em 2000/2001 ganhando por 1-0 em Old Trafford a 3 de Abril de 2001, graças a um golo apontado por Paulo Sérgio aos 86 minutos. A eliminatória terminou com uma vantagem de 3-1 favorável aos alemães, que na segunda mão voltaram a vencer por 2-1. Giovane Elber (5') e Mehmet Scholl (39') marcaram para o Bayern e Ryan Giggs (49') fez o golo do United.

• Essa foi uma espécie de desforra para o Bayern, que em 1999 tinha perdido a final para os ingleses. Mario Basler deu vantagem aos alemães logo aos seis minutos, mas provavelmente nos descontos mais famosos do futebol europeu o United garantiu a conquista do troféu. Os golos de Teddy Sheringham e Ole Gunnar Solskjær operaram a reviravolta no jogo decisivo.

• Essa final constituiu uma das oito ocasiões em que Ryan Giggs já defrontou o Bayern, enquanto Phil Neville, agora treinador-adjunto da turma de Machester, foi suplente não utilizado nessa partida

• O Bayern não perde há quatro jogos caseiros com o United, somando duas vitórias e dois empates. Os dois empates surgiram na fase de grupos em 1998/99 (2-2)  e na segunda fase de grupos em 2001/02 (1-1).

Retrospectiva
• O Bayern de Munique, que já venceu a competição por cinco vezes, procura uma terceira presença consecutiva nas meias-finais da UEFA Champions League, enquanto o United, campeão europeu em três ocasiões, esteve pela última vez nas meias-finais em 2011. Nos quartos-de-final da mais importante prova de clubes a nível europeu, o United tem um registo de 12 vitórias e cinco derrotas, enquanto o Bayern soma 15 triunfos e nove desaires.

• Apesar de todas as estatísticas impressionantes que rodeiam o Bayern, não conseguiu ganhar nenhum dos quatro jogos anteriores frente a equipas inglesas em Munique. Esta época, com o apuramento na fase de grupos já assegurado, perdeu por 3-2 com o Manchester City FC, em Dezembro – um resultado que terminou uma série de dez vitórias consecutivas na UEFA Champions League. Depois, o Bayern empatou a um com o Arsenal FC, nos oitavos-de-final.

• Na temporada passada, o Bayern também não tinha conseguido ganhar ao Arsenal em casa, igualmente nos oitavos-de-final, perdendo por 2-0, mas seguindo em frente graças aos golos fora. Entretanto, em Maio de 2012, perdeu a final da UEFA Champions League frente ao Chelsea FC, nos penalties, após empatar a um num jogo realizado no seu recinto, mas classificado como terreno neutro.

• O último triunfo caseiro do Bayern frente a equipas da Premier League foi contra o Manchester City, em Setembro de 2011, por 2-0. O seu registo caseiro global perante equipas inglesas é de dez vitórias, seis empates e três derrotas.

• A goleada do United frente ao Bayer 04 Leverkusen, por 5-0, na quinta jornada, constituiu não só o seu triunfo mais folgado fora de portas nas competições europeias desde 1965, mas também o segundo consecutivo em solo alemão. O emblema de Old Trafford tinha ganho por 2-0 frente ao FC Schalke 04, nas meias-finais da edição 2010/11, com golos de Giggs e Rooney. Ao todo, o seu registo fora frente a equipas da Bundesliga é de cinco vitórias, quatro empates e quatro derrotas.

• O Bayern começou a temporada europeia com uma vitória sobre o Chelsea na SuperTaça Europeia. Os alemães venceram por 5-4 no desempate por penalties depois do 2-2 registado no final do jogo. Ribéry e Javi Martínez marcaram os tentos do Bayern.

• O Bayern esteve menos bem nas finais europeias frente a clubes ingleses. Apesar de ter derrotado o Leeds United AFC por 2-0 na final de 1975, sofreu depois disso derrotas com o Aston Villa FC (0-1, 1982) United (1-2, 1999) e Chelsea (1-1, 3-4 penaltis, 2012).

• O United venceu cinco e perdeu seis das 11 eliminatórias europeias em que empatou em casa na partida da primeira mão. Quando o resultado desse primeiro jogo foi de 1-1, a turma de Manchester apurou-se por três vezes e foi eliminada em duas ocasiões. Na última vez em que empatou uma primeira mão em casa por 1-1, nas meias-finais da UEFA Champions League de 1998/99, frente à Juventus, venceu depois por 3-2 em Turim e acabaria por conquistar a prova com um triunfo sobre o Bayern, na final.

