O "site" oficial do futebol europeu

Allegri vê Arsenal como ameaça para o Milan

Publicado: Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011, 15.30CET
Massimiliano Allegri admitiu que o seu Milan terá de estar "ao melhor nível" contra o Arsenal, isto se quiser evitar uma nova eliminação nos oitavos-de-final às mãos de uma equipa inglesa.
Allegri vê Arsenal como ameaça para o Milan
Massimiliano Allegri diz que o Milan terá de estar ao seu melhor frente ao Arsenal ©Getty Images
 
 
Publicado: Sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011, 15.30CET

Allegri vê Arsenal como ameaça para o Milan

Massimiliano Allegri admitiu que o seu Milan terá de estar "ao melhor nível" contra o Arsenal, isto se quiser evitar uma nova eliminação nos oitavos-de-final às mãos de uma equipa inglesa.

Na sequência do sorteio desta sexta-feira, Massimiliano Allegri asseverou que o seu AC Milan terá de estar ao seu melhor nível para ultrapassar o Arsenal FC nos oitavos-de-final da UEFA Champions League.

De facto, os "rossoneri" já foram eliminados pelo Arsenal nesta fase da prova e logo na temporada 2007/08, em que procuravam defender o título de campeões europeus conquistado poucos meses antes. Nessa altura, era Carlo Ancelotti quem estava no comando da equipa, mas desde então diversos treinadores do Milan, incluindo o próprio Allegri, puderam sentir na pele a eliminação às mãos de equipas inglesas nos oitavos-de-final.

Em 2009/10, era Leonardo o treinador quando a equipa foi eliminada pelo Manchester United FC com um resultado global de 7-2 na eliminatória. Depois, já com Allegri, o Milan perdeu por 1-0 frente ao Tottenham Hotspur – vizinho do seu adversário de agora. Em todas estas eliminatórias, os italianos perderam o jogo em casa, sendo que agora querem inverter a tendência, a 15 de Fevereiro, antes da deslocação a Londres, a 6 de Março.

Allegri, que fechou a fase de grupos no 2º lugar do Grupo H, atrás do FC Barcelona, mostra-se mais preocupado com os resultados nos jogos fora: "Se cometermos os mesmos erros que em Praga e em Minsk [empates ante o FC Viktoria Plzeň e o FC BATE Borisov], teremos problemas, de certeza. O Arsenal é uma equipa forte e teremos de estar ao nosso melhor nível nessa altura, esperando não ter muitos jogadores lesionados, como nos aconteceu nesta fase na temporada passada".

A equipa da Arsène Wenger acabou em 1º lugar no Grupo F e, nesta temporada, já venceu uma equipa da Serie A, triunfando nas duas mãos da eliminatória contra a Udinese Calcio no "play-off" de acesso à UEFA Champions League – a sua oitava vitória consecutiva em "play-offs" contra equipas italianas.

David Miles, secretário da equipa inglesa, disse: "Havia outras equipas que, provavelmente, preferiríamos, mas na última vez que jogámos contra o Milan nas fases a eliminar acabámos por passar e vencemos em San Siro, por 2-0. E, há não muito tempo, também eliminámos a Roma e o Inter de Milão".

"Vai ser difícil. Todas as equipas estão aqui por mérito, mas mesmo assim estamos confiantes e vão ser dois grandes jogos. Creio que serão mesmo os melhores desta ronda".

As duas equipas encontraram-se pela primeira vez na SuperTaça Europeia de 1995, com o Arsenal a empatar a zero em Highbury e a vencer por 2-0 em San Siro, com golos de Cesc Fàbregas e Emmanuel Adebayor, que entretanto já saíram da equipa.

O Arsenal e o Chelsea FC são os únicos dois sobreviventes da Premier League na prova, após a eliminação dos dois clubes de Manchester, mas Allegri sublinhou: "Não creio que o futebol inglês esteja em crise". Reflectindo sobre o desempenho do Arsenal nesta temporada, acrescentou: "A equipa não teve um início de época muito bom, mas recuperou bem e em Fevereiro estará muito competitiva".

Última actualização: 16-12-11 16.42CET

Informação relacionada

Perfis dos treinadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1735888.html#allegri+arsenal+como+ameaca+para+milan