O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Cafu sobre a caminhada do Milan rumo à final da UEFA Champions League de 2005 frente ao Liverpool

Cafu, antigo defesa do AC Milan, relembra a esplêndida campanha da sua equipa, que deixou pelo caminho Manchester United, Inter e PSV Eindhoven rumo à final da UEFA Champions League de 2005, frente ao Liverpool.

Cafu chegou à final de 2005 ao serviço do Milan
Cafu chegou à final de 2005 ao serviço do Milan Bob Thomas Sports Photography vi

Nesta peça, apresentada pela Turkish Airlines, Cafu, antigo lateral-direito do AC Milan, fala sobre o caminho dos Rossoneri até à final da UEFA Champions League de 2005, talvez o jogo decisivo mais emocionante na história da competição.

Veja o resumo da final de 2005

Fase de grupos

Jornada 1: Shakhtar Donetsk 0-1 Milan
Jornada 2
: Milan 3-1 Celtic
Jornada 3
: Milan 1-0 Barcelona
Jornada 4
: Barcelona 2-1 Milan
Jornada 5
: Milan 4-0 Shakhtar Donetsk
Jornada 6
: Celtic 0-0 Milan

Oitavos-de-final

Hernán Crespo (ao centro) celebra o golo da vitória em Old Trafford
Hernán Crespo (ao centro) celebra o golo da vitória em Old TraffordManchester United via Getty Images

Man United 0-1 Milan
Milan 1-0 Man United
(total: 2-0)

Após uma fase de grupos tranquila, a fase a eliminar começou com um duelo ilustre frente ao Manchester United, que o brasileiro se lembra por outro motivo para além da vitória: "Não me deixei enganar pelo [Cristiano] Ronaldo", disse. Hernán Crespo marcou o único golo da primeira mão e repetiu a dose na segunda, a passe de Cafu. "O cabeceamento do Crespo foi uma beleza mas o meu cruzamento não foi menos incrível", recorda com humor

Quartos-de-final

Jaap Stam (à esquerda) após inaugurar o marcador frente ao Inter
Jaap Stam (à esquerda) após inaugurar o marcador frente ao InterAFP via Getty Images

Milan 2-0 Inter
Inter 0-3 Milan (atribuído)
(total: 5-0)

Pela segunda vez em três épocas, os vizinhos milaneses defrontaram-se na prova. "É incrível como eram duas equipas fantásticas nessa altura - uma treinada por [Roberto] Mancini e outra pelo nosso treinador, [Carlo] Ancelotti", lembra Cafu. "Eram duas equipas que praticavam futebol de grande qualidade: Milan e Inter. Que dérbi, que grande jogo."

Meias-finais

Massimo Ambrosini faz de cabeça o golo que apurou o Milan para a final
Massimo Ambrosini faz de cabeça o golo que apurou o Milan para a finalBongarts/Getty Images

Milan 2-0 PSV Eindhoven
PSV Eindhoven 3-1 Milan
(total: 3-3, Milan vence graças aos golos fora)

Após uma vitória tranquila na primeira mão, o apuramento chegou a estar em risco. "O PSV era muito bom, mas nós tínhamos Kaká e Ambrosini", começou por dizer". A equipa neerlandesa chegou ao empate na eliminatória, mas nos descontos Kaká cruzou e Ambrosini, em esforço, desviou de cabeça. O PSV ainda voltou a marcar mas a regra dos golos fora beneficiou o Milan. "Chegar à final é algo incrível e para mim foi ainda mais, pois era o único título que me faltava".

Steven Gerrard, do Liverpool, também analisou a caminhada da sua equipa até à final aqui, enquanto Gerrard e Cafu vão recordar o jogo decisivo no nosso próximo artigo desta série.

Seleccionados para si