O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Apurados para os quartos-de-final da Champions League: Atlético, Bayern, Benfica, Chelsea, Liverpool, Man. City, Real Madrid e Villarreal

Tudo o que precisa de saber sobre os apurados para os quartos-de-final da UEFA Champions League 2021/22.

Veja quem ainda sonha com a conquista do troféi.
Champions League: Conheça as oito equipas em prova

Já são conhecidos os jogos dos quartos-de-final da UEFA Champions League, com as equipas a conhecerem o seu destino na prova até a uma possível final, que se realiza a 28 de Maio.

Confira as estatísticas, forma, passando pelos jogadores-chave.

Chelsea - Real Madrid

Encontros anteriores
Chelsea: J5 V3 E2 D0 GM7 GS3
Real Madrid: J5 V0 E2 D3 GM3 GS7

Vencedor defronta Manchester City ou Atlético nas meias-finais

Chelsea

Porque pode ganhar
Os campeões europeus em título têm a experiência necessária para remar por entre a fase a eliminar da UEFA Champions League e parecem basear esta campanha nos mesmos princípios da anterior: uma defesa sólida e que sofre poucos golos e um ataque com qualidade suficiente para causar dores de cabeça a qualquer adversário. E o homem do leme, Thomas Tuchel, já mostrou que é um dos melhores quando se trata de motivar uma equipa e mantê-la focada no objetivo, com o pensamento jogo a jogo.

Ranking UEFA: 4
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: Vencedor (2011/12, 2020/21)
Última época: Vencedor (Vitória por 1-0 frente ao Man. City)

Esta época
Registo: V6 E1 D1 GM17 GS5
Melhor marcador: Timo Werner (3)
Oitavos-de-final: 4-1 no total frente ao LOSC
Grupo H: 2º lugar

Campanha até ao momento
Excepção feita ao jogo fora com a Juventus, na segunda jornada da fase de grupos, o Chelsea esteve perfeito na fase de grupos - o destaque, sem dúvida, vai para a vitória por 4-0 sobre a formação italiana quando esta visitou, depois, Londres na quinta jornada. Na fase a eliminar, o Chelsea foi implacável na primeira mão frente ao LOSC e, na segunda, soube resistir à tentativa de reacção do adversário.

Jogador-chave: Kai Havertz
O autor do golo da vitória na final da UEFA Champions League de 2020/21, o alemão parece ter ajustado novamente o seu momento de forma na perfeição esta temporada, subindo de nível à medida que a época avança. E já provou ser um homem para as grandes ocasiões.

Treinador: Thomas Tuchel
Assumiu o cargo em Janeiro de 2021 e esteve logo 14 jogos sem perder. O antigo técnico de Mainz e Dortmund foi finalista vencido com o Paris em 2020 antes de se sagrar campeão com os londrinos na época passada. Possui um toque de Midas que ainda não o deixou ficar mal.

Sabia que?
Os "blues" sofreram apenas sete golos em 15 jogos na Champions League desde a chegada de Tuchel, três dos quais no empate 3-3 com o Zenit na Jornada 6.

Real Madrid

Todos os golos do Real Madrid na fase de grupos
Todos os golos do Real Madrid na fase de grupos

Porque pode ganhar
Se conseguiu virar a eliminatória frente ao Paris, contra todas as probabilidades, então não há nada que não esteja ao seu alcance. Dois jogadores mais jovens, cheios de energia e menos utilizados, foram determinantes na reviravolta ante os parisienses: Federico Valverde e Eduardo Camavinga. Agora o seu impacto precisa de continuar a crescer, mas são os 70 golos e assistências que a dupla Karim Benzema-Vinicíus Júnior já produziu entre si nesta temporada que levam a que o Real seja mesmo encarado como potencial vencedor.

Ranking UEFA: 5
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: vencedor (1955/56, 1956/57, 1957/58, 1958/59, 1959/60, 1965/66, 1997/98, 1999/2000, 2001/02, 2013/14, 2015/16, 2016/17, 2017/18)
Época passada: meias-finais (derrota por 1-3 frente ao Chelsea no total das duas mãos)

Esta época
Registo: V6 E0 D2 GM17 GS5
Melhor marcador: Karim Benzema (8)
Oitavos-de-final: 3-2 frente ao Paris
Grupo D: vencedor

Campanha até ao momento
O Real Madrid fez por esquecer a derrota em casa ante o Sheriff ao vencer os últimos quatro jogos da fase de grupos para terminar na frente do Grupo D, mas um encontro nos oitavos-de-final com o Paris chegou a parecer um teste demasiado duro para superar. Só que, a perder por 2-0 na eliminatória a meia hora do seu fim ante o colosso parisiense, surgiu Benzema a abrir uma brecha na armadura de Paris, permitindo aos "merengues" darem continuidade às suas esperanças de mais glória europeia.

