Olympiacos procura repetir goleada imposta ao Benfica

O empate 1-1 em Lisboa manteve Olympiacos e Benfica a par no Grupo C e o clube grego procura agora repetir a vitória de 5-1 do último confronto quando receber as "águias" no Pireu.

O atacante do Olympiacos, Javier Saviola, ganhou quatro troféus em três épocas no Benfica
O atacante do Olympiacos, Javier Saviola, ganhou quatro troféus em três épocas no Benfica ©Getty Images

O Olympiacos FC aspira à repetição da última vitória em casa diante do SL Benfica, quando as duas equipas voltarem a enfrentar-se no Pireu, após o empate 1-1 verificado em Lisboa na terceira jornada.

• Esse resultado manteve as duas equipas com quatro pontos no Grupo C. O campeão grego perdeu em casa, por 4-1, contra o Paris Saint-Germain FC na primeira jornada, vencendo depois fora por 3-0 o RSC Anderlecht, com Kostas Mitroglou a fazer um "hat-trick". Por seu lado, o Benfica começou também com um triunfo caseiro por 2-0 sobre o Anderlecht, antes de perder fora ante o PSG, por 3-0.

Encontros anteriores
• As duas equipas encontraram-se na Grécia por ocasião da fase de grupos da edição de 2008/09 da Taça UEFA, onde o Olympiacos venceu por 5-1. Os gregos chegaram cedo a uma vantagem por 3-0, graças aos golos de Luciano Galletti (1), Christos Patsatzoglou (17) e Diogo (24), com o marcador a registar 4-1 ao intervalo, depois de David Luiz (33) ter reduzido e Fernando Belluschi (44) recolocado a diferença em três golos. Diogo (53) fez o resultado final.

• Maxi Pereira e Rúben Amorim jogaram pelo Benfica e Óscar Cardozo esteve no banco, enquanto Avraam Papadopoulos alinhou pelo conjunto da casa.

• As equipas que entraram no Estádio Georgios Karaiskakis, a 27 de Novembro de 2008, foram:
Olympiacos: Nikopolidis, Patsatzoglou, Domi, Galletti (Leto 59), Santo (Kovačević 69), P Djordjević, Antzas, Dudu, Papadopoulos, Belluschi (Óscar González 76), Pantos.
Benfica: Quim, Maxi Pereira, Sidnei, David Luiz, Jorge Ribeiro, Rúben Amorim (Javier Balboa 59), Binya, Yebda (Carlos Martins 76), Reyes, Suazo, Nuno Gomes (Urreta 56).

• Foi a primeira vez que os dois clubes se encontraram em 25 anos. Na primeira eliminatória da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1973/74, o Benfica venceu as duas mãos por 1-0. Na segunda ronda da mesma prova, na época 1983/84, os portugueses voltaram a seguir em frente, com um total de 3-1. O Olympiacos ganhou por 1-0 na Grécia mas perdeu o encontro em Lisboa, por 3-0.

• O Olympiacos disputou 12 partidas ante adversários lusos. O seu registo é de cinco vitórias, dois empates e cinco derrotas.

• O Benfica disputou também 12 partidas contra adversários gregos, vencendo seis, empatando uma e perdendo cinco.

Retrospectiva
• O Olympiacos, presente na fase de grupos pela 15ª vez, terceira consecutiva, atingiu os quartos-de-final em 1998/99.

• Na última época, terminaram em terceiro no Grupo B. Perderam em casa por 2-1 contra o FC Schalke 04, vencendo os dois jogos seguintes, contra o Montpellier Hérault SC (3-1) e o Arsenal FC (2-1).

• O Olympiacos venceu sete dos dez últimos jogos em casa para a fase de grupos.

• Na sua nona participação, o Benfica, bicampeão europeu, tenta melhorar a campanha da última temporada, onde foram terceiros no seu grupo. Começaram como um 0-0 na visita ao Celtic FC, perdendo depois por 2-1 em Moscovo, frente ao FC Spartak Moskva, e terminaram com um novo empate sem golos na visita a Barcelona.

• Posteriormente, a equipa portuguesa seguiu para a UEFA Europa League, começando por derrotar fora o Bayer 04 Leverkusen, seguindo-se um triunfo em França por 3-2 diante do FC Girondins de Bordeaux. Nos quartos-de-final, empataram 1-1 na visita ao Newcastle United FC para um resultado da eliminatória de 4-2, corrigindo a derrota por 1-0 no estádio do Fenerbahçe SK com um triunfo caseiro por 3-1 na segunda mão das meias-finais. No jogo da decisão perderam por 2-1 ante o Cheçsea FC, em Amesterdão.

Ligações entre as equipas
• Javier Saviola passou três temporadas no Benfica, entre 2009 e 2012, vencendo o campeonato português em 2009/10 e a Taça da Liga em três ocasiões. Em 122 jogos, marcou 39 golos.

• Saviola e o compatriota argentino Ezequiel Garay foram colegas no Benfica em 2011/12, tendo também jogado juntos no Real Madrid CF, em 2008/09.

• Roberto jogou pelo Benfica em 2010/11, tendo atingido a meia-final da UEFA Europa League. Foi 41 vezes titular.

• Ljubomir Fejsa passou duas temporadas no Olympiacos, antes de rumar ao Benfica, este Verão. Jogou 33 partidas e marcou um golo.

• Paulo Machado foi formado nas escolas do FC Porto e enfrentou o Benfica por seis vezes ao serviço do CF Estrela da Amadora, UD Leiria e Leixões SC. Marcou o golo do Estrela da Amadora na derrota caseira por 2-1 ante o Benfica, a 4 de Março de 2006.

• Paulo Machado é colega de Rúben Amorim, Sílvio, André Almeida e André Gomes na selecção principal de Portugal.

• Leandro Salino defrontou o Benfica por 12 vezes, ao serviço de CD Nacional e SC Braga. Na meia-final de 2010/11 da UEFA Europa League, ajudou o Braga a eliminar o Benfica e a chegar à final.

• Nos três anos que esteve no Braga, Salino foi colega de Sílvio, Artur, Lima e Rúben Amorim.

• O Estádio do Sport Lisboa e Benfica tem um significado especial para o futebol grego, pois foi ali que a Grécia venceu o UEFA EURO 2004, ao derrotar Portugal na final, por 1-0.

Topo