O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Entrevista: Vinícius Júnior sobre Carlo Ancelotti, Karim Benzema e ganhar estatuto em Espanha

"O meu estilo de jogo tem muito carácter", diz o avançado do Real Madrid, perspectivando o duelo com o Paris nos oitavos-de-final da UEFA Champions League. "Eu jogo com alegria", afirma.

 Vinícius Júnior, avançado do Real Madrid, no aquecimento antes de um jogo da UEFA Champions League
Vinícius Júnior, avançado do Real Madrid, no aquecimento antes de um jogo da UEFA Champions League Getty Images

Contratado ao Flamengo em 2018, o avançado Vinícius Júnior cumpre a quarta época no Real Madrid e tem elevado cada vez mais o seu jogo.

O jogador de 21 anos diz que um intenso programa de treino físico no Verão e a confiança do treinador Carlo Ancelotti ajudaram-no a consolidar o seu lugar no "onze" titular esta temporada. E à medida que o duelo com o Paris na UEFA Champions League se aproxima, explica como se tem entendido com o ponta-de-lança Karim Benzema.

Vinícius faz parte da sua equipa do Fantasy Football?

Sobre o seu estilo de jogo e como se tem dado no Real Madrid

Resumo: Shakhtar Donetsk 0-5 Real Madrid
Resumo: Shakhtar Donetsk 0-5 Real Madrid

Meu estilo de jogo tem muito carácter. Não tenho medo de cometer erros e, se os cometer, vou continuar a tenta. Jogo com alegria.

Acredito que evoluí muito e ainda tenho bastante margem para melhorar porque sou muito jovem e gosto de aprender com os grandes jogadores que são meus colegas. Estou muito feliz porque aqui todos me tentam ajudar ao máximo, para que possa aprender e melhorar rapidamente e ajudar [a equipa].

Sobre Carlo Ancelotti

Resumo: as melhores noites de Ancelotti no Bernabéu
Resumo: as melhores noites de Ancelotti no Bernabéu

Ele é um grande treinador que ganhou muitos títulos e que gosta de jogadores jovens. Ele confia em nós e dá-nos a confiança que precisamos. É bastante meticuloso e atento ao detalhe, o que significa que posso jogar bem. Fala muito conosco e, como somos muito jovens, às vezes só o facto de conversarmos é muito bom. Também vemos muitos vídeos e temos momentos divertidos; isso acontece comigo, [Éder] Militão, Rodrygo e [Eduardo] Camavinga, que somos os jogadores mais jovens e que precisam dessa atenção.

Sempre tive confiança no meu jogo, mas quando se começa a marcar mais e a fazer mais assistências, sentimos que somos mais importantes para a equipa, e por arrasto isso aumenta a confiança. A partir daí, um jogador quer ajudar seja em que circunstância for.

Sobre um Verão passado a trabalhar

Vinícius Júnior celebra um triunfo do Flamengo em 2018
Vinícius Júnior celebra um triunfo do Flamengo em 2018Getty Images

Estou muito feliz por ter começado bem a temporada, mas acredito que a chave foi o facto de que, durante as férias, treinei para chegar a outro nível. Acredito que fiz bons jogos e quero continuar assim até o final da época, porque é nesta fase que temos os jogos mais importantes.

Trabalhei a minha condição física e assim que cheguei a Madrid comecei a fazer dieta, para apresentar a melhor versão de mim. Por ter regressado mais tarde que os meus companheiros, sabia que tinha de estar preparado, já que tinha menos dias de treinos que eles por ter participado na Copa América. Acho que me preparei bem. Tento sempre fazê-lo, mas desta vez foi diferente porque estou mais maduro e sei o que tenho que fazer para melhorar.

Sobre Karim Benzema

Veja os golos de Benzema na Champions League
Veja os golos de Benzema na Champions League

Ele é uma grande pessoa e jogador. Faz tudo o que pode para me ajudar, dentro e fora do campo. Dá-me algumas dicas, especialmente durante os jogos. É um sonho poder ser seu colega. É um jogador que só conhecia dos videojogos, mas ao vivo dá para perceber que a sua qualidade é incrível. Acho que nunca joguei com um avançado do seu nível. É um jogador diferente dos restantes e dá muito à nossa equipa. Sempre que não está em campo sentimos a sua falta.

Desde o início sempre me apoiou e transmitiu confiança. Respeitamos o espaço um do outro e aperfeiçoamos a nossa parceria em campo, por forma a sermos úteis ao clube. Ele tem-me ajudado a fazer mais assistências e golos, assim ajudando a equipa cada vez mais.

Sobre estar perto de completar 150 jogos pelo Real Madrid

Paris - Real Madrid: confronto directo nos oitavos-de-final
Paris - Real Madrid: confronto directo nos oitavos-de-final

Tenho 21 anos e ter jogado tantas partidas pelo maior clube do Mundo é algo marcante para mim. Sei o quanto isso é importante porque quero ficar aqui muitos anos e quebrar recordes. Quero ser um grande jogador e realizar muitos jogos com esta camisola.

E sigo as estatísticas. Quando cheguei aos 100 jogos, estava entre os quatro jogadores mais jovens com mais jogos na história do Real Madrid. Isso é muito importante. À minha frente só estavam lendas que disputaram grandes jogos sendo ainda muito novos: Raúl [González], [José Antonio] Camacho e [Iker] Casillas. Para mim, ser quarto nessa lista é muito importante. Eles foram grandes jogadores e lendas do Real Madrid.

Descarregue a app da Champions League!