O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Os melhores livres na história da UEFA Champions League

Continuamos a celebrar 30 Épocas de #UCLFeeling e agora recordamos os melhores golos de livre na história da competição.

É preciso enorme perícia para bater os melhores guarda-redes na marcação de livres, mas os melhores jogadores do Mundo continuam a fazê-lo na UEFA Champions League.

Vote aqui e ganhe!

À medida que continuamos a celebrar 30 Épocas de #UCLFeeling, queremos saber qual destes seis livres fantásticos merece ser eleito o melhor na história da UEFA Champions League?

Ao longo de 2021/22, a UEFA pede aos adeptos para elegerem os momentos mais icónicos da competição desde que passou a chamar-se Champions League, no início dos anos 90. Assim, a iniciativa 30 Épocas de #UCLFeeling dá aos adeptos a oportunidade de votarem em várias categorias, como golos incríveis, festejos memoráveis, recuperações inesquecíveis, habilidades brilhantes e defesas miraculosas.

Juninho Pernambucano frente ao Bayern, 2003/04

30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Juninho Pernambucano
30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Juninho Pernambucano

Bayern 1-2 Lyon
05/11/2003, primeira fase de grupos

Oliver Kahn ajustou a barreira várias vezes, mas nem assim conseguiu deter este remate a 30 metros. Juninho Pernambucano tomou pouco balanço mas deu um efeito mortífero à bola, que ainda bateu no poste, ao qual o guarda-redes ficou abraçado com um olhar de desespero.

Lionel Messi frente ao Liverpool, 2018/19

30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Messi
30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Messi

Barcelona 3-0 Liverpool (total: 3-4)
01/05/2019, primeira mão das meias-finais

O 600º golo de Lionel Messi ao serviço do barcelona foi o exemplo perfeito de como um livre em jeito deve ser cobrado, com o argentino, em zona frontal, a fazer a bola descrever um arco, passar por fora da barreira e entrar junto ao ângulo superior, de nada valendo a estirada de Alisson Becker.

Hugo Almeida frente ao Inter, 2005/06

30 Época de #UCLFeeling: Livres - Hugo Almeida
30 Época de #UCLFeeling: Livres - Hugo Almeida

Inter 2-1 Porto
01/11/2005, fase de grupos

"Um dos melhores golos que vamos ver esta época" foi como o repórter do UEFA.com nesse jogo descreveu o foguete de Hugo Almeida, que parecia de facto um engenho aeroespacial, sempre a subir desde que partiu do pé do jogador, a 30 metros da baliza, e entrou no ângulo sem hipóteses para Júlio César.

Cristiano Ronaldo frente ao Arsenal, 2008/09

30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Cristiano Ronaldo
30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Cristiano Ronaldo

Arsenal 1-3 Manchester United (total: 1-4)
05/05/2009, segunda mão das meias-finais

"Aquele livre foi quase em Espanha", lamentou Cesc Fàbregas, que assistiu impotente ao tiro fulminante do craque português. Com a bola a quase 40 metros da baliza e perto da linha lateral, o Nº7 desferiu um remate que a fez pairar a meia altura e a meio do caminho ganhar velocidade e começar a cair, entrando junto ao poste.

Roberto Carlos frente ao Sporting, 2000/01

30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Roberto Carlos
30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Roberto Carlos

Sporting 2-2 Real Madrid
12/09/2000, fase de grupos

Roberto Carlos era dono de um remate temível e este livre foi uma incrível demonstração de força pura e dura, e logo contra um guarda-redes de créditos firmados como Peter Schmeichel. O remate foi tão fulminante e preciso, junto ao ângulo, que quando o guarda-redes esboçou reacção já a bola tinha passado por ele.

Lasse Schöne frente ao Real Madrid, 2018/19

30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Schöne
30 Épocas de #UCLFeeling: Livres - Schöne

Real Madrid 1-4 Ajax (total: 3-5)
05/03/2019, segunda mão dos oitavos-de-final

O feito do médio dinamarquês ganha mais destaque pelo ângulo pouco aberto em que o livre foi cobrado, quase junto à bandeirola de canto, e pelo facto de o guarda-redes não estar muito afastado da linha. Ainda assim, conseguiu efectuar um remate em arco que passou por cima de Thibaut Courtois e embateu na malha lateral.

Vote aqui e ganhe!