O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Resumo da fase de grupos da Champions League: Benfica supera grupo com dois gigantes

O Paris não conseguiu vencer o Benfica e a Juventus sofreu duas derrotas no Grupo H, que terminou com a liderança dos "encarnados".

Veja todos os golos do Benfica na fase de grupos da Champions League

Uma vitória inicial diante da Juventus, em Turim, foi o mote da campanha do Benfica, com empates em casa e fora contra o Paris a servirem para os comandados de Roger Schmidt acreditarem ainda mais no apuramento.

Nada estava garantido mas os dois últimos jogos do Benfica, que renderam sete golos cada, colocaram a formação portuguesa no topo do grupo.

Oitavos-de-final: Club Brugge - Benfica

A campanha até ao momento

Vencedor do Grupo H: V4 E2 D0 GM16 GS7
Melhores marcadores: João Mário, Rafa Silva (4)

06/09: Benfica 2-0 M. Haifa (Rafa Silva 50, Grimaldo 54)
14/09: Juventus 1-2 Benfica (Milik 4; João Mário 43pen, Neres 55)
05/10: Benfica 1-1 Paris (Danilo 41og; Messi 22)
11/10
: Paris 1-1 Benfica (Mbappé 40 pen; João Mário 62 pen)
25/10: Benfica 4-3 Juventus (António Silva 17, João Mário 28pen, Rafa Silva 35 50; Kean 21, Milik 77, McKennie 79)
02/11: M. Haifa 1-6 Benfica (Chery 26pen; Gonçalo Ramos 20, Musa 59, Grimaldo 69, Rafa Silva 73, Henrique Araújo 88, João Mário 90+2)

A campanha em poucas palavras: Equipa ousada, confiante e cheia classe: dá gosto de ver jogar.

Repórter UEFA.com junto do Benfica

Roger Schmidt chegou ao Benfica no Verão com o objectivo de dar uma nova imagem às Águias, uma nova identidade. O técnico impressionou, a sua equipa embarcou numa longa série invicta desde o início da temporada e apurou-se sensacionalmente para os oitavos-de-final como vencedor de um grupo em que faziam parte o Paris Saint-Germain e a Juventus. Antes da confirmação do facto na Jornada 6, os "encarnados" venceram duas vezes a Juve e empataram 1-1 com os campeões franceses também em duas ocasiões; poucas equipas quererão enfrentar o Benfica na fase a eliminar.

Como joga o Benfica?

Uma máquina alemã com forte sotaque português. Alinha num 4-2-3-1 e pressiona desde o início, com laterais ofensivos, alas que podem ajudar no meio-campo, um supersónico Rafa Silva e um avançado trabalhador como Gonçalo Ramos. Mistura juventude e experiência na defesa; Enzo Fernandez pauta o ritmo com os seus passes certeiros e Florentino é um polvo que chega a todo o lado. Acrescente-se a capacidade de improviso de David Neres e temos a receita para algo de especial.

Melhores jogadores no Fantasy

Alejandro Grimaldo – 47 pontos
João Mário – 41 pontos
Rafa Silva – 39 pontos

Alterações no plantel

Os clubes podem inscrever, no máximo, três novos jogadores antes da fase a eliminar. Desde 2018/19 esses jogadores podem já ter actuado na competição por outro clube ou mesmo por outro clube ainda em prova.

Estatísticas importantes

  • A sexta jornada foi a primeira ocasião em que o Benfica marcou seis golos num jogo da Champions League (da fase de grupos à final).
  • António Silva (18 anos, 359 dias) tornou-se no segundo jogador mais jovem a marcar pelo Benfica na Champions League (da fase de grupos à final), atrás de Gonçalo Guedes.
  • O empate em casa com o Paris significa que os "encarnados" estão invictos contra visitantes franceses em Lisboa (V11 E5).