O "site" oficial do futebol europeu

Klopp revigorado por duelo com Real Madrid

Publicado: Sexta-feira, 21 de Março de 2014, 16.03CET
Jürgen Klopp disse que o Dortmund não se vai "render" quando enfrentar o Real Madrid, numa reedição da meia-final da época passada, enquanto Carlos Ancelotti está "cheio de esperança".
Klopp revigorado por duelo com Real Madrid
Jürgen Klopp guiou o Dortmund a um triunfo por 4-3, na meia-final, contra o Real Madrid, na última época ©AFP/Getty Images
 
 
Publicado: Sexta-feira, 21 de Março de 2014, 16.03CET

Klopp revigorado por duelo com Real Madrid

Jürgen Klopp disse que o Dortmund não se vai "render" quando enfrentar o Real Madrid, numa reedição da meia-final da época passada, enquanto Carlos Ancelotti está "cheio de esperança".

O treinador do Borussia Dortmund, Jürgen Klopp, está ansioso por reeditar a eliminatória com o Real Madrid CF, a equipa que eliminou na meia-final da época passada para chegar ao jogo decisivo de 2012/13. Klopp sabe que o líder da Liga espanhola vai querer a desforra, mas espera que o facto de jogar em casa a segunda mão possa dar pequena vantagem ao BVB, numa visão partilhada pelo capitão Sebastian Kehl. Ancelotti não estava no Real Madrid quando se disputou a meia-final no ano passado, mas considera que a sua equipa terá de ser “corajosa e ter personalidade” se quiser eliminar o adversário da Bundesliga.

Carlo Ancelotti, treinador do Real Madrid
O Dortmund possui um conjunto muito bom; eles formam uma boa equipa e têm muita experiência nesta competição. Na última época chegaram à final. Penso que este ano, nos quartos-de-final, há duelos muito abertos. As melhores equipas chegaram até esta fase. Estamos cheios de esperança e de expectativas sobre esta competição e sabemos que vamos ter de jogar bem contra uma equipa muito competitiva.

Penso que, por já estarem fora da corrida na Bundesliga, na Champions League vão estar altamente motivados para jogar bem. Eles são uma equipa de qualidade mundial, organizada, acima de tudo, na defesa. São também fortes no contra-ataque. Para os derrotarmos teremos de ter coragem e personalidade.

Emilio Butragueño, director do Real Madrid
Defrontámos o Dortmund por quatro vezes na época passada e eles foram muito fortes. Sei que esta época não está tão bem na liga mas ainda assim reconhecemos que vai ser um adversário difícil de bater. No ano passado ficámos muito perto da final; este ano estamos a fazer as coisas bem, em particular desde o Natal, e vamos entrar para esta eliminatória em boa forma – mas nunca se sabe.

Podiam ter-nos calhado adversários mais fortes, mas nunca se sabe [o que pode acontecer]. Ninguém queria defrontar o Bayern [München]. Esta época, a segunda mão vai ser disputada na Alemanha diante do sólido apoio dos adeptos locais. Por essa razão, trataremos de conseguir um bom resultado em casa. O [Robert] Lewandowski é um jogador-chave para eles e o facto de estar suspenso no primeiro jogo pode ter um impacto negativo para eles.

Jürgen Klopp, treinador do Dortmund
Foi um bom sorteio. Se trabalhamos para estar entre as melhores equipas da Europa anos sucessivos temos de esperar defrontar a mesma equipa repetidas vezes, como é o caso. Espero dois jogos com muito bom ambiente. Estamos ansiosos pelo desafio e vamos tentar usar a pequena oportunidade que temos. Pode ser uma vantagem para nós jogar a primeira mão em Madrid mas vamos ter de esperar para ver. Definitivamente não nos vamos render prematuramente.

Sebastian Kehl, capitão do Dortmund
O Real é uma equipa de topo, foi um sorteio de topo para nós. Eles têm a desforra em mente após os termos eliminados na última temporada. Eles estão ligeiramente mais fortes este ano e vão querer entrar em ambos os jogos com um elevado nível de concentração. Penso que é uma pequena vantagem jogar a primeira mão fora. Não há sorteios fáceis nos quartos-de-final da Champions League.

Hans-Joachim Watzke, director-executivo do Dortmund
Gostaria que, para variar, nos tivesse calhado outro adversário – defrontámos o Madrid no ano passado! Contudo, estamos ansiosos por os defrontar.

Michael Zorc, director-desportivo do Dortmund
O Real Madrid melhorou a qualidade da sua equipa desde a época passada. Mas talvez os seus jogadores ainda se recordem dos jogos contra nós no ano passado. 

Última actualização: 21-03-14 23.06CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis dos treinadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2076645.html#klopp+revigorado+duelo+real+madrid