• O Bayern só não seguiu em frente em duas das 18 eliminatórias europeias em que empatou fora de casa a partida da primeira mão. Esses dois desaires ocorreram frente ao Liverpool FC, nas meias-finais da Taça dos Campeões Europeus de 1980/81 (0-0 fora, 1-1 em casa) e frente ao AC Milan, nos quartos-de-final da UEFA Champions League 2006/07 (2-2 fora, 0-2 em casa). A turma bávara apurou-se sempre nas 11 vezes em que, até esta época, havia empatado 1-1 fora de casa em jogos da primeira mão de eliminatórias da UEFA.

• O registo do Bayern em desempates por penalties nas competições de clubes da UEFA é:
5-4 - Chelsea FC, SuperTaça Europeia de 2013
3-4 - Chelsea FC, final da UEFA Champions League 2011/12
3-1 - Real Madrid CF, meias-finais da UEFA Champions League 2011/12
5-4 - Valencia CF, final da UEFA Champions League 2000/01
9-8 - PAOK FC, segunda eliminatória da Taça UEFA 1983/84
4-3 - Åtvidabergs FF, primeira eliminatória da Taça dos Campeões Europeus 1973/74

• O registo do United em desempates por penalties é:
6-5 - Chelsea FC, final da UEFA Champions League 2007/08
3-4 - FC Torpedo Moskva, primeira eliminatória da Taça UEFA 1992/93
4-5 - Videoton FC, quartos-de-final da Taça UEFA 1984/85

Ligações entre as equipas
• Guardiola guiou o Barcelona à conquista da UEFA Champions League frente ao Manchester United em 2009 (2-0 em Roma) e 2011 (3-1 em Wembley). Também ergueu o troféu enquanto jogador em Wembley, quando o Barcelona venceu a UC Sampdoria em 1992.

• Enquanto jogador e treinador do Barcelona, Guardiola não perdeu em nove encontros caseiros com clubes ingleses.

• Antes desta época Moyes só por uma vez encontrou uma equipa da Bundesliga na carreira de treinador. Foi na época 2007/2008 na fase de grupos da Taça UEFA quando ao serviço do Everton FC venceu na Alemanha o 1. FC Nürnberg por 2-0.

• Thomas Müller marcou por duas vezes na vitória da Alemanha por 4-1 frente à Inglaterra de Wayne Rooney nos oitavos-de-final do Campeonato do Mundo de 2010. Manuel Neuer, Philipp Lahm, Jérôme Boateng e Bastian Schweinsteiger também estiveram presentes nesse encontro.

• Boateng, Toni Kroos e Mario Götze jogaram no triunfo da Alemanha por 1-0 sobre a Inglaterra em Wembley no passado mês de Novembro. Rooney, Chris Smalling e Tom Cleverley estiveram na equipa derrotada.

• Shinji Kagawa marcou aos três minutos o golo inaugural na derrota do Dortmund por 5-2 com o Bayern na final da Taça da Alemanha de 2012.

• Martínez estava na equipa do Athletic Club que venceu em Old Trafford por 3-2 no caminho para um resultado total na eliminatória de 5-3 sobre o Manchester United, nos oitavos-de-final da UEFA Europa League em 2011/2012.

• Xherdan Shaqiri jogou pela equipa do FC Basel 1893 que ajudou a eliminar o United da UEFA Champions League na época 2011/2012, após uma vitória em casa por 2-1 na fase de grupos em Dezembro de 2011.

• Enquanto jogador do Chelsea, Robben venceu três encontros e empatou um no historial com o United, incluindo uma vitória por 1-0 na final da Taça de Inglaterra em 2007, a última época em que esteve no clube de Londres.

• Como jogador do  Manchester City em 2010/11, Boateng esteve presente no empate sem golos em casa frente ao Manchester United.

• No decorrer de um período de empréstimo ao City, Daniel Van Buyten jogou em dois derbies contra o United em 2003/2004, perdendo 4-2 em Old Trafford num encontro da Taça de Inglaterra, antes de ajudar o City a conseguir uma vitória por 4-1 em casa para a Liga inglesa.

• Van Buyten, juntamente com Marouane Fellaini, jogou no triunfo da Bélgica por 2-1 sobre a Croácia de Mario Mandžukić em Outubro de 2013, quando os belgas garantiram a qualificação para o Campeonato do Mundo de 2014.

• David de Gea jogou com Thiago Alcántara na selecção Sub-21 espanhola que conquistou os títulos da categoria em 2011 e 2013. Martínes foi colega de De Gea em 2011.

Topo