O "site" oficial do futebol europeu

Mourinho leva Real a superar barreira

Publicado: Quinta-feira, 21 de Abril de 2011, 4.58CET
Perfil dos semifinalistas: Após seis eliminações seguidas nos quartos-de-final, José Mourinho levou o Real Madrid de volta às meias-finais graças ao excelente desempenho caseiro.
por Paul Bryan
de Madrid

rate galleryrate photo
1/0
counter
  • loading...
 
 
Publicado: Quinta-feira, 21 de Abril de 2011, 4.58CET

Mourinho leva Real a superar barreira

Perfil dos semifinalistas: Após seis eliminações seguidas nos quartos-de-final, José Mourinho levou o Real Madrid de volta às meias-finais graças ao excelente desempenho caseiro.

Os adeptos do Real Madrid CF sempre tiveram uma relação próxima com a Taça dos Clubes Campeões Europeus. Certamente estarão de acordo com José Mourinho que, depois de garantir a passagem às meias-finais, afirmou que o clube "está de volta ao seu lugar".

O presidente dos "merengues", Florentino Pérez, contratou o treinador português ao FC Internazionale Milano, o actual detentor da UEFA Champions League, com o objectivo de juntar um clube que já conquistou por nove vezes a Taça dos Campeões com o homem que conduziu o emblema de Milão e o FC Porto à glória europeia. No entanto, com o título da Liga espanhola praticamente entregue ao rival FC Barcelona, Mourinho vai ter de usar toda a sua enorme experiência na UEFA Champions League para afastar Josep Guardiola nas meias-finais, pelo segundo ano consecutivo, e conduzir os madrilenos à final de Wembley, tendo vencido a Taça do Rei - a primeira do Real desde 1993 -, diante dos catalães.

Palmarés nas competições de clubes da UEFA (finalista vencido entre parêntesis)
• Taça dos Clubes Campeões Europeus: 1956, 1957, 1958, 1959, 1960, 1966, 1998, 2000, 2002; (1962), (1964), (1981)
• Taça UEFA: 1985, 1986
• Taça dos Vencedores das Taças: (1971), (1983)
• SuperTaça Europeia: 2002; (1998), (2000)

Palmarés nacional (título mais recente entre parêntesis)
• Campeonato: 31 (2008)
• Taça de Espanha: 17 (1993)

Presenças anteriores em meias-finais da Taça dos Clubes Campeões Europeus
21 (venceu 12, perdeu 9)

Ranking de clubes da UEFA
7º (o adversário FC Barcelona é 2º)

Melhor marcador
Liga: Cristiano Ronaldo 29
UEFA Champions League: Karim Benzema, Cristiano Ronaldo 6

Pontos fortes e fracos
O Santiago Bernabéu tem sido uma fortaleza esta época, com Mourinho a levar o Real Madrid a vencer os cinco jogos disputados em casa na UEFA Champions League. Uma estrutura defensiva sólida, que conta com os médios-defensivos Xabi Alonso e Sami Khedira, foi consolidada com o internacional português Pepe para o encontro do campeonato com o Barça, no último sábado, que terminou com 1-1 no marcador. Este sistema não produz um futebol fluído e espectacular, mas tem dado bons resultados na Europa. Esta época, Cristiano Ronaldo já marcou 41 golos em todas as competições, mas o problema é que os companheiros de ataque Karim Benzema, Emmanuel Adebayor e Gonzalo Higuaín, que está recuperado de uma lesão, não conseguem exibir a mesma regularidade do português.

Momento-chave
Os espanhóis tinham sido afastados na primeira eliminatória nas últimas seis temporadas, pelo que foi com um grande alívio que o Real eliminou o Olympique Lyonnais e atingiu pela primeira vez os quartos-de-final desde 2004. A porta para o apuramento ficou aberta quando os "merengues" evitaram a derrota pela primeira vez em quatro deslocações ao Stade de Gerland, com um golo de Benzema frente à sua antiga equipa a valer um empate a um golo. Marcelo, Benzema e Ángel Di María fizeram os golos da segunda mão e deram um triunfo por 3-0 à equipa de Mourinho.

Herói improvável
Mesut Özil destacou-se no Campeonato do Mundo de 2010, onde ajudou a Alemanha a alcançar o terceiro lugar, e precisou de pouco tempo para se ambientar ao Santiago Bernabéu, depois de ter sido contratado ao SV Werder Bremen. A jogar como médio-ofensivo, o alemão, que foi campeão europeu de Sub-21 em 2009, já fez seis passes para golo e é o jogador com mais assistências nesta edição da UEFA Champions League. O enorme empenho que coloca em jogo e as boas combinações com Ronaldo e Ángel Di Maria, outro dos reforços desta época, têm criado grandes problemas às defesas adversárias.

Forma
Posição no campeonato: 2º (Últimos cinco jogos: VVDVE)
Muitos especialistas consideram que o recente empate entre o Real Madrid e o Barcelona veio confirmar que os madrilenos já não têm hipóteses de anular a vantagem de oito pontos dos catalães na liderança. A equipa de José Mourinho sofreu um grande revés quando recentemente perdeu, por 1-0, com o Real Sporting de Gijón, com o técnico a sofrer a primeira derrota em casa em 150 jogos do campeonato. Resta ao antigo treinador do FC Porto e Chelsea FC tentar levar a sua equipa ao triunfo na UEFA Champions League, depois de ter vencido a Taça de Espanha.

Estatística decisiva
O Real Madrid não sofreu qualquer golo nos 450 minutos dos jogos a contar para a UEFA Champions League que disputou esta época no Santiago Bernabéu.

O que diz o adversário
Josep Guardiola, treinador do Barcelona:
"Um dos pontos fortes de Mourinho é que sabe jogar de várias maneiras. O Real está melhor do que na primeira parte da época e são superiores a nós em muitas coisas."

Última actualização: 07-12-13 4.41CET

Informação relacionada

Perfis dos jogadores
Perfis dos treinadores
Perfis das equipas

http://pt.uefa.com/uefachampionsleague/news/newsid=1621930.html#mourinho+leva+real+superar+barreira