Inter e United tentam embalar

O Inter, campeão em título, e o Manchester United serão duas das equipas apostadas em somar, na segunda jornada, a primeira vitória, numa ronda ainda marcada por um embate de gigantes em Amesterdão.

Wayne Rooney vai procurar, em Valência, regressar aos golos na UEFA Champions League
Wayne Rooney vai procurar, em Valência, regressar aos golos na UEFA Champions League ©Getty Images

O FC Internazionale Milano, campeão europeu em título, e o Manchester United FC, de Nani e Bebé, serão duas das equipas apostadas em somar, na segunda jornada, a sua primeira vitória na presente edição da fase de grupos da UEFA Champions League, numa ronda em que estará igualmente em destaque o embate entre dois clubes de grande tradição europeia, em Amesterdão.

"Temos ainda um longo caminho a percorrer", admitiu o actual treinador do Inter, Rafael Benítez, após o suado empate (2-2) alcançado pela sua equipa na visita ao terreno do FC Twente. Mas a turma milanesa não pode esperar muito mais para encontrar o seu melhor ritmo. Quarta-feira recebe o SV Werder Bremen - no primeiro encontro do Inter com uma formação da Bundesliga desde a vitória sobre o FC Bayern München na final de Madrid, em Maio último - enquanto, no outro jogo do Grupo A, o Tottenham Hotspur FC vai dar seguimento à sua estreia na prova com a recepção ao Twente.

Outra equipa inglesa, o Manchester United, também não foi além de um empate na jornada inaugural, ao não conseguir desfazer o nulo, em Old Trafford, diante do Rangers FC. E a visita ao terreno do Valencia CF, quarta-feira, não constitui certamente uma tarefa fácil para os pupilos de Alex Ferguson. No que diz respeito ao Rangers, a formação escocesa procurará, na recepção ao Bursaspor, campeão turco, voltar a demonstrar que tem uma palavra a dizer no Grupo C.

O Olympique de Marseille teve um arranque ainda mais negativo, ao perder em casa frente ao FC Spartak Moskva na primeira jornada. Segue-se, para os campeões franceses, uma deslocação ao terreno do Chelsea FC, na terça-feira, naquele que é um dos encontros de cartaz da semana. O jogo, a contar para o Grupo F, representa ainda o reencontro de Didier Deschamps com a formação londrina e com Carlo Ancelotti, seu treinador na Juventus, mas o actual técnico do Marselha vai precisar de se concentrar apenas em levar a melhor sobre uma equipa que, na ronda inaugural, goleou o MŠK Žilina.

O FC Barcelona, três vezes campeão europeu, também goleou no jogo de abertura, ao bater o Panathinaikos FC por 5-1, na Catalunha, mas terá de ter alguns cuidados na Rússia, onde, quarta-feira, em mais um jogo do Grupo D, irá medir forças com o FC Rubin Kazan, frente ao qual perdeu cinco pontos na temporada passada. Quem também não terá boas recordações será a AS Roma, quando entrar em campo no Grupo E para defrontar o CFR 1907 Cluj, com o qual perdeu na fase de grupos da edição de 2008/09.

Já na Arena de Amesterdão será revisitado um passado mais distante, com o AFC Ajax, quatro vezes campeão europeu, a receber o AC Milan, que ostenta sete títulos de campeão da Europa no seu palmarés. As duas equipas defrontaram-se, ao todo, por dez ocasiões no passado, destacando-se a final da Taça dos Campeões europeus de 1968/69 - conquistada pelo Milan, e a final da UEFA Champions League 1994/95, vencida pelo Ajax. Mas o embate de terça-feira constituirá uma dura batalha pela conquista de pontos no Grupo G, no qual o Real Madrid CF visitará o AJ Auxerre na outra partida.

Topo