O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Resumo da fase de grupos da Champions League: qualidade do Chelsea prevalece

Thomas Tuchel deixou o clube bem cedo na campanha, mas Graham Potter conseguiu levar com segurança os Blues a mais uma presença nos oitavos-de-final.

Veja todos os golos do Chelsea na fase de grupos da Champions League

Um ponto ao cabo dos seus dois primeiros jogos num apertado Grupo E deixou o Chelsea em risco de falhar a presença na fase a eliminar.

Os comandados de Graham Potter lograram, porém, reagir a esse arranque tremido, tendo as duas vitórias seguidas frente ao Milan desempenhado um papel crucial na conquista de um lugar nos oitavos-de-final.

Oitavos-de-final: Dortmund - Chelsea

A campanha até agora

Vencedor do Grupo E: 4V 1E 1D GM10 GS4
Melhores marcadores
: Raheem Sterling, Pierre-Emerick Aubameyang (2)

06/09: Dínamo Zagreb 1-0 Chelsea (Oršić 13)
14/09: Chelsea 1-1 Salzburgo (Sterling 48; Okafor 75)
05/10: Chelsea 3-0 Milan (Fofana 24, Aubameyang 56, James 62)
11/10
: Milan 0-2 Chelsea (Jorginho 21pen, Aubameyang 34)
25/10: Salzburgo 1-2 Chelsea (Adamu 49; Kovačić 23, Havertz 64)
02/11: Chelsea 2-1 Dínamo Zagreb (Sterling 18, Zakaria 30; Petković 7)

A campanha em poucas palavras: O cenário é agora bem mais risonho depois de Potter ter rendido Tuchel no comando técnico dos londrinos.

Melhores no Fantasy

Raheem Sterling – 31 pontos
Reece James – 31 pontos
Jorginho – 29 pontos

Alterações no plantel

Os clubes podem inscrever, no máximo, três novos jogadores antes da fase a eliminar. Desde 2018/19 esses jogadores podem já ter actuado na competição por outro clube ou mesmo por outro clube ainda em prova.

Estatísticas-chave

  • O Chelsea apurou-se agora para a fase a eliminar em 18 das suas 19 participações na competição.
  • Thiago Silva tornou-se o 47º jogador a chegar aos 100 jogos na Champions League, atingindo esse marco no embate da Jornada 4 contra o Milan.
  • O sucesso por 2-0 do Chelsea no reduto do Milan foi o seu primeiro triunfo fora na Champions League contra um clube italiano desde Novembro de 2003 (4-0 ante a Lázio).