Campeão travado na Holanda

FC Twente 2-2 FC Internazionale Milano
O estreante conquistou um ponto muito merecido frente ao detentor do título europeu, num jogo espectacular do Grupo A.

Samuel Eto'o (à esquerda) e Wout Brama em acção
Samuel Eto'o (à esquerda) e Wout Brama em acção ©Getty Images

O FC Internazionale Milano começou a defesa do título europeu com um empate (2-2) no terreno do FC Twente, em jogo do Grupo A. O clube holandês, estreante na UEFA Champions League, levou o campeão ao limite num jogo emocionante.

Numa primeira parte simplesmente espectacular, Theo Janssen empatou a partida com um livre soberbo, depois de Wesley Sneijder ter aberto o marcador para a equipa italiana. O campeão holandês concretizou a reviravolta graças a um autogolo de Diego Milito, mas, ainda antes do intervalo, Samuel Eto'o voltou a empatar a partida. O Inter dominou a segunda parte, mas o Twente mostrou força para segurar o empate e um ponto muito merecido.

O novo treinador do Inter, Rafael Benítez, apostou apenas numa cara nova, MacDonald Mariga, para a equipa inicial em relação ao onze que bateu o FC Bayern München na final de Maio. Em pleno contraste, a equipa inicial do Twente tinha apenas um jogador que sabia o que é jogar a UEFA Champions League.

Tratava-se do guarda-redes Nikolay Mihaylov, mas nem a experiência evitou que tivesse de ir buscar a bola às suas redes. Logo aos 13 minutos, Milito, autor dos dois golos da final do ano passado, fugiu aos adversários e rematou contra um adversário, mas a bola sobrou para Sneijder e o internacional holandês não teve dificuldades em abrir o marcador.

Foi um duro golpe para o Twente, que até tinha entrado bem na partida, com os altos Luuk de Jong e Marc Janko a criarem problemas ao Inter. Janko foi fundamental na obtenção do empate, já que foi ele que sofreu a falta da qual nasceu o livre superiormente marcado por Janssen com um remate ao ângulo da baliza transalpina.

Animado por um público extraordinário, o Twente pressionou e Júlio César teve de se aplicar ao máximo para defender outro livre de Janssen, mas a equipa da casa voltaria a marcar aos 30 minutos, quando Milito cabeceou para o fundo da própria baliza após um canto de Janssen.

O Inter reagiu em força e Esteban Cambiasso acertou no poste antes de Eto'o fazer o 2-2, rematando rasteiro para o fundo da baliza de Mihaylov, depois de uma excelente tabela com Goran Pandev.

Janko ainda poderia ter dado nova vantagem ao Twente em tempo de compensação da primeira parte, mas o ritmo acabaria por baixar na segunda parte, jogada debaixo de chuva. O suplente do Inter, Coutinho, esteve perto do golo, mas o remate foi travado por Dwight Tiendalli e, sete minutos depois, o brasileiro combinou com Mariga, mas o remate saiu ao lado.

Com Sneijder cada vez mais em acção, o Inter levou o jogo para a área do Twente, que procurava surpreender o campeão italiano com rápidos contra-ataques. No entanto, o empate acabaria por ser um resultado justo e que significa um prémio para o estreante holandês na maior prova por clubes da UEFA.

Topo