Lyon sem medo do Bayern

Claude Puel diz que o Lyon "precisa de assumir o controlo do jogo" frente ao Bayern se quiser dar a volta à desvantagem de 1-0 da primeira mão. O seu homólogo, Louis van Gaal, também prometeu jogar ao ataque.

Os preparativos do Olympique Lyonnais para a segunda mão das meias-finais da UEFA Champions League, esta terça-feira, não podiam ter corrido melhor. Sem jogo este fim-de-semana no campeonato, Claude Puel e os seus jogadores realizaram um estágio de preparação para a visita do FC Bayern München. Por outro lado, Louis van Gaal teve todo o tipo de problemas desde a vitória por 1-0 na primeira mão, devido a uma crise de lesões na defesa e dois jogadores importantes castigados. No entanto, ambos os treinadores prometeram entrar na partida da segunda mão com o intuito de vencer.

Claude Puel, treinador do Lyon
Passámos três dias longe da cidade, tal como tínhamos feito antes de defrontar o Real Madrid, sendo que tudo correu de forma calma e tranquila. Penso que a nossa falta de experiência comparada com a do Bayern não vai causar problemas. Temos que vencer por dois golos de diferença, por isso precisamos de ser empreendedores. O Bayern está confiante e tem razões para isso, já que dominou o primeiro jogo. Eles que estejam confiantes. Foram bem-sucedidos em remeter-nos à defesa durante a primeira mão. Podemos ter alguns arrependimentos, mas eles também, pois podiam ter marcado mais golos.

Mal podemos esperar por este jogo. Temos que estar muito concentrados em campo, mas estou confiante que podemos vencer qualquer equipa. Não estamos preocupados com o nosso adversário. Sabemos que o Bayern tem alguns problemas com lesões, mas outros bons jogadores vão ocupar os seus lugares. Temos que nos preocupar com o nosso próprio jogo, e não como aconteceu na primeira mão.

Louis van Gaal, treinador do Bayern
Quando treinava equipas na Holanda, dizia sempre aos meus jogadores que as equipas alemãs lutam até ao último minuto. Nunca se podia dar um jogo como ganho até ao apito final. Devemos fazer o mesmo aqui. Existe uma força de vontade incrível na nossa equipa. Encontramos sempre solução para os problemas que temos; só dependemos de nós.

Infelizmente, vários jogadores contraíram lesões este fim-de-semana. O aspecto táctico esteve irrepreensível na semana passada, depois da expulsão do Franck Ribéry, e estou muito orgulhoso disso. Jogamos sempre ao ataque; não somos uma equipa que se limite a defender para não sofrer golos. Não jogámos de outra forma ao longo da época e não é agora que vamos começar a fazê-lo. Nunca sinto pressão antes de um jogo. À medida que ele se aproxima, a tensão começa a aumentar, mas é útil; Preciso dela para tomar decisões.

Notícias das equipas
Bayern

Ausente: Anatoliy Tymoshchuk (gastroenterite)
Em dúvida: Martín Demichelis (gémeos), Daniel Van Buyten (gémeos), Diego Contento (perna), Miroslav Klose (doença)
Suspensos: Danijel Pranjić, Franck Ribéry
Em risco de exclusão: ninguém

• O médio Tymoshchuk não viajou para França devido a doença, enquanto Demichelis e Van Buyten têm pequenas lesões nos gémeos da perna, contraídas este sábado. Klose falhou o treino desta segunda-feira devido a uma constipação.

• Hamit Altıntop treinou este domingo, depois de recuperar de uma lesão na virilha e está disponível para jogar.

Lyon
Ausentes: François Clerc (joelho), Joan Hartock (tendão de Aquiles), Mathieu Bodmer (tendão)
Em dúvida: Jean II Makoun (virilha), Lisandro (tornozelo), Jean-Alain Boumsong (gémeos)
Suspenso: Jérémy Toulalan
Em risco de exclusão: Aly Cissokho, César Delgado, Maxime Gonalons, Kim Källström, Cris, Miralem Pjanić

• Cris deve jogar de início, apesar de se ter lesionado na anca e no joelho em Munique, afirmando esta segunda-feira: "Sinto-me melhor e devo estar apto". Boumsong regressou aos treinos e também deverá estar apto.

Resultados do fim-de-semana
24/04/10 VfL Borussia Mönchengladbach 1-1 Bayern
(Reus 60; Klose 73)

• Miroslav Klose saltou do banco de suplentes para marcar apenas o seu terceiro golo no campeonato esta época.

• Apenas a diferença de golos separa o Bayern, líder do campeonato, do FC Schalke 04, segundo classificado, que venceu por 1-0 em casa do Hertha BSC Berlin, no sábado.

• A recepção do Lyon ao AS Monaco FC, agendada para este sábado, foi adiada para dia 12 de Maio.

Retrospectiva
• A equipa de Claude Puel ainda não perdeu no Stade de Gerland esta época a contar para as competições europeias, e venceu os últimos três jogos em casa na UEFA Champions League.

• Antes da primeira mão, as equipas tinham-se defrontado seis vezes na UEFA Champions League na última década, com duas vitórias para cada uma.

• O Lyon nunca participou na final de uma competição europeia. Em contraste, o Bayern participa na 13ª meia-final da principal competição europeia de clubes, e pretende apurar-se para a sua primeira final desde que bateu o Valencia CF e conquistou a UEFA Champions League, em 2001.

Sabia que?
• O Lyon terminou os três últimos jogos reduzido a dez jogadores: Maxime Gonalons frente ao LOSC Lille Métropole, no dia 11 de Abril; Anthony Réveillère frente ao FC Girondins de Bordeaux, no dia 17 de Abril, e Toulalan, em Munique.

Saiba mais sobre o jogo no press kit oficial da UEFA Champions League (em inglês).

Topo