O "site" oficial do futebol europeu

Vrba minimiza euforia no Plzeň

Publicado: Quinta-feira, 28 de Julho de 2011, 11.30CET
O triunfo do Plzeň em casa do Rosenborg, por 1-0, deixa o estreante na UEFA Champions League à beira do apuramento para o "play-off", mas o treinador Pavel Vrba avisa que ainda há muito trabalho pela frente.
por Ladislav Josef
Vrba minimiza euforia no Plzeň
Duelo de capitães: Pavel Horváth, do Plzeň's (à esquerda), em luta com Mikael Dorsin ©AFP
 
 
Publicado: Quinta-feira, 28 de Julho de 2011, 11.30CET

Vrba minimiza euforia no Plzeň

O triunfo do Plzeň em casa do Rosenborg, por 1-0, deixa o estreante na UEFA Champions League à beira do apuramento para o "play-off", mas o treinador Pavel Vrba avisa que ainda há muito trabalho pela frente.

O FC Viktoria Plzeň pode ter dado um grande passo rumo ao "play-off" da UEFA Champions League, com a vitória desta quarta-feira sobre o Rosenborg BK, mas o treinador Pavel Vrba avisou a sua equipa para não pensar que o mais fácil já está feito.

O Plzeň, estreante na UEFA Champions League depois de conquistar o seu primeiro campeonato checo na época passada, venceu a primeira mão da terceira pré-eliminatória, em Trondheim, graças a um golo de Václav Pilař, aos 33 minutos. Vrba disse: "O resultado dá-nos muito moral para o segundo jogo, mas devemos manter a concentração. Os noruegueses são adversários teimosos, não vão desistir só porque perderam este jogo."

A ideia foi partilhada pelo seu capitão de equipa, o antigo jogador do Sporting, Pavel Horváth, que espera que o Plzeň não se arrependa das oportunidades falhadas, que o teriam deixado numa posição ainda mais confortável – nomeadamente quando Petr Jiráček cabeceou ao poste, a cinco minutos do fim.

"O resultado é bom, mas podíamos ter marcado mais golos. Estou um pouco preocupado pelo facto de podermos vir a pagar caro na segunda mão as oportunidades que falhámos hoje. Seria uma pena não nos apurarmos, apesar de existirem coisas piores no Mundo do que perder um jogo – os noruegueses que o digam," afirmou Horváth, referindo-se aos ataques terroristas da semana passada no país escandinavo.

O Plzeň não começou a partida da melhor forma, já que o guarda-redes Roman Pavlík sofreu uma lesão nos ligamentos de um joelho logo aos 16 minutos, que o deve afastar até ao final da temporada. No entanto, o seu substituto, Michal Daněk, correspondeu da melhor forma às exigências. "Não foi fácil entrar em campo sem aquecer, mas jogámos bem e a nossa defesa não lhes permitiu grandes veleidades," disse Daněk, herói do Plzeň na SuperTaça da República Checa, na semana passada, ao defender dois penalties no desempate frente ao FK Mladá Boleslav. "Estou entusiasmado com o jogo da segunda mão, em casa, pois queremos provar que esta vitória não foi fruto do acaso."

O autor do golo da vitória em Trondheim, Pilař, descreveu o seu tento – uma boa finalização depois de acorrer a uma bola perdida por Marek Bakoš – como o mais importante da sua carreira. "O golo deu-nos confiança, mas o triunfo deveu-se ao trabalho de todos; estamos mais próximos do nosso objectivo," acrescentou o jogador, contratado este Verão ao FC Hradec Králové.

Contratado para substituir Jan Rezek, o jovem de 22 anos, que somou a primeira internacionalização pela selecção principal checa em Junho, não começou mal, com o seu golo decisivo a juntar-se a outro apontado na pré-eliminatória anterior, frente ao FC Pyunik. O mesmo se pode dizer do registo do Plzeň no regresso às competições europeias, depois de um jejum de 39 anos: três jogos, três vitórias.

 
Última actualização: 28-07-11 13.27CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis das equipas
Jogo relacionado
  • SSI Err

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/season=2012/matches/round=2000261/match=2007525/postmatch/quotes/index.html#vrba+minimiza+euforia+plzen