Os estreantes mais jovens na UEFA Champions League

Rayan Cherki tornou-se no segundo jogador mais jovem a actuar na UEFA Champions League, atrás apenas de Céléstine Babayaro.

Céléstine Babayaro fez história pelo Anderlecht
Céléstine Babayaro fez história pelo Anderlecht ©Getty Images

Uma das grandes alegrias de assistir à UEFA Champions League é ver novas caras anunciando o seu talento ao mundo. Celebramos os jogadores mais jovens a participarem na maior competição de clubes da Europa.

Céléstine Babayaro (16 anos e 87 dias)
Steaua 1-1 Anderlecht
, 23 de Novembro de 1994

O lateral-esquerdo nigeriano tornou-se no jogador mais jovem a actuar na UEFA Champions League ao ser titular no empate 1-1 do Anderlecht frente ao Steaua na fase de grupos de 1994/95. Contudo, fixou outro recorde, bem menos agradável, ao ser o mais jovem jogador a ser expulso 37 minutos mais tarde. Ingressou no Chelsea em 1997 e ganhou a Taça dos Vencedores das Taças e a Taça de Inglaterra pelo clube de Stamford Bridge. 

Rayan Cherki (16 anos e 102 dias)
Zenit 2-0 Lyon, 27 de Novembro de 2019

Entrado no Lyon aos 74 minutos do jogo em São Petersburgo, após ter sido suplente não utilizado três semanas antes - quando poderia ter batido o recorde de Babayaro -, Cherki estreou-se na Ligue 1 no mês anterior. O avançado demonstrou toda a sua habilidade com quatro golos em três jornadas da UEFA Youth League antes da chamada à formação principal, tendo marcado nessa competição com 15 anos, em Setembro.

Alen Halilović (16 anos e 128 dias)
Dínamo Zagreb 0-2 Paris, 24 de Outubro de 2012

O Dínamo Zagreb caminhava para uma derrota em casa por 2-0 frente ao Paris quando o pequeno Halilović entrou em campo para disputar os cinco minutos de descontos. Apontado como o mais promissor talento croata desde Luka Modrić, o filho do antigo jogador do Dínamo, Sead Halilović, tinha-se já tornado, 15 dias antes, no jogador mais jovem a alinhar na Liga croata. Agora com 22 anos, mudou-se para o Milan em 2018. Está actualmente emprestado ao Heerenveen.

Youri Tielemans (16 anos e 148 dias)
Anderlecht 0-3 Olympiacos, 2 de Outubro de 2013

Tielemans surgiu no radar do Anderlecht quando tinha apenas cinco anos de idade e progrediu rapidamente pelos escalões jovens como médio-defensivo antes de jogar os 90 minutos da derrota de 3-0 da equipa belga na sua estreia na UEFA Champions League. Foi capitão de equipa antes do seu 20º aniversário e mudou-se para o Mónaco em 2017, tendo ajudado a Bélgica a chegar às meias-finais do Campeonato do Mundo da FIFA no Verão de 2018. Rumou ao Leicester City em 2019.

Charis Mavrias (16 anos e 242 dias)
Panathinaikos 0-0 Rubin, 20 de Outubro de 2010

O Panathinaikos apostou em Mavrias a 12 minutos do final do encontro o Rubin Kazan na fase de grupos em 2010. O médio não teve uma estreia de sonho, mas tornou-se mais tarde no mais jovem marcador do clube na Europa e no derby com o Olympiacos. Mavrias trocou o Rijeka pelos escoceses e depois rumou ao Omonia, do Chipre.

Mais jovem a marcar: Ansu Fati (17 anos e 40 dias) 
Inter 1-2 Barcelona, 10 de Dexembro de 2019
Peter Ofori-Quayehas deteve o recorde durante 22 anos até ser batido Fati o bater por 155 dias graças ao golo da vitória sobre o Inter perto do fim.

Topo