Strand continua a dar cartas

O médio Roar Strand festejou pela 21ª temporada consecutiva um golo no escalão principal ao marcar pelo Rosenborg na Liga da Noruega, continuando a mostrar enorme ambição.

Roar Strand conseguiu marcar em 21 épocas consecutivas do campeonato da Noruega
Roar Strand conseguiu marcar em 21 épocas consecutivas do campeonato da Noruega ©Getty Images

A 13 de Setembro de 1989, um jovem de 19 anos, de nome Roar Strand, estreou-se nas competições europeias ao entrar em campo perto do final do encontro do Rosenborg BK ante o KV Mechelen, a contar para a Taça dos Clubes Campeões Europeus. Agora, com 40 anos, o médio Strand preparara-se para continuar a fazer história e marcar mais uma vez presença na UEFA Champions League.

No início do mês, Strand – que com excepção de uma passagem pelo Molde FK, em 1993, por empréstimo, envergou sempre a camisola do Rosenborg – regressou aos relvados após lesão a tempo de marcar a quatro minutos do apito final, frente ao Sandefjord Fotball, o golo que permitiu à sua equipa, ainda invencível na presente edição da Liga da Noruega, ampliar para três pontos a vantagem no topo da tabela, que agora se cifra em cinco. Ao mesmo tempo, foi um tento histórico, pois Strand tornou-se no primeiro jogador a marcar em 21 temporadas consecutivas de qualquer dos principais escalões das Ligas europeias, voltando a deixá-lo com uma época a mais do que o registo de Ryan Giggs.

"Para já, ainda não penso nisso, mas, no futuro, certamente lembrar-me-ei dessas coisas", referiu Strand ao UEFA.com. "Tive a felicidade de estar muitos anos numa equipa tão boa como esta, estou muito feliz por cá estar há tanto tempo e por ter tido a sorte de ter poucas lesões."

Dos 600 encontros que já disputou pelo Rosenborg, mais de 100 dizem respeito às competições europeias, onde se incluem dez presenças na fase de grupos da UEFA Champions League, ao longo das quais a equipa somou vitórias históricas sobre AC Milan e BV Borussia Dortmund e nas quais Strand conseguiu marcar frente a clubes como o Real Madrid CF, o Arsenal FC ou o FC Porto. Esta quarta-feira, o Rosemborg começa a prova na segunda pré-eliminatória com uma viagem até Belfast, ao terreno do Linfield FC, numa nova caminhada rumo a mais uma possível presença na fase de grupos da UEFA Champions League.

"Ainda não sabemos muito sobre o Linfield, pelo que vai ser um jogo muito interessante", destacou Strand. "Vai ser bastante complicado chegar à fase de grupos da Champions League. Precisamos de ter alguma sorte nos sorteios e de jogar ao nosso melhor nível; assim, talvez seja possível."

Durante a maior parte deste período de êxito do clube – no qual se inclui o início da série de 13 títulos de campeão norueguês consecutivos, entre 1992 e 2004, apenas um deles sem a presença de Strand –, o Rosenborg foi treinado por Nils Arne Eggen, técnico que acabou por ser o responsável pelo lançamento do médio. Em Maio, Eggen regressou para a quarta passagem pelo leme do clube e poucos o conhecem melhor do que Strand. "Eggen é um excelente treinador e todos prestam muita atenção ao que ele diz, porque se trata de um técnico de enorme sucesso", salientou.

Topo