O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

LOSC Lille 1-2 Chelsea (total: 1-4): Campeão puxa dos galões e apura-se

César Azpilicueta e Christian Pulišić marcaram na vitória com reviravolta que apurou os Blues para os quartos-de-final.

Watch the best of the action as Chelsea came from behind to go through to the quarter-finals 4-1 on aggregate thanks to goals by Christian Pulišić and César Azpilicueta.
Resumo: LOSC 1-2 Chelsea

O campeão Chelsea apurou-se para os quartos-de-final da UEFA Champions League depois de resistir a alguns momentos de pressão por parte do LOSC, com Christian Pulišić e César Azpilicueta a darem a volta ao marcador na vitória total da equipa inglesa por 4-1.

Momentos-chave

38' Burak marca de penálti
45+3' Pulišić empata a concluir uma boa jogada
63' Xeka cabeceia ao poste
71'
Azpilicueta converte cruzamento de Mount

O jogo em poucas palavras: Classe do Chelsea dita leis

Os jogadores do Chelsea festeja o golo inicial de Christian Pulišić
Os jogadores do Chelsea festeja o golo inicial de Christian PulišićGetty Images

O resultado final parece confortável, mas não se deixe enganar: o Chelsea precisou de confirmar as suas credenciais no norte da França. Os anfitriões ganharam alento quando Burak Yılmaz inaugurou a contenda de penálti, a castigar mão na bola de Jorginho.

Mesmo a fechar a primeira parte, o médio do Chelsea redimiu-se desse lance infeliz ao fazer um excelente passe em profundidade que Christian Pulišić não perdoou, com um remate rasteiro e cruzado que fez a bola entrar junto ao poste direito da baliza do LOSC.

Mas a equipa gaulesa não se deu por vencida e iniciou a segunda parte com intenções renovadas. Burak esteve perto de marcar e o português Xeka cabeceou mesmo ao poste, mas César Azpilicueta acalmou os nervos do Chelsea ao dar a melhor sequência a um cruzamento de Mason Mount com o joelho para fechar a eliminatória.

Melhor em Campo PlayStation®: Christian Pulišić (Chelsea)

Melhor em Campo: Christian Pulišić
Melhor em Campo: Christian Pulišić

"Marcou um golo importante em cima do intervalo e acabou com as esperanças de recuperação por parte do LOSC."
Painel de Observadores Técnicos da UEFA

O que se passou: LOSC Lille 1-2 Chelsea

Resumo: Chelsea 2-0 LOSC
Resumo: Chelsea 2-0 LOSC


Reacções

Thomas Tuchel, treinador do Chelsea: "Brilhante! Estamos novamente nos quartos-de-final, é um grande passo. Mais uma vez mostrámos resiliência, mentalidade e superámos as dificuldades. Fizemos o que era necessário e empenhámo-nos."

César Azpilicueta, defesa do Chelsea: "Temos de lidar com o que está nas nossas mãos, treinar o melhor que podemos e estarmos prontos para os jogos. Sabemos o quão difícil é a Champions League e esta noite mostrou-o. Claro que estamos felizes por passar e vencer o jogo."

Jocelyn Gourvennec, treinador do LOSC: “Penso que jogámos bem. Os jogadores podem orgulhar-se do que fizeram. Os adeptos foram excepcionais hoje. Mostrámos coração e bravura. É difícil perder, não merecíamos. Saímos de cabeça erguida.”

Jonathan David, atacante do LOSC: “Foi decidido nos pequenos detalhes. Fizemos uma grande primeira parte, mas eles marcaram na única ocasião que tiveram. Jogámos bem, mas perdemos.”

Estatísticas-chave

Burak Yılmaz não perde tempo após abrir o marcador para o LOSC
Burak Yılmaz não perde tempo após abrir o marcador para o LOSCAFP via Getty Images
  • O Chelsea está nos quartos-de-final da Champions League pela 11ª vez.
  • Burak Yılmaz (36 anos e 244 dias) é o terceiro jogador mais velho a marcar na fase a eliminar da Champions League, atrás de Ryan Giggs (37 anos e 148 dias) e de Paolo Maldini (36 anos e 333 dias).
  • O Chelsea venceu os últimos seis jogos da Champions League contra clubes franceses..

Melhores jogadores no Fantasy

Christian Pulišić – 10 pontos
César Azpilicueta – 8 pontos
Burak Yılmaz – 6 pontos
Jorginho – 6 pontos

Ficha de jogo

LOSC Lille: Leo Jardim; Fonte, Botman (Onana 58), Tiago Djaló; Zeki Çelik (Weah 58), Bamba (Angel Gomes 78), Xeka, André, Gudmundsson (Bradarić 78); Burak Yılmaz, David (Ben Arfa 77)

Chelsea: Mendy; Azpilicueta, Christensen (Chalobah 33), Thiago Silva, Rüdiger, Alonso; Kanté, Jorginho (Loftus-Cheek 74), Kovačić (Mount 46); Havertz (Ziyech 83), Pulišić (Lukaku 74)