Jogador-chave: Karim Benzema
Muitos questionaram de onde viriam os golos do Real Madrid quando Cristiano Ronaldo saiu, em 2018. Mas o atacante francês já mais do que provou estar à altura, tornando-se num verdadeiro talismã do clube madrileno. Apropriadamente, foi ele a marcar o golo 1.000 do Real na Taça dos Campeões, contra o Shakhtar, no início desta temporada, e depois foi ele a virar, com um "hat-trick" na segunda parte, o embate dos oitavos-de-final com o Paris.

Treinador: Carlo Ancelotti
O técnico que levou o Real Madrid à 'La Décima', em 2014, regressou no Verão passado a Madrid para uma segunda passagem pelo leme do clube. É um dos três treinadores a ter vencido a Taça dos Campeões Europeus/UEFA Champions League em três ocasiões.

Sabia que?
O Real Madrid tinha marcado pelo menos um golo em todos os anteriores 23 jogos em oitavos-de-final da Champions League até ficar em branco ante o Paris na primeira mão, esta temporada.

Manchester City - Atlético

Encontros anteriores
Manchester City: N/A
Atlético: N/A

Vencedor defronta Chelsea ou Real Madrid nas meias-finais

Manchester City

Resumo: Sporting 0-5 Man. City
Resumo: Sporting 0-5 Man. City

Porque pode ganhar
Restam apenas uma ou duas equipas na competição – se tanto – que são capazes de lidar com os passes precisos e a pressão implacável do City. Além disso, a profundidade do seu plantel é incomparável e a sua fome de vencer pela primeira vez a UEFA Champions League parece mais feroz do que nunca, depois de terem ficado tão perto no Porto, em maio do ano passado.

Ranking UEFA: 2
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: finalista vencido (2020/21)
Época passada: finalista vencido (derrota por 1-0 frente ao Chelsea)

Esta época
Registo: V5 E1 D2 GM23 GS10
Melhor marcador: Riyad Mahrez (6)
Oitavos-de-final: 5-0 frente ao Sporting CP
Grupo A: vencedor

Campanha até agora
Para mal dos pecados dos possíveis adversários nos quartos-de-final, o City ainda tem espaço para melhorar. Os vencedores do Grupo A perderam dois dos três jogos da fase de grupos fora de portas – ainda que por margens escassas – e só não sofreram golos na competição esta época na vitória na primeira mão dos oitavos-de-final frente ao Sporting, em Lisboa e no empate sem golos da segunda mão, em Manchester. Apesar dessa vitória categórica por 5-0 na primeira mão, Guardiola insistiu que a sua equipa ainda podia dar mais - o que não deixa de ser uma perspectiva assustadora para quem a defrontar.

Jogador-chave: Kevin De Bruyne
O médio belga de 30 anos chegou aos 250 jogos pelo City na última temporada e continua a ser uma figura preponderante no meio-campo, apesar das inúmeras alternativas de qualidade existentes no plantel. O início de temporada não foi o melhor, mas De Bruyne parece de volta ao seu melhor, criando o hábito de marcar em jogos importantes desde o final da fase de grupos.

Treinador: Josep Guardiola
Um dos treinadores mais condecorados do futebol europeu, o técnico espanhol de 51 anos venceu esta competição por duas vezes com o Barcelona. Além disso, conquistou três títulos de campeão nacional ao leme do clube catalão, três ao leme do Bayern e três ao leme do City.

Sabia que?
Guardiola chegou à sua oitava meia-final da UEFA Champions League na temporada passada – um recorde na história da competição que partilha com José Mourinho.

