Lahm recorda triunfo em Wembley com alívio

"A pressão era enorme, nunca tinha sentido algo assim", disse Philipp Lahm ao UEFA.com ao recordar a vitória do Bayern na final sobre o Dortmund, em Maio.

Tendo em atenção que o FC Bayern München tinha perdido as duas finais nas três épocas anteriores, não é de estranhar que o capitão Philipp Lahm tenha sentido enorme alívio quando a sua equipa prevaleceu no jogo decisivo de 2013 da UEFA Champions League.

Em confronto com o Borussia Dortmund, rival na Bundesliga, o Bayern parecia ter tudo a perder em Wembley, no mês de Maio. Jogadores como Lahm, Arjen Robben, Thomas Müller, Bastian Schweinsteiger e Mario Gomez já tinham sentido o sabor da derrota na final frente a FC Internazionale Milano, em 2010, e Chelsea FC, dois anos depois. No entanto, à terceira foi de vez e a sorte sorriu à formação de Jupp Heynckes, que selou a conquista "tripla" de troféus – Bundesliga, Taça da Alemanha e UEFA Champions League.

"A pressão era enorme, nunca tinha sentido algo assim", disse o lateral Lahm, de 29 anos, a propósito do triunfo do Bayern. "É uma sensação incrível, isso é certo, especialmente após termos perdido a final em casa nos penalties. No início da partida deu para ver que a equipa estava sob grande pressão, pois sabia que seria ainda mais duro perder outra final. A pressão que pendia sobre nós era imensa."

Clique no vídeo acima para ver a entrevista completa de Lahm ao UEFA.com.

Topo