Lesões não abalam confiança de Schaaf

Thomas Schaaf garante que, apesar das muitas lesões, o Bremen não se vai limitar a defender na visita ao terreno do Inter, de Rafael Benítez, à procura de esquecer a derrota de sábado frente à Roma.

UCL 2010/2011 GENERIC PROMO (GROUP STAGE)

O SV Werder Bremen pode até encontrar-se a contas com uma série de lesões no plante, mas o treinador Thomas Schaaf garante que a sua equipa não vai jogar à defesa na visita ao terreno do campeão europeu FC Internazionale Milano, que procura esquecer a derrota sofrida no passado sábado, para a Serie A, frente à AS Roma. Já o técnico do Inter, Rafael Benítez, terá de proceder a algumas alterações em relação à equipa que iniciou a defesa do troféu da UEFA Champions League com um empate 2-2 em casa do FC Twente, mas acredita que os seus jogadores terão "a mentalidade adequada" para somarem a primeira vitória no Grupo A.

Rafael Benítez, treinador do Inter
Costumo olhar para as tabelas classificativas, e não me parece que o Bremen esteja a atravessar uma crise. Tem alguns jogadores lesionados, mas nós também. Empatámos o nosso primeiro jogo na competição, porém não creio que tal nos traga maior pressão para este encontro; a pressão de vencer existe sempre, neste clube. Todos se encontram na mesma situação no grupo, com os mesmos pontos. A minha equipa tem muitos jogadores ofensivos e, por vezes, não é fácil encontrar um bom equilíbrio e, no sábado, acabámos por sofrer um golo perto do final, situação que não nos pode deixar agradados.

Não tem sido fácil para nós esta temporada concretizar as situações de golo que criamos. Temos de treinar mais esse aspecto e estou certo de que, no futuro, seremos mais incisivos. Não se trata de uma questão de nervosismo; simplesmente, somo o Inter e, como grande equipa, toda a gente fala sobre nós. Quando não vencemos, toda a gente procura encontrar problemas. Mas uma equipa coesa, com a mentalidade adequada.

Thomas Schaaf, treinador do Bremen
Não é fácil trabalhar, com tantos jogadores lesionados ao mesmo tempo. Não me lembro de alguma vez ter perdido tantos jogadores importantes em simultâneo. Mas estamos a tentar não pensar muito nisso; tentamos, sempre, ser competitivos e é o que iremos fazer esta quarta-feira. Sabemos que o Inter venceu a competição na última época e que ganhou tudo o que tinha para ganhar. Estamos ansiosos por medir forças com eles.

Trata-se de uma grande equipa, com as mesmas qualidades de sempre. O Inter vai, provavelmente, tentar marcar cedo, mas nós não nos vamos limitar a defender. Queremos provar que somos um adversário complicado. Esperávamos ter vencido o encontro inaugural [2-2 frente ao Tottenham Hotspur FC], mas acabámos por ficar satisfeitos com a obtenção do empate.

Notícias das equipas
Inter
Diego Milito (coxa) permanece em dúvida para o encontro, apesar de ter já voltado a treinar com os colegas. Goran Pandev falhou o treino de terça-feira devido a um problema no joelho e encontra-se, igualmente, em dúvida. Garantidamente de fora estão o médio Thiago Motta e os defesas Marco Materazzi and Javier Zanetti, mas Benítez espera poder voltar a contar com Walter Samuel (recuperado de uma lesão na coxa, embora o defesa-central não tenha realizado o treino de terça-feira com a equipa.

Bremen
Schaaf, que não tinha já à sua disposição Naldo e Sebastian Boenisch (ambos lesionados no joelho), viu-se igualmente privado do contributo de Clemens Fritz, Torsten Frings (problemas na coxa) e Claudio Pizarro (anca) durante a vitória de sábado, por 3-2, no embate com o Hamburger SV. Petri Pasanen viajou para Milão, mas permanece em dúvida: "Não estou certo de que Pasanen possa jogar, amanhã veremos se está apto", explicou Schaaf.

Resultados do fim-de-semana
25/09/10 AS Roma 1-0 Inter
(Vučinić 90+1)
Um golo de Mirko Vučinić, já nos descontos, infligiu ao Inter a sua primeira derrota da época na Serie A, onde a turma de Milão já não perdia desde 27 de Março.

25/09/10 Bremen 3-2 Hamburger SV
(Demel pb 25, Almeida 28 85; Van Nistelrooy 59, Pitroipa 63)
Frings disputou o seu 300º jogo na Bundesliga com a camisola do Bremen no derby do norte da Alemanha, mas acabou por sair lesionado do encontro, tal como Claudio Pizarro, naquela que foi a primeira vitória da equipa do português Hugo Almeida em cinco jogos, no conjunto de todas as competições.

Sabia que?
Na sua última visita a San Siro, em 2008/09, a formação comandada por Thomas Schaaf recuperou de uma desvantagem de dois golos para alcançar um empate 2-2 frente ao AC Milan, acabando por seguir em frente nesse embate dos 16 avos-de-final da Taça UEFA graças aos golos apontados fora. Pizarro bisou no encontro e soma, assim, quatro golos em seis visitas ao estádio Giuseppe Meazza.

Consulte a retrospectiva do jogo (em inglês) para saber mais informações.

Topo