Atlético

Resumo: Man. United 0-1 Atlético
Resumo: Man. United 0-1 Atlético

Porque pode ganhar
Basta olhar para a determinação obstinada que o Atlético mostrou para vencer o Manchester United nos oitavos-de-final para perceber que pode mesmo ir até o fim na prova e dar muitas dores de cabeça a qualquer adversário nesta competição. A turma madrilena é extremamente resiliente e sabe defender como ninguém e, certamente, todos a quererão evitar no sorteio.

Ranking UEFA: 10
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: finalista vencido (1973/74, 2013/14, 2015/16)
Época passada: oitavos-de-final (D 0-3 no total frente ao Chelsea)

Esta época
Registo: V3 E2 D3 GM9 GS9
Melhor marcador: Antoine Griezmann (4)
Oitavos-de-final: 2-1 frente ao Man. United
Grupo B: 2º lugar

Campanha até ao momento
Durante grande parte dos jogos, este esteve longe de ser o Atleti vintage das noites de UEFA Champions League. A fase de grupos foi ultrapassada no limite, mesmo no último jogo. No entanto, eles o Atleti voltou a ser o Atleti dos bons velhos tempos contra o United, nos oitavos-de-final, e parece estar a entrar no seu melhor momento de forma da época mesmo na altura certa.

Jogador chave: João Félix
Tal como o resto da equipa, o internacional português tem vindo a melhorar a sua forma a olhos vistos ao longo da época e agora é uma presença constante na equipa titular. O ritmo com que joga tornaram-no imprescindível para Diego Simeone e a sua juventude, astúcia e faro pelo golo tornaram-no já num ídolo para os adeptos "colchoneros".

Treinador: Diego Simeone
Na sua 12ª temporada ao leme do Atlético de Madrid, Simeone já levou no passado o clube a dois triunfos na UEFA Europa League, duas vitórias na Supertaça Europeia e duas finais (perdidas) da Champions League. Na época passada juntou um segundo título de campeão da Liga espanhola a tudo isso, mostrando que a sua determinação continua a ser a mesma de sempre.

Sabia que?
O Atleti é a única equipa entre as já apuradas para os quartos-de-final a não ter ainda ganho esta competição.

Villarreal - Bayern

Encontros anteriores
Villarreal: J2 V0 E0 D2 GM1 GS5
Bayern: J2 V2 E0 D0 GM5 GS1

Vencedor defronta Benfica ou Liverpool nas meias-finais

Villarreal

Resumo: Juventus 0-3 Villarreal
Resumo: Juventus 0-3 Villarreal

Porque pode ganhar
O "submarino amarelo" pode até não ser do agrado de muita gente, mas mostrou exactamente de que matéria é feito quando venceu a UEFA Europa League na época passada. Quando a isto se adiciona a eliminação da Juventus e o facto de ter Gerard Moreno de volta após lesão, o mesmo é dizer que confiança é coisa que não falta nesta altura por aqueles lados na tentativa de fazer melhor do que as meias-finais em 2006.

Ranking UEFA: 19
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: meias-finais (2005/06)
Última época: Fase de grupos da UEFA Champions League, vencedor da Europa League (vitória por 1-1 11-10 nos penáltis frente ao Man. United)

Esta época
Registo: V4 E2 D2 GM16 GS10
Melhor marcador: Arnaut Danjuma (5)
Oitavos-de-final: 4-1 no total frente à Juventus
Grupo F: 2º lugar

Campanha até agora
A equipa de Unai Emery lamentou a perda de Gerard Moreno devido a lesão, mas é preciso dar-lhe crédito por ter chegado tão longe sem o seu principal goleador. O seu futebol de construção merecia muito mais do que ficar pela fase de grupos e agora o afastamento da Juventus nos oitavos-de-final é um sinal de aviso para o resto da Europa.

Todos os golos do Villarreal na fase de grupos
Todos os golos do Villarreal na fase de grupos

Jogador-chave: Arnaut Danjuma
Contratado neste Verão a um clube do segundo escalão do futebol inglês, a chegada do avançado neerlandês não terá deixado os adeptos muito entusiasmados. No entanto, Danjuma tem sido uma verdadeira revelação quer a nível interno quer nos palcos europeus ao serviço do Villarreal, dando muitas dores de cabeça às defesas contrárias com a sua capacidade técnica, velocidade e, claro, qualidade na finalização.

