O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Manchester City 0-0 Sporting (total: 5-0): apuramento confirmado com nulo

O Manchester City empatou na recepção ao Sporting, mas já tinha feito mais do que suficiente para chegar aos quartos-de-final da UEFA Champions League.

Resumo: Man. City 0-0 Sporting

O Manchester City apurou-se para os quartos-de-final da UEFA Champions League pela quinta vez consecutiva, após um empate a zero com o Sporting que confirmou um resultado total de 5-0.

Momentos-chave

38': Adán evita chapéu de Sterling
47': Gabriel Jesus vê VAR anular golo por fora-de-jogo
76': Carson nega o golo a Paulinho

Jogo em poucas palavras: City conclui tarefa

 Raheem Sterling ficou perto de marcar na primeira parte
Raheem Sterling ficou perto de marcar na primeira parteGetty Images

Praticamente apurado para os quartos-de-final, durante a primeira parte faltou ao City a sua habitual rapidez, e foi só quando o passe preciso de Phil Foden colocou a bola em Raheem Sterling que Antonio Adán foi chamado a intervir.

Logo após o intervalo, Gabriel Jesus parecia ter inaugurado o marcador, mas o seu golo foi anulado por fora-de-jogo.

Ao minuto: Man. City 0-0 Sporting

O Sporting também teve algumas aproximações perigosas à baliza inglesa, cabendo a Paulinho a melhor, no entanto Scott Carson, habitual suplente e a cumprir apenas o seu segundo jogo na competição, saiu da baliza e evitou o golo. Rodrigo Ribeiro, de 16 anos, último jogador lançado pelo Sporting, ainda nem tinha nascido quando Carson se estreou na Champions League, em Abril de 2005.

Na parte final, Raheem Sterling ainda atirou à malha lateral.

Melhor em Campo PlayStation®: Fernandinho (Man. City)

"Foi muito bom no centro do terreno - um autêntico líder a comandar a equipa, com e sem bola".
Painel de Observadores Técnicos da UEFA

Reacções

Josep Guardiola dá instruções de forma muito expressiva
Josep Guardiola dá instruções de forma muito expressivaManchester City FC via Getty Ima

Pep Guardiola, treinador do Man. City: "Na última década, passo a passo, o clube cresceu e estamos há muitos anos na competição, indo cada vez mais longe. Voltamos a disputar os quartos-de-final e queremos mais".

Fernandinho, eleito Melhor em Campo: "Tivemos ocasiões para marcar e circulámos bem a bola. Gostaríamos de ter vencido, é claro, mas estamos felizes pelo apuramento e entusiasmados com os quartos-de-final".

Rúben Amorim, treinador do Sporting: "Disputámos um jogo difícil. Na segunda parte melhorámos. Acabo por estar satisfeito, pois é sempre positivo não perder fora frente a um adversário poderoso como este".

Owen Hargreaves, BT Sport

Manchester City e Liverpool são duas equipas que todos pretendem imitar. A única coisa que falta ao City é sagrar-se campeão europeu.

Estatísticas importantes

  • A última vez que o City não marcou num jogo caseiro na competição foi na primeira mão das meias-finais de 2015/16, frente ao Real Madrid, em Abril de 2016.
  • Scott Carson, guarda-redes suplente do City, saiu do banco de suplentes para disputar apenas o seu segundo jogo no torneio, quase 17 anos após o primeiro.
  • Fernandinho tornou-se o 44º jogador a cumprir 100 jogos na prova.
  • Conrad Egan-Riley e James McAtee, ambos com 19 anos, e Luke Mbete, com 18 anos, estrearam-se pelo City na Champions League.

Melhores jogadores no Fantasy Football

Aymeric Laporte – 8
Oleksandr Zinchenko – 8
Pedro Porro – 7

Equipas

Man. City: Ederson (Carson 73); Egan-Riley, Stones, Laporte (Mbete 84), Zinchenko; Gündoğan, Fernandinho, Bernardo Silva (Mahrez 46); Foden (McAtee 46), Jesus, Sterling

Sporting: Adán; Gonçalo Inácio, Coates, Luís Neto (Feddal 89); Pedro Porro (Ricardo Esgaio 78), Bruno Tabata, Ugarte, Matheus Reis; Sarabia (Edwards 58), Paulinho (Nuno Santos 78), Slimani (Rodrigo Ribeiro 89)