Alegria do Bayern contida pela experiência

Toni Kroos recorda que o Bayern ainda não esqueceu o que passou na época passada frente ao Arsenal e que sabe que a vantagem de dois golos não garante o apuramento.

Toni Kroos em destaque depois de dar vantagem ao Bayern
Toni Kroos em destaque depois de dar vantagem ao Bayern ©Getty Images

Toni Kroos considera que o embate entre o FC Bayern München e o Arsenal FC, nos oitavos-de-final da UEFA Champions League, está longe de decidido, apesar de os campeões europeus terem saído do Norte de Londres com uma confortável vantagem de 2-0. A expulsão de Wojciech Szczęsny, ainda na primeira parte, permitiu ao Bayern materializar a sua superioridade no segundo tempo, com Kroos a inaugurar o marcador através de um forte remate aos 54 minutos. No entanto, o facto de o Bayern ter sido batido pelo Arsenal na segunda mão desta mesma ronda na época passada, para seguir em frente graças aos golos marcados, leva o médio de 24 anos a não entrar em euforia.

Toni Kroos, médio do Bayern
Quero sempre marcar ou, pelo menos, tento, mas o importante é que conseguimos um bom resultado em equipa. Ganhámos e estamos muito satisfeitos. O Philipp Lahm é muito importante, é o nosso capitão e pode jogar em várias posições, como hoje voltou a mostrar. Alinhou a defesa-esquerdo na primeira parte e a médio-defensivo após o intervalo, e é sempre decisivo, independentemente do local onde actua.

Obviamente que se nota quando temos mais um jogador em campo, mas também considero que, excluindo os primeiros cinco minutos, quando ainda não estávamos no jogo, fomos sempre superiores, mesmos quando o Arsenal ainda tinha 11 jogadores. Depois acentuámos o nosso domínio quando ficámos em superioridade numérica.

Ganhámos aqui por 3-1 na época passada e a segunda mão foi bem mais equilibrada, estamos avisados. Por isso é que existem duas mãos, nada fica decidido à primeira.

Mario Götze, médio do Bayern
Ganhar fora por 2-0 é sempre uma vantagem e acho que podemos estar muito satisfeitos, mas temos de nos manter concentrados. Temos de encarar um jogo de cada vez. Na segunda mão temos de estar muito concentrados para passar à ronda seguinte. Podemos estar satisfeitos por ter vencido por 2-0, o Arsenal jogou muito bem e considero fundamental continuarmos concentrados.

Dante, defesa do Bayern
Não começámos bem, mas a UEFA Champions League é sempre complicada. Mostrámos grande personalidade e conseguimos ganhar, por isso estamos satisfeitos. O Arsenal esteve muito forte. Temos de reconhecer que entraram muito melhor no jogo, mas o mais importante é que conseguimos reagir e discutir o encontro, jogando com personalidade. Vamos ter jogos difíceis no futuro, mas o importante é manter sempre a cabeça levantada e jogar com personalidade.

Topo