Treinador: Unai Emery
O antigo técnico do Almería e do Valência venceu três vezes a Europa League pelo Sevilha. Levou o Paris à tripla de troféus franceses em 2017/18 e o Arsenal a uma final europeia um ano depois, antes de rumar ao Villarreal no Verão de 2020 e voltar rapidamente a ganhar a Europa League.

Sabia que?
Quase metade dos 52.000 habitantes do Villarreal cabem no estádio do clube, com 23.500 lugares.

Bayern

Resumo: Bayern 7-1 Salzburgo
Resumo: Bayern 7-1 Salzburgo

Porque pode ganhar
Muito simplesmente, porque é o Bayern. Desde que esteja em prova, é sempre candidato a vencê-la. Testes mais difíceis se seguirão à medida que entramos na recta final da competição mas, com Lewandowski neste nível de forma, os seis vezes vencedores da prova têm de ser vistos como sérios candidatos a erguer o troféu pela sétima vez.

Ranking UEFA: 1
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: vencedor (1973/74, 1974/75, 1975/76, 2000/01, 2012/13, 2019/20)
Época passada
: quartos-de-final (eliminado pelo Paris devido aos golos fora)

Presente época
Registo: V7 E1 D0 GM30 GS5
Melhor marcador: Robert Lewandowski (12)
Oitavos-de-final: 8-2 no total frente ao Salzburgo
Grupo E: vencedor

Campanha até agora
Tirando o inesperado empate em Salzburgo na primeira mão dos oitavos-de-final, a campanha do Bayern foi irrepreensível. Sete vitórias em oito jogos, 30 golos marcados e apenas cinco sofridos – as estatísticas falam por si. Mas é o que o conjunto bávaro fará a partir de agora que definirá o sucesso da temporada de estreia de Julian Nagelsmann no comando da equipa.

"Hat-tricks" de Lewandowski na Champions League
"Hat-tricks" de Lewandowski na Champions League

Jogador-chave: Robert Lewandowski
O implacável avançado polaco atingiu novos patamares na temporada passada, marcando um recorde de 41 golos no campeonato alemão, ajudando o Bayern a conquistar o nono campeonato consecutivo. Manteve a mesma forma nesta temporada e lidera a lista de melhores marcadores da competição em 2021/22, com 12 golos. Lewandowski é também o terceiro na lista de melhores marcadores de sempre da UEFA Champions League.

Treinador: Julian Nagelsmann
O técnico de 34 anos tem sido um eficiente sucessor de Hansi Flick, guiando a equipa a algumas boas exibições e uma caminhada tranquila rumo aos quartos-de-final. Em 2016 tornou-se no treinador mais jovem da história da Bundesliga, quando assumiu o comando do Hoffenheim com apenas 28 anos. Guiou a equipa à UEFA Champions League ao terminar no quarto lugar da Bundesliga na temporada seguinte. Continuou a impressionar em duas temporadas ao leme do Leipzig, antes assumir o comando técnico do Bayern, no Verão passado.

Sabia que?
O Bayern alargou o seu recorde de invencibilidade em jogos fora na UEFA Champions League para 22 partidas, graças ao golo do empate de Kingsley Coman em Salzburgo, na primeira mão dos oitavos-de-final.

Benfica - Liverpool

Encontros anteriores
Benfica: J10 V4 E0 D6 GM11 GS19
Liverpool: J10 V6 E0 D4 GM19 GS11

Vencedor defronta Villarreal ou Bayern nas meias-finais

Benfica

Resumo: Ajax 0-1 Benfica
Resumo: Ajax 0-1 Benfica

Porque pode ganhar
Desvalorizado por muitos, o Benfica está numa curva ascendente sob as ordens de Nélson Veríssimo. Valendo-se de vários jogadores formados no clube, as "águias" viram as suas asas cortadas na Liga portuguesa mas, na Europa, podem vir a aproveitar ao máximo o espaço que conseguem conquistar com a velocidade do seu terço ofensivo, principalmente com Darwin Nuñez em boa forma. Claro que haverá obstáculos duros de ultrapassar, mas o sonho continua vivo!

