O "site" oficial do futebol europeu

Herói Roberto aponta aos oitavos-de-final

Publicado: Quarta-feira, 6 de Novembro de 2013, 8.58CET
Elogiado pela exibição decisiva no triunfo do Olympiacos sobre o Benfica, o guardião Roberto mostrou-se modesto e salientou que esta boa actuação não valerá de nada se a equipa não se apurar.
por Vassiliki Papantonopoulou
de Estádio Georgios Karaiskakis
Herói Roberto aponta aos oitavos-de-final
O guarda-redes do Olympiacos, Roberto, faz mais uma defesa ©AFP/Getty Images
 
 
Publicado: Quarta-feira, 6 de Novembro de 2013, 8.58CET

Herói Roberto aponta aos oitavos-de-final

Elogiado pela exibição decisiva no triunfo do Olympiacos sobre o Benfica, o guardião Roberto mostrou-se modesto e salientou que esta boa actuação não valerá de nada se a equipa não se apurar.

Para a História vai ficar a 30ª vitória do Olympiacos FC na UEFA Champions League, graças a um golo de Kostas Manolas ainda na primeira parte, mas o autor do tento foi peremptório sobre quem merecia todos os créditos pelo triunfo: o guarda-redes Roberto.

"Foi ele que ganhou o jogo para a nossa equipa", salientou Manolas sobre Roberto, que brilhou a grande altura frente à sua antiga equipa, o SL Benfica, com uma série de estrondosas defesas. O homem do momento, que tinha já defendido uma grande penalidade no triunfo em casa do RCD Anderlecht, na segunda jornada, mostrou-se ainda assim modesto, referindo que esta foi "uma recompensa do trabalho, do sacrifício e do profissionalismo".

Kostas Manolas, defesa do Olympiacos
Não é importante ter sido eu a marcar o golo. O importante é a nossa vitória. Trabalho para a equipa. Para ser honesto, nem sinto que tenha sido o meu golo a ditar o nosso triunfo, mas sim o nosso guarda-redes. Ele é que tem de ser felicitado, porque no jogo de há duas semanas, em Lisboa, a imprensa portuguesa escreveu que tinha sido o Roberto a salvar o Benfica. Esta noite ele salvou o Olympiacos e colocou o Benfica numa posição muito complicada.

Estávamos à espera que eles nos pressionassem, mas não nos apresentámos no nosso melhor, como devíamos. Ainda assim, o que importa são os três pontos, que nos colocam mais perto do apuramento. Somos uma grande equipa e, como tal, também temos a capacidade de vencer quando não jogamos bem. Nada está decidido, contudo, no que diz respeito à qualificação. Temos dois jogos para disputar, ainda, e só depois veremos em que situação nos encontramos.

Roberto, guarda-redes do Olympiacos
Sinto-me muito bem. Foi um encontro complicado para nós. Sabíamos, à partida, que em jogo estava a nossa passagem à próxima fase. A vitória deixa-nos numa posição privilegiada. Estou muito satisfeito com a prestação da equipa. Agradeço a Manolas as suas palavras sobre a minha exibição. Procuro sempre fazer o meu trabalho e fazê-lo bem. Esta noite não foi uma resposta a nada, mas sim a recompensa do trabalho, do sacrifício e do profissionalismo que tento demonstrar diariamente. Agora, cabe-me procurar manter este nível exibicional.

Sofremos bastante e passámos grande parte do encontro no nosso meio-campo. Acredito que somos capazes de ter a bola mais tempo em nosso poder, mas foi aí que falhámos esta noite: segurar a bola e trocá-la com eficácia como fizemos nos anteriores jogos. Porém, por vezes é o desenrolar das partidas que dita o estilo de jogo. Tendo a posse de bola podemos atacar mais, criar mais oportunidades de golo e, assim, passar por menos sofrimentos na defesa.

Estamos no bom caminho para o apuramento. Encontramo-nos no segundo lugar, com mais três pontos do que o Benfica. Contudo, o bom trabalho realizado hoje e a boa exibição realizada há duas semanas não valerão de nada se não finalizarmos a nossa missão nos dois próximos jogos.

Última actualização: 06-11-13 9.55CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas
Jogo relacionado

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=2019778.html#heroi+roberto+aponta+oitavos+final