O "site" oficial do futebol europeu

Nápoles motivado para ultrapassar Chelsea

Publicado: Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012, 8.45CET
O Nápoles já causou dissabores a uma equipa da Premier League na presente temporada, o Manchester City, e procura fazer o mesmo diante do Chelsea nos oitavos-de-final.

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...
 
 
Publicado: Segunda-feira, 2 de Janeiro de 2012, 8.45CET

Nápoles motivado para ultrapassar Chelsea

O Nápoles já causou dissabores a uma equipa da Premier League na presente temporada, o Manchester City, e procura fazer o mesmo diante do Chelsea nos oitavos-de-final.

O SSC Napoli terminou com as esperanças do Manchester City FC na fase de grupos da UEFA Champions League e procurará fazer o mesmo a outra equipa inglesa quando defrontar o Chelsea FC nos oitavos-de-final, sendo que receberá os londrinos na primeira mão.

• Naquele que será o primeiro jogo de sempre entre as duas equipas, o conjunto napolitano quererá prosseguir o seu fantástico registo caseiro para as competições europeias. Desde que regressou, em 2008, às provas da UEFA após uma ausência de 13 anos, o Nápoles leva 11 jogos sem perder perante o seu público. A última equipa estrangeira a sair vencedora de Nápoles foi, em Dezembro de 1994, o Eintracht Frankfurt.

Retrospectiva
• Trata-se somente do terceiro duelo em casa frente a adversários ingleses, sendo que todos se registaram no período de 17 meses. O primeiro embate saldou-se por uma igualdade sem golos com o Liverpool FC, na fase de grupos da UEFA Europa League de 2010/11.

• O encontro com o Manchester City, realizado a 22 de Novembro passado, no Stadio San Paolo, acabou por ser decisivo para as suas esperanças de apuramento para a fase seguinte. Dois golos de Edinson Cavani deram aos napolitanos uma vitória por 2-1 e possibilitaram, na conclusão do Grupo A, uma vantagem de um ponto sobre o conjunto de Manchester.

• O Nápoles alcançou outro triunfo em casa para a fase de grupos, ao derrotar o Villarreal CF por 2-0, enquanto, entre essas vitórias, se verificou um empate 1-1 com o FC Bayern München. O golo madrugador de Toni Kroos pelo Bayern na terceira jornada terminou com a impressionante série caseira do Nápoles para as provas europeias, fixando a marca em 573 minutos sem perder.

• O Chelsea, que se apurou para os oitavos-de-final pela nona época consecutiva, somente por uma vez venceu em sete visitas a Itália, quando, na fase de grupos de 2003/04, goleou no terreno da S.S. Lazio por 4-0. Os outros seis jogos resultaram em três empates e três derrotas.

• Na sua última visita a Itália, para esta fase da prova, há dois anos, o Chelsea perdeu no terreno do FC Internazionale Milano por 2-1. A equipa italiana, então dirigida por José Mourinho, venceria a eliminatória por um total de 3-1, iniciando um momento de forma que levaria os "nerazzurri" à conquista da sua terceira Taça dos Clubes Campeões Europeus.

• Contudo, em rondas a eliminar frente a equipas da Serie A, o Chelsea tem dois triunfos em três tentativas. Os londrinos eliminaram a Juventus por um total de 3-2 nesta fase da prova em 2008/09 e bateram o Vicenza Calcio pelo mesmo resultado total, nas meias-finais da Taça dos Clubes Vencedores de Taças de 1997/98, época em que viriam a conquistar o troféu pela segunda vez na sua história.

• Na época passada, o Chelsea venceria por 2-0 no terreno do FC København na primeira mão dos oitavos-de-final, resultado que também seria o da eliminatória. Os londrinos foram afastados da prova nos quartos-de-final, onde o Manchester United FC venceu por 1-0 em Stamford Bridge e, depois, por 2-1, em Old Trafford.

• O Chelsea venceu o seu grupo pela quinta vez em seis temporadas, sem ter conseguido qualquer triunfo for a de casa. Empatou nos redutos do Valencia CF e KRC Genk e perdeu no recinto do Bayer 04 Leverkusen.

Ligações entre as equipas
• Entre 2008 e 2009, André Villas-Boas foi adjunto de Mourinho no Inter.

• Andrea Dossena e Fernando Torres foram companheiros de equipa no Liverpool FC, entre 2008 e 2010.

• Salomon Kalou apontou o tento do Chelsea nessa derrota por 2-1 frente ao Inter, onde então jogava Goran Pandev, na primeira mão desse embate dos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2009/10.

• Frank Lampard marcou de grande penalidade em Wembley, quando a Inglaterra empatou 2-2 frente à Suíça, cuja selecção incluiu Gökhan Inler e Blerim Dzemaili, em jogo da fase de apuramento para o UEFA EURO 2012 realizado a 4 de Junho de 2011. John Terry e Ashley Cole também alinharam pelos ingleses.

• Marek Hamšík bateu Petr Čech da marca de grande penalidade aos 73 minutos do encontro Eslováquia-República Checa (2-2) de apuramento para o Mundial 2010, realizado em Setembro de 2009.

• Inler capitaneou a selecção da Suíça que derrotou a Espanha, por 1-0, no jogo da primeira jornada da fase de grupos do Mundial 2010 realizado em Durban. Torres somente jogou na segunda parte, enquanto Juan Mata permaneceu no banco de suplentes.

• A Suíça de Inler bateu Portugal, por 2-0, no UEFA EURO 2008, em jogo realizado em Basileia. Paulo Ferreira e Raul Meireles jogaram pelos portugueses, enquanto José Bosingwa permaneceu no banco.

• No jogo inaugural dessa fase final, Inler defrontou Čech, num duelo do qual o guardião do Chelsea saiu vencedor, uma vez que a República Checa derrotou os co-anfitriões, por 1-0, em Basileia.

Última actualização: 06-12-13 3.02CET

Informação relacionada

Perfis das equipas
Jogo relacionado

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2012/matches/round=2000264/match=2007666/prematch/background/index.html#napoles+motivado+para+ultrapassar+chelsea