O "site" oficial do futebol europeu

Fase de grupos da Champions League em números

Publicado: Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011, 13.00CET
Com o sorteio dos oitavos-de-final, agendado para Nyon, ainda a uma semana de distância, o UEFA.com recorda-lhe recordes, marcos e feitos alcançados durante a fase de grupos da Champions League.
Fase de grupos da Champions League em números
Hélio Pinto (segundo à esquerda) e Nuno Morais (segundo à direita) ajudaram o APOEL a apurar-se ©Getty Images
 
 
Publicado: Sexta-feira, 9 de Dezembro de 2011, 13.00CET

Fase de grupos da Champions League em números

Com o sorteio dos oitavos-de-final, agendado para Nyon, ainda a uma semana de distância, o UEFA.com recorda-lhe recordes, marcos e feitos alcançados durante a fase de grupos da Champions League.

A fase de grupos da UEFA Champions League ofereceu muitas emoções até ao apito final da sexta e última jornada. Foram vários os recordes quebrados, os marcos alcançados, os feitos obtidos e as surpresas verificadas, como o UEFA.com lhe recorda agora.

0: Três clubes não conseguiram somar qualquer ponto: Villarreal CF, FC Oţelul Galaţi e GNK Dinamo Zagreb. Outros 12 na história da prova também perderam os seus seis jogos na fase de grupos: MŠK Žilina e FK Partizan (2010/11), Maccabi Haifa FC e Debreceni VSC (2009/10), FC Dynamo Kyiv (2007/08), PFC Levski Sofia (2006/07), SK Rapid Wien (2005/06), RSC Anderlecht (2004/05), FC Spartak Moskva e Bayer 04 Leverkusen (2002/03, primeira e segunda fase de grupos, respectivamente), Fenerbahçe SK (2001/02, primeira fase de grupos) e 1. FC Košice (1997/98).

1: O APOEL FC deu nas vistas ao tornar-se na primeira formação cipriota a garantir o apuramento para os oitavos-de-final. Os pupilos de Ivan Jovanović superaram todas as expectativas e, num grupo onde tinham a companhia de três recentes vencedores da Taça UEFA/UEFA Europa League - FC Zenit St Petersburg, FC Porto e FC Shakhtar Donetsk -, conseguiram terminar no primeiro lugar. Juntamente com o APOEL, seguem também pela primeira vez para os oitavos-de-final o Zenit, nesta que foi a sua segunda presença em fases de grupos, e o SSC Napoli, que garantiu o apuramento logo nesta sua primeira participação.

3: O número de assistências para golo efectuadas pelo jovem extremo do FC Barcelona, Isaac Cuenca, nos 182 minutos que esteve em campo nesta fase de grupos. Visto que o jogador, de 20 anos, apenas se estreou na competição na quarta jornada, já perto do apito final do triunfo por 2-0 dos campeões europeus em título em casa do FC Viktoria Plzeň, o dado estatístico torna-se ainda mais impressionante.

5: O Real Madrid CF tornou-se na quinta equipa a conseguir vencer os seis jogos numa fase de grupos da UEFA Champions League, depois de AC Milan (1992/93), Paris Saint-Germain FC (1994/95), Spartak (1995/96) e Barcelona (2002/03, primeira fase de grupos).

7: Os minutos de que Bafétimbi Gomis necessitou para marcar três dos seus quatro golos frente ao Dinamo Zagreb, no triunfo por 7-1 do Olympique Lyonnais na Croácia, na sexta jornada, quebrando assim o recorde do "hat-trick" mais rápido da história da competição, que se encontrava há já 16 anos na posse de Mike Newell. O avançado francês voltaria a marcar no encontro, a 20 minutos dos 90, tornando-se no sétimo jogador a obter quatro golos num só jogo da UEFA Champions League.

10,84: Quem não tenha chegado a horas ao Mestalla na quarta jornada não terá, certamente, visto Jonas apontar o segundo golo mais rápido da história da UEFA Champions League. O internacional brasileiro aproveitou da melhor forma um mau alívio do guarda-redes do Leverkusen, Bernd Leno, e, com um remate em arco, rasteiro, abriu caminho ao triunfo por 3-1 do Valencia CF sobre a formação germânica.

16: Quando Ryan Giggs bateu Artur no empate 1-1 do Manchester United FC em casa do Benfica, em Setembro, quebrou o registo que ele mesmo havia fixado na temporada passada, como o mais velho jogador a marcar um golo na UEFA Champions League − registo que agora se encontra nos 37 anos e 289 dias – e, em simultâneo, tornou-se no primeiro jogador a marcar em 16 diferentes edições da prova.

20: O número de golos obtido pelo Barcelona, igualando o recorde estabelecido pelo United em 1998/99. O Real Madrid marcou 19, igualando o total alcançado pelo Barça na primeira fase de grupos da edição de 1999/2000.

22: Os golos sofridos pelo Dinamo Zagreb, mais do que qualquer outra equipa na história das fases de grupos da UEFA Champions League. O anterior máximo pertencia a Žilina (2010/11), Debrecen (2009/10), Dynamo (2007/08) e Ferencvárosi TC (1995/96), com 19 golos sofridos.

25: Wayne Rooney alcançou um importante marco as provas europeias na terceira jornada, com o primeiro dos dois penalties com que garantiu a vitória do United sobre o Oţelul a permitir-lhe chegar aos 25 golos na UEFA Champions League – mais do que qualquer outro jogador inglês marcou nesta competição.

162: Os dias que faltam para a grande final, agendada para 19 de Maio de 2012, na Fußball Arena München.

Última actualização: 09-12-11 13.05CET

Informação relacionada

Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1731814.html#fase+grupos+champions+league+numeros