Ranking UEFA: 26
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: vencedor (1960/61, 1961/62)
Última temporada: 16 avos-de-final da UEFA Europa League (D 4-3 frente ao Arsenal)

Esta época
Registo: V2 E3 D2 GM9 GS11
Melhor marcador: Darwin Núñez (4)
Oitavos-de-final: 3-2 frente ao Ajax
Grupo E: 2º lugar

Jogador-chave: Darwin Nuñez
De praticamente desconhecido a responsável por colocar a equipa nos quartos-de-final da Champions League. A sua velocidade, capacidade de trabalho e condição física fazem do avançado uruguaio um jogador capaz de marcar golos ao mais alto nível nos momentos mais importantes. Marcou tentos determinantes contra o Barcelona e o Ajax, e Nélson Veríssimo parece conseguir tirar o melhor dele.

Treinador: Nélson Veríssimo
A segunda passagem de Jorge Jesus pelo leme das Águias terminou no final de Dezembro após uma derrota com o Porto, por 3-0, para a Taça de Portugal. Até então treinador da equipa B do clube, Nélson Veríssimo, de 44 anos, foi chamado para assumir o comando da equipa principal; como jogador, iniciou a carreira na defesa do Benfica.

Sabia que?
O Benfica perdeu cinco finais da prova desde que a ganhou pela última vez, em 1962, quando Eusébio bisou num triunfo por 5-3 sobre o Real Madrid.

Liverpool

Todos os golos do Liverpool na fase de grupos
Todos os golos do Liverpool na fase de grupos

Porque pode ganhar
A semelhança com a campanha triunfal na UEFA Champions League de 2019 é que internamente o Liverpool está de novo a perseguir um Manchester City que parece imparável. E parece que ter esse objectivo de alcançar o City traz sempre o melhor da equipa de Jürgen Klopp. Quando está na sua melhor forma e tudo funciona em harmonia, a equipa do Liverpool é devastadora e é difícil ver alguém travá-la. Se a isso adicionarmos o factor Anfield, tudo é possível.

Ranking da UEFA: 3
Melhor desempenho na Taça dos Campeões: vencedor (1976/77, 1977/78, 1980/81, 1983/84, 2004/05, 2018/19)
Época passada: quartos-de-final (eliminado pelo Real Madrid com 1-3 no total)

Presente época
Registo: V7 E0 D1 GM19 GS7
Melhor marcador: Mohamed Salah (8)
Oitavos-de-final: 2-1 no total frente ao Inter
Grupo B: vencedor

Campanha até agora
O Liverpool enfrentou forte concorrência e dos adversários que defrontou até agora apenas o Atlético de Madrid nunca venceu a competição. Isso torna ainda mais impressionante que os 'Reds' tenham um registo quase perfeito, de sete vitórias e apenas uma derrota, na segunda mão, contra o Inter. De facto, os nerazzurri incomodaram consistentemente a equipa de Klopp, mas esta, como grande equipa que é, encontrou forma de seguir em frente.

Mohamed Salah: Todos os golos na Champions League
Mohamed Salah: Todos os golos na Champions League

Jogador-chave: Mohamed Salah
O avançado egípcio é o rosto desta equipa do Liverpool desde que chegou da Roma, em 2017. Uma estrela no Basileia, chegou pela primeira vez a Inglaterra para representar o Chelsea, em 2014, mas provou todas as qualidades em Merseyside. A sua disponibilidade física, inteligência e finalização ajudaram-no a marcar 33 golos na Champions League pelo Liverpool. Aparentemente subiu mais um degrau neste período.

Treinador: Jürgen Klopp
Técnico do Liverpool desde 2015, Klopp guiou os "Reds" à glória europeia em 2018/19 e ao seu primeiro título de campeão inglês em 30 anos na temporada seguinte. Avançado que se transformou em defesa no Mainz, conquistou dois títulos da Bundesliga ao leme do Dortmund antes de rumar a Anfield.

Sabia que?
O Liverpool foi campeão europeu seis vezes – mais do que qualquer outro clube inglês. São tantos títulos como os do Bayern, sendo que só Milan e Real Madrid ganharam mais.

Quando vão ser jogados os quartos-de-final e as meias-finais da Champions?

Quartos-de-final
Primeira mão: 5/6 de Abril
Segunda mão: 12/13 de Abril

Meias-finais
Primeira mão: 26/27 de Abril
Segunda mão: 3/4 de Maio

Onde e quando é a final da Champions League?

A final desta edição da prova vai ter lugar no Stade de France, em Paris. O jogo vai ter o seu pontapé de saída às 20h00 de sábado, 28 de Maio (hora de Portugal continental).