O "site" oficial do futebol europeu

Galatasaray vence com primeira parte arrasadora

Publicado: Quarta-feira, 23 de Outubro de 2013, 23.00CET
Galatasaray AŞ 3-1 FC København
A equipa de Roberto Mancini subiu ao segundo lugar do Grupo B, graças a golos de Felipe Melo, Wesley Sneijder e Didier Drogba.
por Türker Tozar
de Ali Sami Yen Spor Kompleksi
Galatasaray vence com primeira parte arrasadora
Emmanuel Eboué (mais à esquerda) ajuda Didier Drogba a festejar o terceiro golo dos anfitriões em Istambul ©AFP/Getty Images
 
 
Publicado: Quarta-feira, 23 de Outubro de 2013, 23.00CET

Galatasaray vence com primeira parte arrasadora

Galatasaray AŞ 3-1 FC København
A equipa de Roberto Mancini subiu ao segundo lugar do Grupo B, graças a golos de Felipe Melo, Wesley Sneijder e Didier Drogba.

O Galatasaray AŞ somou a sua primeira vitória nesta edição da UEFA Champions League, após derrotar de forma confortável o FC København por 3-1, no Ali Sami Yen Spor Kompleksi.

Conteúdos relacionados

Os estragos foram feitos graças a um primeira parte demolidora por parte da equipa de Roberto Mancini, coroada com golos de Felipe Melo, Wesley Sneijder e Didier Drogba. O tento de Claudemir, aos 88 minutos, foi mera consolação para o campeão dinamarquês. Com o Real Madrid CF a vencer o Juventus no outro jogo do grupo, o campeão turco ascendeu ao segundo lugar do Grupo B.

No primeiro jogo caseiro de Mancini na UEFA Champions League à frente do clube, o Galatasaray obteve a abordagem ofensiva – e os golos necessários – para manter as esperanças de apuramento intactas. Após a derrota por 6-1 com o Real, na jornada inaugural, e do posterior empate a dois com a Juventus, em Turim, os três pontos nesta partida eram um requisito fundamental.

Adequado às escolhas de Mancini, onde se incluía o jovem Bruma, o Galatasaray começou o jogo a pressionar bastante a equipa de Ståle Solbakken logo na sua defesa, impedindo-a de sair para o ataque. A recompensa surgiu logo aos dez minutos, quando Felipe Melo, após escapar ao seu marcador directo, concluiu de cabeça o cruzamento de Dany Nounkeu na direita, não dando hipóteses a Johan Wiland.

Apesar de estar em desvantagem, o Copenhaga não comprometeu a sua atitude disciplinada e criou perigo na área adversária a partir de cantos. Ainda assim, quando estava em busca do empate, o Galatasaray dilatou a vantagem, aos 38 minutos. Sneijder deu o toque final, depois de receber um passe de Emmanuel Eboué, que transportou a bola desde a linha do meio-campo. Depois, o costa-marfinense Eboué, elemento influente ao longo da primeira parte, com as suas arrancadas rumo ao ataque, assistiu o seu compatriota Drogba para o terceiro golo do Galatasaray, à beira do intervalo.

Solbakken iniciou a etapa complementar com uma dupla substituição, fazendo entrar Fanendo Adi e Christián Bolaños para os lugares de Igor Vetokele e Rúrik Gíslason. As alterações ajudaram o Copenhaga a ter mais posse de bola, apesar de pouco ter mudado no que à criação de oportunidades de golo diz respeito. Da sua parte, o Galatasaray abrandou o ritmo do jogo, tendo em atenção a sua vantagem confortável.

Ainda assim, o emblema de Istambul podia ter marcado mais golos, mas faltou eficácia a Burak Yılmaz na finalização. Desperdiçou duas ocasiões flagrantes nos primeiros 20 minutos do segundo período, o que significa que o jejum do avançado aumentou agora para sete jogos. O Copenhaga acabou por reduzir, a dois minutos do fim, por intermédio do médio brasileiro Claudemir, no seguimento de uma combinação com Nicolai Jørgensen e Youssef Toutouh.

Última actualização: 25-10-13 0.08CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2014/matches/round=2000479/match=2011794/postmatch/report/index.html#galatasaray+vence+primeira+parte+arrasadora