Lineker veste o fato de embaixador

Gary Lineker, antigo capitão da selecção de Inglaterra, colaborou no sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League e, ao mesmo tempo, iniciou funções como embaixador da final desta época, no Estádio de Wembley.

Gary Lineker, um dos maiores ídolos de sempre do futebol inglês, subiu esta quinta-feira ao palco do Fórum Grimaldi, no Mónaco, para colaborar no sorteio da fase de grupos da UEFA Champions League. Foi também o primeiro dia do antigo capitão da selecção da Inglaterra como embaixador oficial da final desta época, agendada para o Estádio de Wembley, em Londres.

"Sinto-me orgulhoso", confessou ao UEFA.com o antigo ponta-de-lança, actualmente apresentador de televisão. "Considero a UEFA Champions League uma competição maravilhosa, com as melhores equipas da Europa, a melhor prova de clubes mundial. É muito bom a final ser em Wembley, pois há muito tempo que não era disputada em Londres. É muito bom fazer parte deste projecto, pois envolve a Champions League e vai ter lugar em Wembley."

O ex-atleta de 49 anos conhecia bem o velho Wembley, dos seus tempos de jogador em que representou Inglaterra, o Everton FC e o Tottenham Hotspur FC, pelo qual conquistou no antigo recinto a Taça de Inglaterra, em 1991. Lineker marcou 48 golos em 80 jogos pela selecção inglesa, incluindo seis que lhe valeram a conquista da Bota de Ouro no Campeonato do Mundo de 1986. O atacante também venceu um título europeu ao serviço do FC Barcelona quando ajudou o clube espanhol a ganhar a Taça dos Vencedores das Taças de 1989.

"Tem tanta história", comentou sobre o estádio. "O recinto original, que foi completamente alterado, tinha um longo historial no que respeita às finais da Taça de Inglaterra, do Campeonato do Mundo e da Taça dos Clubes Campeões Europeus. Todos os jogadores, em qualquer local do mundo, sonhavam lá jogar. Penso que isso não mudou com a construção do novo estádio."

As torres gémeas do velho Wembley testemunharam as finais da Taça dos Campeões de 1963, 1968, 1971, 1978 e 1992. Lineker vai agora promover o novo Wembley, que se prepara para receber a primeira grande final europeia desde que foi inaugurado em 2007.

"Actualmente temos o mesmo ambiente, no mesmo local, mas num magnífico estádio", continuou. "Tenho de ser honesto e reconhecer que o velho Wembley estava muito degradado e tinha instalações antiquadas. As pessoas não apreciavam o estádio, mas o seu ambiente. Agora estamos bem servidos nos dois aspectos, pelo que o novo Wembley é magnífico."

Topo