Blanc elogia PSG "perfeito" frente ao Benfica

O PSG vai "certamente ganhar o grupo", de acordo com Jorge Jesus, após a equipa de Laurent Blanc ter "controlado por completo o encontro" no embate ante o Benfica.

Zlatan Ibrahimović revelou-se uma enorme dor de cabeça para a defesa do Benfica
Zlatan Ibrahimović revelou-se uma enorme dor de cabeça para a defesa do Benfica ©Getty Images

Laurent Blanc, treinador do Paris Saint-Germain FC
O resultado é perfeito. Quando se analisa um jogo encontra-se sempre algo onde se pode melhorar, mas gostei muito da nossa actuação porque controlámos por completo o encontro e essa é a chave do nosso estilo de jogo. Esta noite estivemos bem do primeiro ao último minuto.

Os grandes jogadores foram feitos para brilhar na Champions League. Zlatan Ibrahimović é um grande jogador, que ainda não conseguiu conquistar esta prova. Penso que não só ele como todos os seus colegas estão determinados a vencê-la. Esta noite ele realizou um grande, grande jogo. Gostei particularmente da forma como se movimentou em campo. Fugiu constantemente ao seu marcador directo, umas vezes para a esquerda, outras para a direita.

Duas vitórias em dois jogos nesta competição é algo de muito positivo. Vamos saborear um pouco estes sucessos e, depois, começar a pensar noutro grande jogo que teremos pela frente já no domingo, em Marselha. O nosso meio-campo tem estado bem, mas não é feito de pedra. Outras equipas vão procurar contrariar-nos nesse sector e nós teremos de saber responder, em particular colocando Edinson [Cavani] em melhor posição.

Jorge Jesus, treinador do SL Benfica
Defrontámos a melhor equipa deste grupo, uma equipa muito forte que, estou certo, vai chegar bem longe nesta Champions League. Eles têm grandes jogadores e nós não os conseguimos travar na primeira parte. Ficámos um pouco surpreendidos com as movimentações de Ibrahimovic e isso tornou as coisas ainda mais difíceis para nós. O PSG provou que é a equipa mais forte deste grupo e mereceu este triunfo.

Ao intervalo, a perder por 3-0 com 45 minutos para jogar, havia o perigo de sofrermos ainda mais golos. Fizemos alguns ajustes no nosso sistema táctico, o Ibrahimovic já não correu tanto como tinha corrido na primeira parte e, graças a tudo isso, melhorámos um pouco. Ainda assim, esta é uma derrota pesada para nós, mesmo sabendo à partida que o PSG era o grande favorito para este jogo. Agora temos de tentar chegar ao segundo lugar, o qual julgo que será discutido entre nós e o Olympiacos, porque o PSG vai, certamente, vencer este grupo.

No ano passado também não começámos bem, mas não podemos fazer comparações com a temporada passada, porque este é um adversário diferente. Nesta Champions League, até agora, perdemos um jogo e ganhámos outro. O nosso objectivo é estar na fase seguinte e continua tudo em aberto. Temos de tirar algumas ilações deste jogo, mas não nos podemos esquecer que estávamos a defrontar uma equipa muito forte.

Topo